Pular para o conteúdo principal

Teatro Francisco Nunes

atualizado em 17/07/2020 | 12:06

 

Conforme Decreto Municipal 17.298/2020, todos os espaços culturais municipais estarão temporariamente  fechados e as atividades programadas, suspensas.

Ainda conforme o referido Decreto e a Portaria 003/2020, foram suspensos os prazos administrativos do município, por tempo indeterminado, incluindo os de inscrição, recurso e impugnação de editais, abarcando os procedimentos online.

Os prazos estabelecidos nos Editais da Cultura que estavam abertos serão retomados quando a pandemia for controlada, observando os mesmos procedimentos percorridos. Prazos como os de inscrições interrompidas entre a data da suspensão e a da finalização dos processos voltarão a vigorar quando os mesmo editais forem reabertos.

 

Teatro_Francisco_Nunes_foto_Ricardo_Laf_01.jpgFoto: Ricardo Laf/PBH

 

Sediado no Parque Municipal, o Teatro Francisco Nunes, inicialmente chamado “Teatro de Emergência”, foi inaugurado em 1950 pelo Prefeito Otacílio Negrão de Lima. O nome do teatro é uma homenagem ao grande clarinetista e maestro mineiro Francisco Nunes (1875-1934), que criou a Sociedade de Concertos Sinfônicos de Belo Horizonte e dirigiu o Conservatório Mineiro de Música. O palco do Teatro Francisco Nunes também abrigou o nascimento do moderno teatro mineiro em suas mais variadas tendências, como os trabalhos de João Ceschiatti, João Etienne Filho, Jota Dangelo e Haydée Bittencourt.

 

Em 1980, o teatro passou por uma grande reforma, e desde então funcionou como palco de variados espetáculos e eventos, como o Festival Internacional de Teatro Palco & Rua (FIT-BH), Fórum Internacional de Dança (FID), Festival de Arte Negra (FAN), Verão de Arte Contemporânea, Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, entre outros.

 

Fechado para novas reformas em 2009, o teatro foi entregue à população novamente em maio de 2014 totalmente restaurado, ficando entre os mais modernos palcos mineiros, com capacidade para 525 lugares.

 

Importante: a bilheteria do teatro não aceita cartões de crédito e débito. Vendas somente em dinheiro. A bilheteria abre 1 hora antes das apresentações para vendas e retiradas de ingressos.  

 

Acompanhe a programação no Portal Belo Horizonte

 

Funcionamento da bilheteria: 

A bilheteria abre com 1 hora de antecedência das apresentações. O foyer é liberado com 1 hora e meia antes.  

A bilheteria do teatro não aceita cartões de crédito e débito.

 

Confira as plantas do Teatro:

 

icone pdf Teatro Francisco Nunes - Plateia

 

icone pdf Teatro Francisco Nunes - Planta

 

icone pdf Teatro Francisco Nunes - Varas de luz

 

icone pdf Teatro Francisco Nunes - Rider Técnico