Pular para o conteúdo principal

CINE SANTA TEREZA - CST

criado em 25/01/2018 - atualizado em 28/01/2022 | 17:14

Foto: Ricardo Laf/FMCBH

Foto: Ricardo Laf/FMCBH

 

Cine Santa Tereza

 

O Cine Santa Tereza apresenta uma programação totalmente gratuita, de quarta-feira a domingo, das 16h às 21h. Os ingressos para as sessões podem ser retirados pelo site diskingressos.com.br ou na bilheteria do Cinema. 

 

A retomada das atividades no Cine Santa Tereza seguirá todos os protocolos determinados pela Prefeitura de Belo Horizonte para o combate à Covid-19 nos cinemas da capital.  Acesse a programação e as informações sobre retirada de ingressos logo abaixo: 

 

Programação de janeiro de 2022: 

Mostra À Deriva: Errâncias e Travessias no Cinema Brasileiro
Sobre a mostra

Quando Rosa e Manoel, personagens do filme Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, atravessaram o sertão baiano numa errância entre vaqueiros, beatos e cangaceiros, representaram mais que a busca por uma vida melhor e mais justa. Estavam inseridos numa representação do deslocamento territorial recorrente na arte cinematográfica: o estar à deriva. No dicionário, estar à deriva é o mesmo que sem rumo, ao acaso, ao sabor de, desgarrado. Mas também é a raiz de derivar, originar-se, emanar, surgir, brotar...E o que surge na travessia do casal sertanejo é a imagem de um país desigual, injusto no acesso à terra, ao alimento e aos bens. Indicado à Palma de Ouro em Cannes, 64, Deus e o Diabo na Terra do Sol  continua tão impactante quanto décadas atrás quando lançou o nome de Glauber Rocha como um dos mestres do cinema brasileiro.

 

E está muito bem acompanhado. A errância que desnuda um país cujas bases de sua fundação se firmam na expropriação, intolerância e violência, perspassa várias obras de épocas, estéticas, olhares e movimentos diferentes, porém similares em sua denúncia. Obras como O Pagador de Promessas ( Anselmo Duarte, 1962), Iracema (Jorge Bodanzky/Orlando Senna, 1975),  Serras da Desordem (Andrea Tonacci, 2006), filmes que também integram a mostra À DERIVA: ERRÂNCIAS  E TRAVESSIAS NO CINEMA BRASILEIRA, que o Cine Santa Tereza exibirá durante todo o mês de janeiro, de quarta à domingo, sempre às 19h.

 

Os deslocamentos no cinema brasileiro também encontram terreno fértil no novo cinema nordestino, repleto de personagens numa busca identitária e subjetiva que se revela num deslocar-se cujo movimento é sempre transitório e errático. Filmes como O Céu de Suely (Karim Ainouz, 2006), Viajo porque preciso, volto porque te amo ( Karim Ainouz/Marcelo Gomes, 2009), Árido Movie (Lírio Ferreira, 2005) e Cinema, Aspirinas e Urubus, 2005), Seguir em frente mesmo quando o caminho comporta mais obscuridade que clareza, não chega a ser um obstáculo, conforme vemos em Sargento Getúlio, Hermano Penna, 1983) e Terra Estrangeira (Daniela Thomas/Walter Salles, 1996).

 


São 10 filmes para o espectador se envolver nas ricas andanças presentes na nossa cinematografia. 

Filmes em cartaz 

5/01, quarta, às 19h | Serras da Desordem  (Andrea Tonacci | Brasil | 2006 | Doc | 130  min) | Carapirú é um índio nômade que, após ter seu grupo familiar massacrado num ataque surpresa de fazendeiros, consegue escapar e viver, durante 10 anos, perambulando pelas serras do Brasil central. Capturado em novembro de 1988, a dois mil quilômetros de distância de seu ponto de partida, é levado pelo sertanista Sydney Possuelo para Brasília. Sua história ganha as páginas dos jornais, gerando polêmica entre historiadores e antropólogos em relação à sua origem e identidade. Classificação indicativa: 16 anos

 

6/01, quinta, às 19h | O Pagador de Promessas  (Anselmo Duarte | Brasil | 1962 | Drama | 91 min) | Depois de seu asno de estimação ter sido atingido por um raio, Zé do Burro faz a promessa de carregar nas costas uma imensa cruz de madeira até a igreja de Santa Bárbara. Porém, sua jornada acaba se tornando um pesadelo. Classificação indicativa: livre    

 

7/01, sexta, às 19h | Terra Estrangeira  (Daniela Thomas / Walter Salles  | Brasil | 1996 | Drama | 110  min) Anos 90. Sem perspectiva de vida num Brasil tomado pelo caos em plena era Collor, Paco decide viajar para Portugal após a morte da mãe, levando uma misteriosa encomenda. Em Lisboa, ele conhece Alex, brasileira namorada de Miguel, todos envolvidos num esquema de contrabando, que vai tornar suas vidas em um pesadelo.  Classificação indicativa: 16 anos


8/01, sábado, às 19h | O Céu de Suely  (Karim Aïnouz | Brasil | 2006 | Drama | 90 min) | Hermila é uma jovem de 21 anos que está de volta à sua cidade-natal, a pequena Iguatu, localizada no interior do Ceará. Ela volta juntamente com seu filho, Mateuzinho, e aguarda para daqui a algumas semanas a chegada de Mateus, pai da criança, que ficou em São Paulo. Porém o tempo passa e Mateus simplesmente desaparece. Querendo deixar o lugar de qualquer forma, Hermila tem uma ideia inusitada: rifar seu próprio corpo para conseguir dinheiro suficiente para iniciar nova vida. | Classificação indicativa: 16 anos 

 

9/01, domingo, às 19h | Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (Karim Ainouz / Marcelo Gomes | Brasil | 2009 | Drama | 75 min) | José Renato tem 35 anos, é geólogo e foi enviado para realizar uma pesquisa pelo sertão nordestino. Sua missão é avaliar o possível percurso de um canal que será feito, desviando as águas do único rio caudaloso da região. À medida que a viagem ocorre, ele percebe que possui muitas coisas em comum com os lugares por onde passa: desde o vazio à sensação de abandono, até o isolamento - o que torna a viagem cada vez mais difícil. Classificação indicativa: 12 anos

 

12/01, quarta, às 19h | Árido Movie  (Lírio Ferreira | Brasil | 2005 | Drama | 100 min) | Árido Movie narra a trajetória de Jonas, que, desgarrado da família desde pequeno, é apresentador da previsão do tempo em um canal de televisão em São Paulo. O inesperado assassinato do pai obriga-o a fazer uma jornada de retorno as suas origens. Mas, Jonas desconhece o verdadeiro motivo de sua volta, solicitada pela avó, Dona Carmo, que escolhe-o para vingar a morte do pai e lavar a honra da família. 
Classificação indicativa: 16 anos
 
 
13/01, quinta, às 19h | Iracema – Uma Transa Amzônica (Jorge Bodanzky / Orlando Senna | Brasil | 1975 | Drama / Doc | 96 min) | Em 1974, em plena ditadura, quando o governo militar alardeava a propaganda da construção do “Brasil Grande”,  Iracema — uma transa amazônica, ficção com uma feição documental, faz um contraponto à propaganda oficial da época sobre a Amazônia, revelando as queimadas, o trabalho escravo e a prostituição infantil através da história da menina ribeirinha, que, atraída pela cidade grande e pela lábia do motorista de caminhão Tião Brasil Grande, acaba se prostituindo às margens da rodovia Transamazônica. | Classificação indicativa: 16 anos

 

14/01, sexta, às 19h | Cinema, Aspirinas e Urubus (Marcelo Gomes | Brasil | 2005 | Ficção | 99 min) | Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é um alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Aos poucos, surge entre eles uma forte amizade. Classificação indicativa: 14 anos. 

 

15/01, sábado, às 19h | Deus e o Diabo na Terra do Sol  (Glauber Rocha | Brasil | 1964 | Ficção | 110 min) |  Manuel é um vaqueiro que se revolta contra a exploração imposta pelo coronel Moraes e acaba matando-o numa briga. Ele passa a ser perseguido por jagunços, o que faz com que fuja com sua esposa Rosa. O casal se junta aos seguidores do beato Sebastião. Simultaneamente, Antônio das Mortes, um matador de aluguel a serviço da Igreja Católica e dos latifundiários da região, extermina os seguidores do beato. Classificação indicativa: 14 anos.


16/01, domingo, às 19h | O Pagador de Promessas (Anselmo Duarte | Brasil | 1962 | Drama | 91 min) | Depois de seu asno de estimação ter sido atingido por um raio, Zé do Burro faz a promessa de carregar nas costas uma imensa cruz de madeira até a igreja de Santa Bárbara. Porém, sua jornada acaba se tornando um pesadelo. Classificação indicativa: livre 

 

19/01, quarta, às 19h | Sargento Getúlio (Hermano Penna | Brasil | 1983 | Drama | 85  min) | Getúlio, um rude sargento, tem a missão de levar um prisioneiro, inimigo político de seu chefe, de Paulo Afonso a Aracaju. No meio do caminho, em virtude de uma mudança no panorama político, o sargento recebe a ordem para soltar o prisioneiro, mas devido a seu temperamento avesso às mudanças, ele decide terminar a missão que lhe foi confiada, mesmo que tenha de matar para completá-la.O roteiro é baseado no livro homônimo de João Ubaldo Ribeiro. Classificação indicativa: 14 anos
 
 
 
20/01, quinta, às 19h | O Céu de Suely (Karim Aïnouz | Brasil | 2006 | Drama | 90 min) | Hermila é uma jovem de 21 anos que está de volta à sua cidade-natal, a pequena Iguatu, localizada no interior do Ceará. Ela volta juntamente com seu filho, Mateuzinho, e aguarda para daqui a algumas semanas a chegada de Mateus, pai da criança, que ficou em São Paulo. Porém o tempo passa e Mateus simplesmente desaparece. Querendo deixar o lugar de qualquer forma, Hermila tem uma ideia inusitada: rifar seu próprio corpo para conseguir dinheiro suficiente para iniciar nova vida. Classificação indicativa: 16 anos 


.
21/01, sexta, às 19h | Serras da Desordem  (Andrea Tonacci | Brasil | 2006 | Doc | 130  min) | Carapirú é um índio nômade que, após ter seu grupo familiar massacrado num ataque surpresa de fazendeiros, consegue escapar e viver, durante 10 anos, perambulando pelas serras do Brasil central. Capturado em novembro de 1988, a dois mil quilômetros de distância de seu ponto de partida, é levado pelo sertanista Sydney Possuelo para Brasília. Sua história ganha as páginas dos jornais, gerando polêmica entre historiadores e antropólogos em relação à sua origem e identidade. | Classificação indicativa: 16 anos

 

22/01, sábado, às 19h | Sargento Getúlio (Hermano Penna | Brasil | 1983 | Drama | 85  min) | Getúlio, um rude sargento, tem a missão de levar um prisioneiro, inimigo político de seu chefe, de Paulo Afonso a Aracaju. No meio do caminho, em virtude de uma mudança no panorama político, o sargento recebe a ordem para soltar o prisioneiro, mas devido a seu temperamento avesso às mudanças, ele decide terminar a missão que lhe foi confiada, mesmo que tenha de matar para completá-la.O roteiro é baseado no livro homônimo de João Ubaldo Ribeiro. Classificação indicativa: 14 anos
 

23/01, domingo, às 19h | Árido Movie (Lírio Ferreira | Brasil | 2005 | Drama | 100 min) | Árido Movie narra a trajetória de Jonas, que, desgarrado da família desde pequeno, é apresentador da previsão do tempo em um canal de televisão em São Paulo. O inesperado assassinato do pai obriga-o a fazer uma jornada de retorno as suas origens. Mas, Jonas desconhece o verdadeiro motivo de sua volta, solicitada pela avó, Dona Carmo, que escolhe-o para vingar a morte do pai e lavar a honra da família. 
Classificação indicativa: 16 anos

 

26/01, quarta, às 19h | Cinema, Aspirinas e Urubus (Marcelo Gomes | Brasil | 2005 | Ficção | 99 min)  Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é um alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Aos poucos, surge entre eles uma forte amizade. Classificação indicativa: 14 anos. 


 
27/01, quinta, às 19h | Terra Estrangeira (Daniela Thomas / Walter Salles  | Brasil | 1996 | Drama | 110  min) | Anos 90. Sem perspectiva de vida num Brasil tomado pelo caos em plena era Collor, Paco decide viajar para Portugal após a morte da mãe, levando uma misteriosa encomenda. Em Lisboa, ele conhece Alex, brasileira namorada de Miguel, todos envolvidos num esquema de contrabando, que vai tornar suas vidas em um pesadelo. Classificação indicativa: 16 anos

 

28/01, sexta, às 19h | Deus e o Diabo na Terra do Sol (Glauber Rocha | Brasil | 1964 | Ficção | 110 min). | Manuel é um vaqueiro que se revolta contra a exploração imposta pelo coronel Moraes e acaba matando-o numa briga. Ele passa a ser perseguido por jagunços, o que faz com que fuja com sua esposa Rosa. O casal se junta aos seguidores do beato Sebastião. Simultaneamente, Antônio das Mortes, um matador de aluguel a serviço da Igreja Católica e dos latifundiários da região, extermina os seguidores do beato. Classificação indicativa: 14 anos.

 

29/01, sábado, às 19h | Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (Karim Ainouz / Marcelo Gomes | Brasil | 2009 | Drama | 75 min)    | José Renato tem 35 anos, é geólogo e foi enviado para realizar uma pesquisa pelo sertão nordestino. Sua missão é avaliar o possível percurso de um canal que será feito, desviando as águas do único rio caudaloso da região. À medida que a viagem ocorre, ele percebe que possui muitas coisas em comum com os lugares por onde passa: desde o vazio à sensação de abandono, até o isolamento - o que torna a viagem cada vez mais difícil. Classificação indicativa: 12 anos. 


.
30/01, domingo, às 19h | Iracema – Uma Transa Amzônica (Jorge Bodanzky | Orlando Senna | Brasil | 1975 | Drama / Doc | 96 min) | Em 1974, em plena ditadura, quando o governo militar alardeava a propaganda da construção do “Brasil Grande”,  Iracema — uma transa amazônica, ficção com uma feição documental, faz um contraponto à propaganda oficial da época sobre a Amazônia, revelando as queimadas, o trabalho escravo e a prostituição infantil através da história da menina ribeirinha, que, atraída pela cidade grande e pela lábia do motorista de caminhão Tião Brasil Grande, acaba se prostituindo às margens da rodovia Transamazônica. 
Classificação indicativa: 16 anos
 

Mostra Infantil 

5 a 9/01, quarta a domingo, às 16h30 | O Grilo Feliz | (Walbercy Ribas | Brasil | 2001 | Animação | 80 min) O Grilo Feliz é um dos habitantes de um pequeno povoado da Floresta Amazônica, que se destaca dos demais por ser sensível, sabio e protetor. Além disso, ele é músico e gosta de compor novas músicas com sua companheira Estrela Linda, que é a estrela mais brilhante do céu e é o alvo de Maledeto, um lagarto ambicioso que acredita que ela seja na verdade um diamante.  Classificação indicativa: livre

 

12 a 16/01, quarta a domingo, às 16h30 | Turma da Mônica em Uma Aventura no Tempo (Maurício de Sousa | Brasil | 2007 | Animação | 80 min) | Franjinha está trabalhando na construção de uma máquina do tempo, que funcionará quando conseguir reunir moléculas dos 4 elementos básicos da natureza: ar, água, fogo e terra. Porém em meio aos trabalhos seu laboratório é invadido por Cebolinha e Cascão, que estão fugindo da Mônica. O coelhinho Sansão é atirado nos garotos, mas acaba batendo no aparelho. O choque faz com que os elementos sejam enviados cada um para uma época distinta. Classificação indicativa: livre



19/01 a 23/01, quarta a domingo, às 16h30 | O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes (Walbercy Ribas | Brasil | 2009 | Animação | 82 min) | O talentoso Grilo segue criando suas músicas, para a alegria dos habitantes da floresta. Mas a descoberta de fósseis de insetos gigantes acaba envolvendo-o em uma aventura inesperada, que o obriga a encarar diversos obstáculos, entre eles um grupo de louva-a-deus perigosos comandados pela vilã Trambika. Classificação indicativa: livre


26/01 a 30/01, quarta a domingo, às 16h30 | O Garoto Cósmico (Alê Abreu | Brasil | 2007 | Animação | 76  min) | Cósmico, Luna e Maninho vivem em um mundo futurista, onde as vidas são inteiramente programadas. Uma noite eles se perdem no espaço, enquanto buscam obter mais pontos para ganhar um bônus na escola. Eles então descobrem um universo infinito, esquecido num pequeno circo, onde vivem novas experiências. Classificação indicativa: livre

OFICINA: INICIAÇÃO À CURADORIA E À PROGRAMAÇÃO NO CINEMA

O FENDA – Festival Experimental de Artes Fílmicas –, evento dedicado ao cinema experimental que acontecerá em Belo Horizonte em maio de 2022, vai realizada a oficina gratuita de iniciação à curadoria e à programação para cinema, com o professor e curador Victor Guimarães. 

 

Como são escolhidos os filmes que são exibidos nos cinemas, festivais e plataformas de streaming? Qual é a diferença entre curadoria e programação? Como montar e apresentar um programa de filmes? Essas e outras questões relativas aos processos de curadoria e programação de festivais e mostras de cinema serão trabalhadas na oficina, que acontece no MIS Cine Santa Tereza entre 19 e 21 de Janeiro de 2022, das 10h às 13h.

 

A formação tem como público-alvo prioritário jovens estudantes ou egressos de escolas públicas da RMBH, com idade mínima de 16 anos. Ao final da oficina, 3 jovens serão selecionados para participarem de uma curadoria do festival FENDA, juntamente com o professor e curador Victor Guimarães. Esses jovens receberão uma bolsa no valor de R$600,00.


As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de janeiro. 

Para mais informações e para fazer sua inscrição, acesse o site: 
http://bit.ly/oficinacuradoria

Acesse o arquivo com a programação completa do mês de janeiro 

 

Programação de fevereiro e março de 2022: 

Mostra Tessituras: Passado & Presente 
Sobre a mostra

Nos meses de fevereiro e março, entre os dias 02/02 e 13/03, o Cine Santa Tereza apresenta 20 emblemáticos filmes nacionais que travam um importante diálogo entre o passado e o presente na Mostra TESSITURAS: PASSADO & PRESENTE.

 

Alguns deles mostram a auto reflexão de realizadores que mergulharam no seu passado familiar para entender sua própria história como Elena (Petra Costa, 2012), Diário de uma Busca (Flávia Castro, 2010) e Santiago (João Moreira Salles, 2007).

 

Outros ajudam a desvendar a riqueza de personalidades da nossa política, arte e cultura, tais como Vinícius (Miguel Faria Júnior, 2005), O velho: a História de Luiz Carlos Prestes (Toni Venturi, 1997), Carmen Miranda: Banana is my Business (Helena Solberg, 1995), Vlado – Trinta Anos Depois (João Batista de Andrade, 2005), Jango (Silvio Tendler, 1984), Vida (Paula Gaitán, 2008) sobre a atriz Maria Gladys, Três Irmãos de Sangue (Angela Patricia Reiniger, 2006 ) sobre os irmãos Henfil, Chico Mário e Betinho, Poeta das Sete Faces (Paulo thiago, 2002) sobre o poeta Carlos Drummond de Andrade e Raul – o Início, o Fim e o Meio (Evaldo Mocarzel e Walter Carvalho), cinebiografia do cantor Raul Seixas.

 

Uma outra vertente busca entender episódios da história nacional que elucidam aspectos muitas vezes negligenciados pela história oficial ou pouco conhecidos tais como Conterrâneos Velhos de Guerra (Vladimir Carvalho, 1991), Cabra Marcado para Morrer (Eduardo Coutinho,1989), O Caldeirão de Santa Cruz do Deserto (Rosemberg Cariry, 1986) e Cidadão Boilesen (Chaim Litewski, 2000), assim como escancarar mazelas profundamente arraigadas na nossa sociedade, como o racismo e a vulnerabilidade social em A Negação do Brasil (Joel Zito Araújo, 2000) e Ônibus 174 (José Padilha, 2002).

 

O cinema e seus bastidores também são temas abordados em Assim era a Atlântida (Carlos Manga, 1975) e Tudo é Brasil (Rogério Sganzerla, 1997).

 

São obras nas quais o uso recorrente de imagens de arquivos e entrevistas, a pesquisa extensa de imagens e documentos pessoais, oficiais e não oficiais, têm em comum a destreza em escancarar a complexidade dos fatos e personagens envolvidos e ampliar o leque de compreensão dos mesmos, além de demonstrar a potência temática, estilística e autoral do cinema nacional.

Filmes em cartaz 

02/02 - QUARTA-FEIRA 
16h30   
Vida 
(Paula Gaitán | Brasil | 2008 | Documentário | 65 min) Vida é um filme sobre a atriz brasileira Maria Gladys. Vida é luz e sombra. Vida é um filme de celebração, uma homenagem à potência de estar viva, uma reflexão do que é ser uma atriz brasileira e a possibilidade de se doar com paixão e criatividade.
Classificação indicativa: 14 anos 

19h 
Vinícius
(Miguel Faria Jr. | Brasil | 2005 | Documentário | 122 min) A montagem de um pocket show em homenagem a Vinicius de Moraes por dois atores é o ponto de partida para reconstituição de sua trajetória. O documentário mostra a vida, a obra, a família, os amigos, os amores de Vinicius de Moraes, autor centenas de poesias e letras de música.
Classificação indicativa: livre 


03/02 - QUINTA-FEIRA 
16h30   
Diário de uma busca (Flávia Castro | Brasil |2010| Documentário | 108 min) Flávia Castro reconstrói a história de vida e morte de seu pai, Celso Castro, um jornalista de esquerda, encontrado morto no apartamento de um ex-oficial nazista. 
Classificação indicativa: 12 anos   

19h                                
Três Irmãos de Sangue (Angela Patrícia Reiniger | Brasil | 2006 | Documentário | 102 min) Três Irmãos de Sangue mostra a vida de Betinho, Henfil e Chico Mário e como suas ações se misturam com a história política, social e cultural do Brasil na segunda metade do século XX. Eles contribuíram, cada um a sua maneira, para as principais transformações pelas quais passou o povo brasileiro nesse período.
Classificação indicativa: livre 


04/02 - SEXTA-FEIRA
16h30   
Cidadão Boilesen 
(Chaim Litewski | Brasil | 2009 | Documentário | 92 min) Cidadão Boilesen conta como o empresariado financiou a Operação Bandeirante (OBAN), principal órgão de repressão da ditadura militar brasileira. Através da surpreendente vida do ex-presidente da Ultragaz, Henning Boilesen. Com dezenas de entrevistados, vasto material iconográfico e inéditos documentos até então secretos. Cidadão Boilesen discute o período mais brutal da recente história brasileira.
Classificação indicativa: 12 anos 

19h 
Jango 
(Sílvio Tendler | Brasil | 1984 | Documentário | 117 min) O filme refaz a trajetória política de João Goulart, o 24° presidente brasileiro, que foi deposto por um golpe militar nas primeiras horas de 1ºde abril de1964. Goulart era popularmente chamado de "Jango", daí o título do filme, lançado exatos vinte anos após o golpe. A reconstituição da trajetória de Goulart é feita através da utilização de imagens de arquivo e de entrevistas. 
Classificação indicativa: 12 anos


05/02 - SÁBADO  
19h 
Elena (Petra Costa | Brasil | 2012| Drama/Documentário| 90 min) Elena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar. Deixa Petra, a irmã de sete anos. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas. Filmes caseiros, recortes de jornal, um diário. Cartas.
Classificação indicativa: 12 anos 


06/02 – DOMINGO 
16h30   
O Caldeirão de Santa Cruz do Deserto
(Rosemberg Cariry | Brasil | 1986 | Documentário | 78 min) Resgate histórico da comunidade do Caldeirão, movimento religioso liderado pelo beato José Lourenço, que organizou um arraial coletivo. A comunidade foi destruída pela polícia cearense e por bombardeio de aviões, deixando mais de mil camponeses mortos. Através de depoimentos e símbolos da cultura popular, o filme faz uma reflexão sobre o poder, a liberdade e a luta pela terra. 
Classificação indicativa: 12 anos 

19h 
Ônibus 174
(José Padilha | Brasil | 2002 | Documentário | 118 min) Uma investigação cuidadosa, baseada em imagens de arquivo, entrevistas e documentos oficiais, sobre o seqüestro de um ônibus em plena zona sul do Rio de Janeiro. O incidente, que aconteceu em 12 de junho de 2000, foi filmado e transmitido ao vivo por quatro horas, paralisando o país.
Classificação indicativa: 14 anos 


09/02 - QUARTA-FEIRA
16h30
  
Vlado, Trinta Anos Depois (João Batista de Andrade | Brasil | 2005 | Documentário | 90 min) Um documentário sobre a história do jornalista Vladimir Herzog, o Vlado, torturado e assassinado na prisão em 1975, durante o regime militar brasileiro. Os depoimentos e memória das pessoas que conviveram com ele. 
Classificação indicativa: 14 anos 

19h 
Tudo é Brasil 
(Rogério Sganzerla | Brasil | 1997 | Documentário | 82 min) Fragmentos de cine-jornais organizados pelo diretor num filme-ensaio, com conteúdo e forma que desafiam a atenção do espectador. Traz cenas inéditas e imagens dos bastidores do filme americano It's All True, dirigido e rodado no Brasil por Orson Welles na década de 40. 
Classificação indicativa: livre 


10/02 - QUINTA-FEIRA
16h30   
A Negação do Brasil (Joel Zito Araújo | 2000 | Brasil | Documentário | 92 min) O documentário é uma viagem na história da telenovela no Brasil e, particularmente, uma análise do papel nelas atribuído aos atores negros, que sempre representam personagens mais estereotipados e negativos. Baseado em suas memórias e em fortes evidências de pesquisas, o diretor aponta as influências das telenovelas nos processos de identidade étnica dos afro-brasileiros e faz um manifesto pela incorporação positiva do negro nas imagens televisivas do país.
Classificação indicativa: 10 anos 
 
19h 
Velho - a história de Luiz Carlos Prestes 
(Toni Venturi | Brasil | 1997 | Documentário | 105 min) O documentário reúne 70 anos de imagens da História do Brasil: a épica marcha de 25.000 km da Coluna Prestes nos anos 20; passando pelo dramático romance com Olga Benárioaté a repressão política da ditadura militar. Depoimentos de jornalistas, familiares ex-membros do PCB e um raro material de arquivo formam a mais completa cine-biografia de Prestes.
Classificação indicativa: livre 


11/02 - SEXTA-FEIRA 
16h30   
Cabra Marcado Para Morrer (Eduardo Coutinho | Brasil | 1989 | Documentário| 120 min) Em 1962, o líder da liga camponesa de Sapé (PB), João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem de latifundiários. Um filme sobre sua vida começa a ser rodado em 1964, com a reconstituição ficcional da ação política que levou ao assassinato e direção de Eduardo Coutinho. As filmagens são interrompidas pelo Golpe Militar de 1964. Dezessete anos depois, em 1981, Eduardo Coutinho retoma o projeto e procura Elizabeth Teixeira e outros participantes do filme interrompido.
Classificação indicativa: 10 anos

19h 
Vida 
(Paula Gaitán | Brasil | 2008 | Documentário | 65 min) Vida é um filme sobre a atriz brasileira Maria Gladys. Vida é luz e sombra. Vida é um filme de celebração, uma homenagem à potência de estar viva, uma reflexão do que é ser uma atriz brasileira e a possibilidade de se doar com paixão e criatividade. 
Classificação indicativa: 14 anos 


12/02 - SÁBADO 
19h 

Vinícius
(Miguel Faria Jr. | Brasil | 2005 | Documentário | 122 min) A montagem de um pocket show em homenagem a Vinicius de Moraes por dois atores é o ponto de partida para reconstituição de sua trajetória. O documentário mostra a vida, a obra, a família, os amigos, os amores de Vinicius de Moraes, autor centenas de poesias e letras de música.
Classificação indicativa: livre 


13/02 - DOMINGO  
16h30 
Santiago 
(João Moreira Salles| Brasil | 2007| Documentário| 80 min) João Moreira Salles revisita a própria história através das lembranças do mordomo Santiago, que trabalhou para sua família por 30 anos. O filme questiona a relação entre diretor e personagem e o grau de realismo na tela.
Classificação indicativa: livre

19h 
Velho - a história de Luiz Carlos Prestes 
(Toni Venturi | Brasil | 1997 | Documentário | 105 min) O documentário reúne 70 anos de imagens da História do Brasil: a épica marcha de 25.000 km da Coluna Prestes nos anos 20; passando pelo dramático romance com Olga Benárioaté a repressão política da ditadura militar. Depoimentos de jornalistas, familiares ex-membros do PCB e um raro material de arquivo formam a mais completa cine-biografia de Prestes. 
Classificação indicativa: livre 


16/02 - QUARTA-FEIRA 
16h30   
Três Irmãos de Sangue (Angela Patrícia Reiniger | Brasil | 2006 | Documentário | 102 min) Três Irmãos de Sangue mostra a vida de Betinho, Henfil e Chico Mário e como suas ações se misturam com a história política, social e cultural do Brasil na segunda metade do século XX. Eles contribuíram, cada um a sua maneira, para as principais transformações pelas quais passou o povo brasileiro nesse período.
Classificação indicativa: livre 

19h 
Poeta de Sete Faces                 
(Paulo Thiago | Brasil | 2002 | Documentário | 94 min) O filme remonta a trajetória do escritor mineiro Carlos Drummond de Andrade. Dos primeiros anos de sua vida, sua mudança para o Rio de Janeiro até o auge de sua carreira. 
Classificação indicativa: livre


17/02 - QUINTA-FEIRA
16h30   
Vlado, Trinta Anos Depois (João Batista de Andrade | Brasil | 2005 | Documentário | 90 min)  Um documentário sobre a história do jornalista Vladimir Herzog, o Vlado, torturado e assassinado na prisão em 1975, durante o regime militar brasileiro. Os depoimentos e memória das pessoas que conviveram com ele. 
Classificação indicativa: 14 anos 

19h 
Tudo é Brasil 
(Rogério Sganzerla | Brasil | 1997 | Documentário | 82 min) Fragmentos de cine-jornais organizados pelo diretor num filme-ensaio, com conteúdo e forma que desafiam a atenção do espectador. Traz cenas inéditas e imagens dos bastidores do filme americano It's All True, dirigido e rodado no Brasil por Orson Welles na década de 40.
Classificação indicativa: livre 


18/02 - SEXTA-FEIRA
16h30   
O Caldeirão de Santa Cruz do Deserto
(Rosemberg Cariry | Brasil | 1986 | Documentário | 78 min) Resgate histórico da comunidade do Caldeirão, movimento religioso liderado pelo beato José Lourenço, que organizou um arraial coletivo. A comunidade foi destruída pela polícia cearense e por bombardeio de aviões, deixando mais de mil camponeses mortos. Através de depoimentos e símbolos da cultura popular, o filme faz uma reflexão sobre o poder, a liberdade e a luta pela terra. 
Classificação indicativa: 12 anos 

19h 
A Negação do Brasil (Joel Zito Araújo | 2000 | Brasil | Documentário | 92 min) O documentário é uma viagem na história da telenovela no Brasil e, particularmente, uma análise do papel nelas atribuído aos atores negros, que sempre representam personagens mais estereotipados e negativos. Baseado em suas memórias e em fortes evidências de pesquisas, o diretor aponta as influências das telenovelas nos processos de identidade étnica dos afro-brasileiros e faz um manifesto pela incorporação positiva do negro nas imagens televisivas do país.
Classificação indicativa: 10 anos 


19/02 - SÁBADO  
19h 
Diário de uma busca (Flávia Castro | Brasil |2010| Documentário | 108 min) Flávia Castro reconstrói a história de vida e morte de seu pai, Celso Castro, um jornalista de esquerda, encontrado morto no apartamento de um ex-oficial nazista.
Classificação indicativa: 12 anos 


20/02 - DOMINGO 
16h30 
Elena  
(Petra Costa | Brasil | 2012| Drama/Documentário| 90 min) Elena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar. Deixa Petra, a irmã de sete anos. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas. Filmes caseiros, recortes de jornal, um diário. Cartas.
Classificação indicativa: 12 anos 

19h
Santiago 
(João Moreira Salles| Brasil | 2007| Documentário| 80 min) João Moreira Salles revisita a própria história através das lembranças do mordomo Santiago, que trabalhou para sua família por 30 anos. O filme questiona a relação entre diretor e personagem e o grau de realismo na tela.
Classificação indicativa: livre


23/02 - QUARTA-FEIRA 
16h30   
Carmen Miranda: Banana is My Businness
(Helena Solberg |  Brasil | 1995 | Documentário | 90 min) A extraordinária história da estrela brasileira que conquistou a imaginação e o coração do mundo. Carmen Miranda permanece como a mais famosa brasileira a conquistar as telas do cinema. No entanto, para os norte-americanos era mais conhecida como uma figura caricata que carregava um enorme cacho de bananas na cabeça. O filme tenta resgatá-la dessa trama, devolvendo-lhe o que há de mais fundamental: sua identidade.
Classificação indicativa: livre 

19h 
Ônibus 174
(José Padilha | Brasil | 2002 | Documentário | 118 min) Uma investigação cuidadosa, baseada em imagens de arquivo, entrevistas e documentos oficiais, sobre o seqüestro de um ônibus em plena zona sul do Rio de Janeiro. O incidente, que aconteceu em 12 de junho de 2000, foi filmado e transmitido ao vivo por quatro horas, paralisando o país.
Classificação indicativa: 14 anos 


24/02 - QUINTA-FEIRA
16h30   
Vinícius 
(Miguel Faria Jr. | Brasil | 2005 | Documentário | 122 min) A montagem de um pocket show em homenagem a Vinicius de Moraes por dois atores é o ponto de partida para reconstituição de sua trajetória. O documentário mostra a vida, a obra, a família, os amigos, os amores de Vinicius de Moraes, autor centenas de poesias e letras de música.
Classificação indicativa: livre 

19h 
A Negação do Brasil (Joel Zito Araújo | 2000 | Brasil | Documentário | 92 min) O documentário é uma viagem na história da telenovela no Brasil e, particularmente, uma análise do papel nelas atribuído aos atores negros, que sempre representam personagens mais estereotipados e negativos. Baseado em suas memórias e em fortes evidências de pesquisas, o diretor aponta as influências das telenovelas nos processos de identidade étnica dos afro-brasileiros e faz um manifesto pela incorporação positiva do negro nas imagens televisivas do país.
Classificação indicativa: 10 anos 


25/02 - SEXTA-FEIRA
16h30
  
Assim era a Atlântida
(Carlos Manga | Brasil | 1975 | Documentário | 105 min) Documentário sobre as chanchadas do tempo da Atlântida, com cenas de todos os filmes que a empresa possuía em seu arquivo e depoimentos de atores falando daqueles tempos gloriosos. 
Classificação indicativa: 10 anos 

19h 
Raul – O Início, O Fim e O Meio
(Evaldo Mocarzel / Walter Carvalho | Brasil | 2012 | Documentário | 128 min) O documentário retrata as diversas facetas do homem, suas parcerias com Paulo Coelho, seus casamentos, a fase de sucesso e principalmente tenta desvendar a enorme comunicação que suas músicas estabelecem e a legião de fãs que ele mobilizava e continua mobilizando agora, 20 anos depois de sua morte. 
Classificação indicativa: 14 anos 


26/02 - SÁBADO 
19h 
Três Irmãos de Sangue                
(Angela Patrícia Reiniger | Brasil | 2006 | Documentário | 102 min) Três Irmãos de Sangue mostra a vida de Betinho, Henfil e Chico Mário e como suas ações se misturam com a história política, social e cultural do Brasil na segunda metade do século XX. Eles contribuíram, cada um a sua maneira, para as principais transformações pelas quais passou o povo brasileiro nesse período.
Classificação indicativa: livre 


27/02 - DOMINGO
16h30   
Assim Era a Atlântida 
(Carlos Manga | Brasil | 1975 | Documentário | 105 min) Documentário sobre as chanchadas do tempo da Atlântida, com cenas de todos os filmes que a empresa possuía em seu arquivo e depoimentos de atores falando daqueles tempos gloriosos. 
Classificação indicativa: 10 anos 

19h  
Carmen Miranda: Banana is My Businness
(Helena Solberg |  Brasil | 1995 | Documentário | 90 min) A extraordinária história da estrela brasileira que conquistou a imaginação e o coração do mundo. Carmen Miranda permanece como a mais famosa brasileira a conquistar as telas do cinema. No entanto, para os norte-americanos era mais conhecida como uma figura caricata que carregava um enorme cacho de bananas na cabeça. O filme tenta resgatá-la dessa trama, devolvendo-lhe o que há de mais fundamental: sua identidade.
Classificação indicativa: livre 


02/03 - QUARTA-FEIRA
19h   
Conterrâneos Velhos de Guerra 
(Vladimir Carvalho | Brasil | 1991 | Documentário | 153 ) 
Classificação indicativa: livre


03/03 - QUINTA-FEIRA 
16h30
  
Cabra Marcado Para Morrer (Eduardo Coutinho | Brasil | 1989 | Documentário| 120 min)
Classificação indicativa: 10 anos

19h 
Diário de um Busca (Flávia Castro | Brasil |2010| Documentário | 108 min)
Classificação indicativa: 12 anos   


04/03 - SEXTA-FEIRA
16h30
  
O Caldeirão de Santa Cruz do Deserto
(Rosemberg Cariry | Brasil | 1986 | Documentário | 78 min) 
Classificação indicativa: 12 anos 

19h 
Vlado, Trinta Anos Depois (João Batista de Andrade | Brasil | 2005 | Documentário | 90 min)
Classificação indicativa: 14 anos 


05/03 - SÁBADO 
19h
 
Santiago 
(João Moreira Salles| Brasil | 2007| Documentário| 80 min)
Classificação indicativa: livre


06/03 – DOMINGO
16h30 

Poeta de Sete Faces (Paulo Thiago | Brasil | 2002 | Documentário | 94 min)
Classificação indicativa: livre

19h 
Tudo é Brasil  
(Rogério Sganzerla | Brasil | 1997 | Documentário | 82 min) 
Classificação indicativa: livre 


09/03 - QUARTA-FEIRA
16h30
Carmen Miranda: Banana is My Businness
(Helena Solberg |  Brasil | 1995 | Documentário | 90 min) A extraordinária história da estrela brasileira que conquistou a imaginação e o coração do mundo. Carmen Miranda permanece como a mais famosa brasileira a conquistar as telas do cinema. No entanto, para os norte-americanos era mais conhecida como uma figura caricata que carregava um enorme cacho de bananas na cabeça. O filme tenta resgatá-la dessa trama, devolvendo-lhe o que há de mais fundamental: sua identidade.
Classificação indicativa: livre 

19h 
Cidadão Boilesen 
(Chaim Litewski | Brasil | 2009 | Documentário | 92 min) Cidadão Boilesen conta como o empresariado financiou a Operação Bandeirante (OBAN), principal órgão de repressão da ditadura militar brasileira. Através da surpreendente vida do ex-presidente da Ultragaz, Henning Boilesen. Com dezenas de entrevistados, vasto material iconográfico e inéditos documentos até então secretos. Cidadão Boilesen discute o período mais brutal da recente história brasileira.
Classificação indicativa: 12 anos 


10/03 - QUINTA-FEIRA
16h30   
Poeta de Sete Faces (Paulo Thiago | Brasil | 2002 | Documentário | 94 min) 
O filme remonta a trajetória do escritor mineiro Carlos Drummond de Andrade. Dos primeiros anos de sua vida, sua mudança para o Rio de Janeiro até o auge de sua carreira. 
Classificação indicativa: livre

19h 
Vida
(Paula Gaitán | Brasil | 2008 | Documentário | 65 min) Vida é um filme sobre a atriz brasileira Maria Gladys. Vida é luz e sombra. Vida é um filme de celebração, uma homenagem à potência de estar viva, uma reflexão do que é ser uma atriz brasileira e a possibilidade de se doar com paixão e criatividade. 
Classificação indicativa: 14 anos 


11/03 - SEXTA-FEIRA
16h30   
Jango 
(Sílvio Tendler | Brasil | 1984 | Documentário | 117 min) O filme refaz a trajetória política de João Goulart, o 24° presidente brasileiro, que foi deposto por um golpe militar nas primeiras horas de 1ºde abril de1964. Goulart era popularmente chamado de "Jango", daí o título do filme, lançado exatos vinte anos após o golpe. A reconstituição da trajetória de Goulart é feita através da utilização de imagens de arquivo e de entrevistas.
Classificação indicativa: 12 anos

19h 
Cabra Marcado Para Morrer (Eduardo Coutinho | Brasil | 1989 | Documentário| 120 min) Em 1962, o líder da liga camponesa de Sapé (PB), João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem de latifundiários. Um filme sobre sua vida começa a ser rodado em 1964, com a reconstituição ficcional da ação política que levou ao assassinato e direção de Eduardo Coutinho. As filmagens são interrompidas pelo Golpe Militar de 1964. Dezessete anos depois, em 1981, Eduardo Coutinho retoma o projeto e procura Elizabeth Teixeira e outros participantes do filme interrompido.
Classificação indicativa: 10 anos


12/03 - SÁBADO 
19h
 
Raul – O Início, O Fim e O Meio
(Evaldo Mocarzel / Walter Carvalho | Brasil | 2012 | Documentário | 128 min) O documentário retrata as diversas facetas do homem, suas parcerias com Paulo Coelho, seus casamentos, a fase de sucesso e principalmente tenta desvendar a enorme comunicação que suas músicas estabelecem e a legião de fãs que ele mobilizava e continua mobilizando agora, 20 anos depois de sua morte. 
Classificação indicativa: 14 anos 


13/03 - DOMINGO 
16h30 

Jango 
(Sílvio Tendler | Brasil | 1984 | Documentário | 117 min) O filme refaz a trajetória política de João Goulart, o 24° presidente brasileiro, que foi deposto por um golpe militar nas primeiras horas de 1ºde abril de1964. Goulart era popularmente chamado de "Jango", daí o título do filme, lançado exatos vinte anos após o golpe. A reconstituição da trajetória de Goulart é feita através da utilização de imagens de arquivo e de entrevistas. 
Classificação indicativa: 12 anos

19h 
Ônibus 174
(José Padilha | Brasil | 2002 | Documentário | 118 min) Uma investigação cuidadosa, baseada em imagens de arquivo, entrevistas e documentos oficiais, sobre o seqüestro de um ônibus em plena zona sul do Rio de Janeiro. O incidente, que aconteceu em 12 de junho de 2000, foi filmado e transmitido ao vivo por quatro horas, paralisando o país.
Classificação indicativa: 14 anos 

Mostra Infantil 

Sessões sempre às 16h30


05/02, sábado
Castelo Rá-Tim-Bum 
(Cao Hamburger | Brasil | 1999 | Aventura | 108 min) 
Nino é um aprendiz de feiticeiro que vive com seus tios, Morgana e Victor, há 300 anos. Ansiando em ter uma vida normal como todos os demais garotos, ele acaba participando, involuntariamente, de uma trama orquestrada por sua tia Losângela, que pretende roubar o livro de magias de Morgana. 
Classificação indicativa: livre 


12/12, sábado
Raul da Ferrugem Azul 
(Gabriel Costa | Brasil | 2004 | Aventura | 31 min) 
O que você faria se descobrisse que seu corpo está ficando coberto de ferrugem? E se a ferrugem fosse azul? Pois é exatamente isso o que se pergunta Raul, que de repente percebeu que seu corpo estava ficando coberto de manchas estranhas... 
Classificação indicativa: livre 


19/02, sábado
O Cavalinho Azul 

(Eduardo Escorel | Brasil | 1984 | Fantasia | 85 min) 
Baseado na peça homônima de Maria Clara Machado. João de Deus, um andarilho de barbas longas, conta a história de um menino chamado Vicente, que tinha um cavalo, que na visão de Vicente é um lindo cavalo azul, e para seus pais, um velho cavalo marrom. Até que um dia, seu pai vende o cavalo. Preocupado com os perigos em que o animal pode correr, Vicente parte a uma viagem atrás de seu amigo.
Classificação indicativa: livre 


26/02,  sábado
Eu e meu Guarda-Chuva

(Toni Vanzolini | Brasil | 2010 | Aventura | 85 min ) 
Na última noite de férias, três amigos – Eugênio, sempre munido do guarda-chuva herdado do avô, Frida e Cebola – embarcam em uma aventura mágica ao visitar sua nova escola. Um barão, que deveria permanecer em um antigo quadro da parede, ganha vida e comprova sua fama de “terror dos alunos”.
Classificação indicativa: livre 


05/03
Tainá 2,  sábado

(Mauro Lima | Brasil | 2004 | Aventura | 76 min) 
Agora uma pré-adolescente, a indiazinha Tainá (Eunice Baía) se divide entre o enfrentamento dos bandidos e a atenção para com a pequenina Catiti, de 6 anos, que foge da aldeia querendo imitar Tainá como protetora do meio ambiente. 
Classificação indicativa: livre 


12/03,  sábado
31 Minutos – O Filme 

(Alvaro Diaz/Pedro Peirano | Brasil/Chile | 2008 | Aventura/Animação | 87 min)   
Juanín Juan Harry, o último de sua espécie, produtor do excêntrico noticiário "31 Minutos", tem de fugir dos ataques de Cachirula, uma colecionadora de animais. Aventura oriunda do programa infantil chileno criado por Álvaro Diaz e Pedro Peirano 
Classificação indicativa: livre 
 

 

RETIRE SEUS INGRESSOS

 

Horário de funcionamento:

Horário de visitação: de quarta-feira a domingo, das 16h às 19h30
Horário das sessões: 16h30 e 19h 
Entrada gratuita

 

Endereço:

Rua  Estrela do Sul, 89 - Santa Tereza - Belo Horizonte - MG, 31010-240  
Como chegar
 

Contatos:

(31)  3277-4699 | cst-fmc@pbh.gov.br  
Facebook

 


CINE SANTA TEREZA - CST

O Cine Santa Tereza - CST - é um espaço público de cultura vinculado à Fundação Municipal de Cultura, dedicado à democratização do acesso ao cinema e ao audiovisual na cidade. 
 
O espaço conta com uma sala de exibição de cinema, uma sala dedicada ao Núcleo de Produção Digital - NPD, e uma biblioteca pública que oferece acesso a diversos materiais de leitura e um acervo especial sobre cinema e audiovisual.

Núcleo de Produção Digital 

Coordenado pelo Cine Santa Tereza - CST, o Núcleo de Produção Digital (NPD-BH) é um equipamento da Prefeitura de Belo Horizonte, vinculado à Fundação Municipal de Cultura e à Secretaria Municipal de Cultura, que visa à democratização dos meios de produção e o acesso a equipamentos e cursos relacionados à linguagem audiovisual. 
 
Em parceria com a Escola Livre de Artes Arena da Cultura, o NPD desenvolve uma série de ações formativas, contemplando propostas de capacitação, formação e sensibilização audiovisual. O Núcleo visa, sobretudo, a oferta de espaços de compartilhamento audiovisual democráticos e acessíveis, respeitando a diversidade, com estrutura humana, física, técnica e metodológica. 
 
O NPD está sediado no Cine Santa Tereza. Contudo, suas ações transcendem este espaço, e alcançam diversas regiões da cidade.

Cursos ofertados pelo Núcleo de Produção Digital - 2º semestre de 2021

Conheça a grade de cursos ofertados pelo Núcleo de Produção Digital e pela Escola Livre de Artes Arena da Cultura