Pular para o conteúdo principal

HIV / Aids

atualizado em 11/01/2021 | 11:06

O QUE É HIV/AIDS? 

O HIV é um retrovírus, classificado na subfamília dos Lentiviridae, sua sigla significa Vírus da Imunodeficiência Humana. O HIV ataca o sistema imunológico, ligando a membrana dos linfócitos T-CD4+ e penetrando no interior da célula que aos poucos perdem sua capacidade de defesa causando a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – Aids.

 

O HIV é transmitido através do contato sexual com sêmen, líquido pré-seminal, fluidos retais, fluidos vaginais; contato com sangue; leite materno; materiais perfurocortantes como agulhas.

 

Não há transmissão do HIV nas seguintes situações: Sexo desde que se use corretamente a camisinha; Masturbação a dois; Beijo no rosto ou na boca; Suor e lágrima; Picada de inseto; Aperto de mão ou abraço; Sabonete/toalha/lençóis; Talheres/copos; Assento de ônibus; Piscina; Banheiro; Doação de sangue; pelo ar.

Transmissão do HIV da mãe para o filho

Mulheres grávidas que vivem com HIV e estão sem tratamento podem transmitir o vírus para o bebê durante a gravidez, parto e amamentação. O uso de antirretrovirais – ARV e outras estratégias ajudam a diminuir a taxa de transmissão da mãe para o bebê para 1%.

Após o nascimento, os bebês nascidos de mulheres com HIV recebem remédios contra o HIV para reduzir o risco de transmissão e são acompanhados no CTR DIP Orestes Diniz.

 

O QUE É JANELA IMUNILÓGICA? 

Também chamada de Janela de Soroconversão ou Janela Imunológica ou Janela Sorológica: é a duração do período entre a infecção pelo HIV até a primeira detecção de anticorpos anti-HIV. O período da janela imunológica pode variar de acordo com a reação do organismo frente a infecção, sendo geralmente de 30 dias. Nesse período o teste rápido não consegue detectar os anticorpos, mas o vírus poderá ser transmitido.

 

DIAGNÓSTICO:

Conhecer o quanto antes a sorologia positiva para o HIV aumenta muito a expectativa de vida de uma pessoa que vive com o vírus. Quem faz o teste com regularidade, busca tratamento no tempo certo e pode ganhar muito em qualidade de vida. Por isso, se você passou por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido ou compartilhado seringas, faça o teste para HIV.

 

PREVENÇÃO:

A Prevenção Combinada é uma estratégia que faz uso simultâneo de diferentes abordagens de prevenção específicas para determinados segmentos populacionais e de determinadas formas de transmissão do HIV.

Em caso de acidentes com perfurocortantes ou material biológico, exposição sexual de risco procure os serviços indicados para fazer uso da PEP- Profilaxia Pós Exposição.

PEP

 

Pessoas que tenham maior chance de entrar em contato com o HIV em situações como:

  1. Frequentemente tem relações sexuais de risco e deixam de usar camisinha
  2. Fazem uso repetido de PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV)
  3. Apresentam episódios frequentes de Infecções Sexualmente Transmissíveis.

Devem procurar os serviços de saúde que disponibilizam a PrEP- Profilaxia Pré-Exposição para uma avaliação.

Prep

TRATAMENTO

Ter o HIV não significa ter Aids, mas sem tratamento, a infecção pelo HIV avança em estágios, piorando com o tempo. O HIV destrói gradualmente o sistema imunológico, eventualmente causa a síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

Não existe cura para o HIV, mas o tratamento com medicamentos, chamado Terapia Antirretroviral - TARV, pode retardar ou impedir que a infecção avance de um estágio para o outro. Os medicamentos para o HIV ajudam as pessoas portadoras do vírus a viver mais e com mais saúde. Um dos principais objetivos da TARV é reduzir a carga viral de uma pessoa para um nível indetectável. Uma carga viral indetectável significa que a quantidade de vírus no sangue é muito baixa para ser detectada por um teste de carga viral. As pessoas com HIV que mantêm uma carga viral indetectável não apresentam risco de transmitir o HIV ao seu parceiro HIV negativo através do sexo.

Ao realizar o teste e este foi positivo para HIV, o próprio serviço irá agendar sua consulta em um dos serviços especializados do SUS BH. Se você realizou o teste em um laboratório particular, procure o Centro de Saúde próximo de sua casa para marcar sua consulta em um dos Serviços de Atenção Especializada (SAE) da rede SUS BH.

 

Preservativos estão disponíveis em todos os centros de saúde gratuitamente.

 

Endereços para testagem e tratamento:

 

CTA UAI
Endereço: Rua Saturnino de Brito, 17 - 3 ANDAR - Centro, Belo Horizonte - MG, 30110-002
Telefone: (31) 3246-7007

CTA SAE Sagrada Família
Endereço: Rua Joaquim Felício, 141 - Sagrada Família
Telefone: (31) 3277-5757

CTR DIP Orestes Diniz
Endereço: Rua Alameda Álvaro Celso, 241 - Santa Efigênia
Telefone: (31) 3277-4341 

URS Centro-Sul
Endereço: Rua Paraíba, 890 - Funcionários
Telefone: (31) 3277-5356 

Hospital Eduardo de Menezes 
Endereço: Rua Dr. Cristiano Rezende, 2.213 - Bonsucesso
Telefone: (31) 3328-5000