Pular para o conteúdo principal

Zika

atualizado em 30/06/2020 | 10:23

O Zika vírus (ZikaV) é um RNA vírus, do gênero Flavivírus, família Flaviviridae. Foi isolado pela primeira vez em primatas não humanos em Uganda, na floresta Zika em 1947. O principal modo de transmissão descrito do vírus é por vetores (Aedes).

Há registro de circulação esporádica na África (Angola, República Central Africana, Gâmbia, Uganda, Zâmbia, Nigéria, Tanzânia, Egito, África Central, Serra Leoa, Gabão, Senegal, Costa do Marfim, Camarões, Etiópia, Quênia, Somália e Burkina Faso), Ásia (Malásia, Índia, Paquistão, Filipinas, Tailândia, Vietnã, Camboja, Índia, Indonésia) e Oceania (Micronésia, Polinésia Francesa, Nova Caledônia, Ilhas Cook, Ilhas Salomão e Vanuatu).

Nas Américas foi confirmada a transmissão autóctone do vírus Zika na Ilha de Páscoa (Chile) em fevereiro de 2014.

Os primeiros casos autóctones confirmados no Brasil ocorreram no Nordeste, em março de 2015 e, desde então, houve aumento do número de casos em vários estados brasileiros, inclusive em Minas Gerais. No final de 2015, o Ministério da Saúde informou a associação entre a infecção pelo vírus Zika em gestantes e o aumento do número de microcefalias em recém-nascidos.