Pular para o conteúdo principal

Planejamento em Saúde

atualizado em 02/03/2018 | 09:49

A administração pública, para cumprir devidamente sua função, precisa dispor de recursos adequados e capital humano necessário de modo a atuar com eficiência, eficácia e efetividade em benefício da sociedade. Nesse sentido, um bom planejamento é primordial para a organização dos recursos e orientação da administração. No contexto da saúde essa organização se faz ainda mais importante diante da complexidade dos serviços ofertados e das necessidades da população.

Os principais instrumentos para o planejamento no âmbito do SUS são: o Plano de Saúde, as respectivas Programações Anuais e o Relatório de Gestão. Esses instrumentos interligam-se sequencialmente, compondo um processo cíclico de planejamento para operacionalização integrada, solidária e sistêmica do SUS. O Planejamento do SUS requer uma construção participativa, ascendente e intersetorial, para ser utilizado como instrumento estratégico para a gestão, possibilitando o seu monitoramento e a avaliação das ações e dos serviços.

Com o objetivo de potencializar a priorização e direcionamento de esforços para alcance de maiores resultados na saúde, a gestão elaborou, em 2017, o Planejamento Estratégico da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte. Com essa ferramenta, os objetivos de toda a administração são únicos, permitindo instrumentos e ações mais alinhadas às realidades interna e externa da Secretaria.

Nessa seção estão disponíveis as principais informações da saúde, disponibilizadas por meio dos relatórios de planejamento e gestão.