Pular para o conteúdo principal

Escola Livre De Artes - Arena Da Cultura

atualizado em 14/08/2018 | 17:10

A Escola Livre de Artes - Arena da Cultura (ELA) foi criada pelo decreto municipal 15.775/2014 e está inserida na política de formação e descentralização da Fundação Municipal de Cultura, ao oferecer cursos e oficinas artísticas nas nove regiões da cidade.
 

A ELA representa um grande avanço no momento em que a FMC, junto ao seu Conselho de Políticas Culturais, busca a consolidação de políticas públicas em que o cidadão esteja no centro das ações, sobretudo, os menos atendidos pelos processos e programas culturais existentes. 
 

O programa estruturante da Escola Livre de Artes é o conhecido Arena da Cultura, que agora com o status de escola conta com coordenação de professores e diplomação dos alunos. Vários outros projetos, inclusive de outras secretarias da Prefeitura, que têm convergência com a área artística, fazem parte da ELA. 
 

Com cursos e oficinas de curta e longa duração, a ELA vai ter capacitações gratuitas em áreas como Artes Visuais, Circo, Dança, Música, Teatro, Patrimônio Cultural e Design Popular, por exemplo, em três ciclos formativos: iniciação, aprofundamento e especialização. 
 

O Programa Arena da Cultura, desde 1998, cumpre as metas de descentralização cultural da FMC, oferecendo cursos e oficinas nas nove regiões administrativas de BH. A Escola Livre de Artes (ELA) é uma expansão deste Programa, e realiza atendimento para cerca de 2.500 alunos e alunas. Todos os cursos são gratuitos, para pessoas de todas as idades, e os alunos recebem certificado de conclusão, demanda histórica do programa Arena da Cultura e dos usuários.
 

Em 2014 o Arena da Cultura foi reconhecido internacionalmente como prática sustentável. O projeto ganhou a primeira edição do “Prêmio Internacional CGLU - Cidade do México - Agenda 21 da Cultura”, organizado pela Rede Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU), a mais importante organização internacional de governos locais do mundo. A entrega do prêmio aconteceu no dia 12 de novembro, na Cidade do México.