Pular para o conteúdo principal

SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM CURSOS E EVENTOS EXTERNOS

atualizado em 12/09/2018 | 08:17

AÇÕES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
Cursos, treinamentos e eventos palestras, seminários, workshops, congressos, simpósios, jornadas, fóruns e conferências.
Os servidores deverão preencher o formulário Solicitação para Participação em Curso Evento Externo ARHC – 00608006 – E, e anexar documentação comprobatória do evento/curso como  Folder, programação, inscrição, seguro saúde quando em viagem no exterior, entre outros.
Art.10 – Se aplica a todos os agentes públicos, independente da carga horária do curso.


AÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR – LATO SENSU E STRICTO SENSU:
LAP – Licença para Aperfeiçoamento Profissional (com ou sem vencimento)
Especialização;
Mestrado;
Doutorado;
Pós Doutorado.

Art.11. Dirigidas apenas aos agentes públicos efetivos.

Os servidores deverão ABRIR PROCESSO, anexando o formulário referente à Licença para Aperfeiçoamento Profissional ARHRP – 00604078 – E, a declaração da gerência imediata com a justificativa fundamentada e a documentação sobre o curso: comprovante de matrícula, datas de início e término de curso (dia/mês/ano), cronograma do curso atualizado, projeto de pesquisa e objetivos, justificativa fundamentada da gerência imediata.


REQUISITOS PARA LIBERAÇÃO DE CARGA HORÁRIA PARA APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL
Aceitar as condições de participação;
Atuar como multiplicador de conhecimentos
Ser estável no cargo;
Estar em efetivo exercício das atribuições de seu cargo;
Ter sido aprovado na última Avaliação de Desempenho;
Não ter sofrido penalidade disciplinar;
Não estar usufruindo de licenças;
Não estar ausente em razão de afastamentos;
Não estar à disposição de outros órgãos;
Não ter concluído algum aperfeiçoamento para o qual tenha sido liberado;
Ter substituto definido para continuidade de suas atividades, quando for o caso;


FLUXO
1. Formulários disponíveis neste link > clique aqui
2. Para solicitação de curso /evento externo com Formulário preenchido, assinado e com documentação comprobatória anexada, encaminhar ao NEP e posteriormente à GEDSA; O requerimento com o parecer (deferido ou não) retorna via malote ao NEP.
3. Para solicitação de LAP abrir processo na SMPOG/GERHU. A SMPOG/GERHU tramita pelo sistema OPUS para SMSA/GEDSA analisar e dar parecer. A GEDSA tramita para a SMPOG/GESDE fazer a conferência e dar parecer e posteriormente para GEVIF para publicação no DOM e arquivamento.
4. É de responsabilidade do servidor acompanhar a publicação referente ao processo de concessão de LAP no DOM. Somente após a data da publicação o servidor poderá se ausentar para a participação solicitada.


AVALIAÇÃO
Ao término da atividade de educação profissional realizada, o servidor deverá preencher o formulário ARHC – 00608016-E, entregando-o à sua gerência imediata, bem como o certificado de conclusão do curso. A avaliação poderá ser solicitada pela SMPOG/GESDE e pela SMSA/GEDSA para monitoramento das atividades educacionais realizadas no ano.


FUNDAMENTOS LEGAIS/GERAIS
Estatuto do Servidor Municipal - Lei Municipal 7.169/96
Decreto Municipal 15.942/15 – dispõe sobre a Política Municipal de Desenvolvimento Profissional do Servidor
Decreto Municipal 16.350/16 – estabelece procedimentos para viagens internacionais dos servidores públicos municipais.
Instrução de Serviço 001/2013 – certidão de não processo administrativo.


ESPECÍFICOS
Decreto Municipal 16.849 de 23 de fevereiro de 2018 – Estabelece regras complementares para concessão da Licença para Aperfeiçoamento Profissional.
Portaria Delegação de Competência.
Apresentação do Decreto 16.849, de 23 de fevereiro de 2018.