Pular para o conteúdo principal

Coordenadoria de Atendimento Regional Nordeste

No âmbito de cada região administrativa de que trata a Lei nº 10.231, de 19 de julho de 2011, funciona uma Coordenadoria de Atendimento Regional, com competências, em suas respectivas circunscrições, de apoiar as secretarias municipais na implementação das políticas públicas relativas à saúde, à educação, ao abastecimento alimentar, aos serviços sociais, à cultura, aos esportes, ao controle urbano e ambiental, à limpeza urbana e patrimonial, à manutenção e obras, por intermédio das atribuições de:

 

I – realizar a interlocução com o cidadão e com representantes das entidades da sociedade civil organizada, com vistas a subsidiar o direcionamento e priorização de ações dos órgãos e entidades do Poder Executivo no âmbito regional;

 

II – articular junto aos órgãos e entidades do Poder Executivo e com as demais Coordenadorias de Atendimento Regional a execução de políticas públicas no âmbito regional;

 

III – coordenar as ações intersetoriais a partir das diretrizes dos órgãos e entidades responsáveis pelas políticas públicas na jurisdição da regional;

 

IV – operacionalizar iniciativas de parcerias para manutenção de praças, canteiros e demais áreas verdes no âmbito da regional conforme diretrizes da Smaics;

 

V – administrar os espaços compreendidos pela sede da regional, responsabilizando-se pelo respectivo planejamento e execução orçamentária e financeira, observadas as especificidades dos órgãos e entidades ocupantes.

 

 

Saiba mais sobre a Regional

 

A trajetória de Belo Horizonte não poderia ser contada sem se ressaltar o desenvolvimento da Região Nordeste. Cumpridora de papel destacado em todas as fases pelas quais passou a cidade, a Região Nordeste teve participação fundamental na industrialização do município, com as fábricas têxteis nos bairros Cachoeirinha e Renascença nos anos 30. Já na década de 70, a região recebeu a implantação planejada de alguns de seus principais bairros, como o Cidade Nova e o União. Nesse cenário de crescimento econômico e desenvolvimento social, é criada, em 1992, a Secretaria de Administração Regional Municipal Nordeste.

 
A região Nordeste possui significativas diferenças quanto ao tipo, a época e a forma de ocupação de seus bairros. As ruas Jacuí e Itapetinga, por exemplo, são de grande importância, pois ao longo destas vias é que se estabeleceu um corredor de atividades diversificadas como o comércio, a prestação de serviços e as atrações socioculturais, que depois estruturaram a ocupação das avenidas Antônio Carlos e Cristiano Machado.

 

Fale conosco

 

Acesse aqui os canais de atendimento ao cidadão.

 

 

 

 

Notícias em Destaque