Pular para o conteúdo principal

BICICLETAS COMPARTILHADAS

atualizado em 16/05/2018 | 13:22

BICICLETAS PÚBLICAS COMPARTILHADAS  - BIKE BH

 

bicicletas compartilhadas.png

Foto: Tom Braga

 

Inaugurado em junho de 2014, o Bike BH é o Sistema de Bicicletas Públicas Compartilhadas de Belo Horizonte, que tem como objetivo oferecer para a população um meio de transporte rápido, sustentável, econômico e saudável para, preferencialmente, pequenos deslocamentos. O Bike BH é operado pela empresa Serttel, vencedora do processo licitatório de Permissão de Uso do Espaço Público e patrocinado pelo Banco Itaú.


O Sistema previu 400 bicicletas distribuídas em 40 estações: 34 na Área Central e 6 estações na Orla da Lagoa da Pampulha


Como Utilizar

Para utilizar as bicicletas, é necessário preencher um cadastro pela internet  ou por aplicativo de celular (BikeBH) e pagar um valor diário, via cartão de crédito, de R$ 3, mensal de R$ 9 ou anual de R$ 60. As bicicletas estão à disposição dos usuários todos os dias da semana, das 6h às 23h para retiradas, e até meia-noite para devoluções.
 

O Sistema de Bicicletas Compartilhadas permite a utilização da bicicleta por até 60 minutos ininterruptos, de segunda-feira a sábado (exceto feriados), e por até 90 minutos ininterruptos, aos domingos e feriados, quantas vezes por dia o usuário desejar. Para isso, basta que, após estes prazos, o ciclista devolva o equipamento em qualquer estação por um intervalo de 15 minutos. Para continuar utilizando a bicicleta, sem fazer a pausa, serão cobrados R$ 3 pelos primeiros 30 minutos excedidos e, depois, R$ 5 para cada novo intervalo de meia hora.  Para destravar a bicicleta, o usuário pode usar o aplicativo Bike BH para smartphones ou ligar, do telefone celular, para o telefone 4003-9847 (custo de uma chamada local).

 

As bicicletas

As bicicletas, desenvolvidas pela empresa Serttel possuem a cor laranja, pesam em torno de 15 quilos, têm quadro em alumínio, três marchas, selins com altura regulável, guidão emborrachado, acessórios de sinalização, sistema de identificação e trava eletrônica. Como uma ferramenta de segurança para os ciclistas, as bicicletas do Bike BH têm os pneus largos para reduzir a velocidade e as cores fortes ajudam na visualização.

 

As estações

As estações funcionam alimentadas por energia solar e são interligadas por sistema de comunicação sem fio, via rede GSM e 4G, permitindo que estejam conectadas com a central de controle da empresa por 24 horas. A central monitora, em tempo real, toda a operação do sistema.

 

Clique aqui e confira os locais das 40 estações em operação.

 

Clique aqui e saiba mais sobre o funcionamento do BIKE BH.
 

Ouça este conteúdo