Pular para o conteúdo principal

CINE SANTA TEREZA - CST

criado em - atualizado em

Foto: Ricardo Laf/FMCBH

Foto: Ricardo Laf/FMCBH

 

O Cine Santa Tereza apresenta uma programação totalmente gratuita de terça a domingo.

 

Horário de funcionamento: terça-feira a sexta, das 10h às 21h;  Sábado e domingo: das 16h às 21h. Os ingressos para as sessões podem ser retirados pelo site da Sympla ou na bilheteria do Cinema. 

 

As atividades no Cine Santa Tereza segue todos os protocolos sanitários determinados pela Prefeitura de Belo Horizonte.  Acesse a programação e as informações sobre retirada de ingressos logo abaixo. 

 

Programação de Fevereiro de 2024 

 

ESPECIAL CURTA O SAMBA
Sobre a mostra

A rica cultura do Samba, patrimônio cultural imaterial do Brasil, é celebrada, em fevereiro, no Cine Santa Tereza, com uma seleção de longas e curtas-metragens, ficcionais e documentários, que rememoram alguns dos mais importantes representantes deste gênero musical tipicamente brasileiro. Uma jornada cinematográfica pelos vibrantes ritmos e histórias que ecoam nos acordes do samba, reverenciando nomes que contribuíram para consolidar o gênero, cuja sonoridade é indissociável de outro marco da cultura nacional: o Carnaval. Cada filme do Especial representa uma homenagem a esta rica tradição musical, um dos mais reconhecidos símbolos do país, revivido pelo registro de filmagens históricas, apresentações e imagens de arquivos, além de relatos da vida e da obra de personalidades como Cartola, Noel Rosa, Pixinguinha, Carmen Miranda, Paulinho da Viola, Nelson Sargento, Clementino Rodrigues, Clementina de Jesus e vários outros.

Programação
  • 1/02, quinta, às 19h | 09/02, sexta, 19h 
    Cartola - Música para os Olhos
    (Hilton Lacerda/Lírio Ferreira | Brasil | 2007 | 88 min)
    Classificação indicativa: 10 anos

  • 2/02, sexta, às 19h | 7/02, quarta,  19h 
    Noel - O Poeta da Vila 
    (Ricardo Van Steen | Brasil | 2006 | 99 min) 
    Classificação indicativa: 14 anos  


        

  • 06/02, terça, 19h 
    Samba Riachão 
    (Jorge Alfredo | Brasil | 2001 | 86 min)
    Classificação indicativa: livre


  • 7/02, quarta,  17h 
    Noel por Noel
    (Rogério Sganzerla | Brasil | 1981 | 10 min) 
    Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba
    (Ricardo Dias/Thomaz Farkas | Brasil | 2006 | 10 min) 
    Com que Roupa?
    (Ricardo Van Steen | Brasil | Documentário | 1996 | 18 min)
    Babaú na casa do Cachaça - Verde e Rosa Blues
    (Luiz Guimarães de Castro | Brasil | 2005 | 20 minutos)
    Classificação indicativa da sessão: 14 anos         


             

  • 8/02, quinta, 17h
    Carmen Miranda
    (Jorge Ileli | Brasil | 1969 | 18 min)
    Batuque na Cozinha  
    (Anna Azevedo | Brasil | 2004 | 19 min)
    Álbum de Música
    (Sérgio Sanz | Brasil | 1974 | 10 min)
    Classificação indicativa da sessão: livre   

     

  • 8/02, quinta, 19h
    Carmen - Banana is my business
    (Helena Solberg | Brasil | 1995 | 91 min) 
    Classificação indicativa: livre


  • 9/02, sexta, 17h 
    Partido Alto
    (Leon Hirszman | Brasil | 1982 | 22 min)
    Heitor dos Prazeres
    (Antônio Carlos da Fontoura | Brasil | 1965 | 14 min)
    Nelson Sargento
    (Estevão Ciavatta | Brasil | 1997 | 22 min)
    Classificação indicativa da sessão: livre
     
 
SESSÃO AZUL
Sobre a mostra 

Sessão para todos os públicos, com atenção especial às pessoas com transtorno do espectro do autismo. Na Sessão Azul, o ambiente é adaptado com meia-luz, som mais baixo e livre acesso à sala de cinema. 

Filmes
  • 17/02, sábado, 16h30


    O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes
    (Walbercy Ribas / Rafael Ribas | 2009 | 80 min)
    Classificação indicativa: livre

 
LITERATURA BRASILEIRA EM CENA
 
Sobre a mostra

Se as obras literárias são uma fonte constante de inspiração para a sétima arte, o processo de adaptação nem sempre significa uma tarefa fácil para os cineastas. Com foco nos diálogos estabelecidos entre esses dois campos artísticos, a mostra reúne alguns dos maiores clássicos da literatura brasileira que foram adaptados em filmes que transpõem e também reinventam os universos narrativos nos quais buscam inspiração, tais como: O Pagador de Promessas e O Bem Amado, de Dias Gome; São Bernardo, de Graciliano Ramos; Primo Basílio, de Eça de Queiroz; Macunaíma, de Mário de Andrade; Bonitinha, Mas Ordinária, de Nelson Rodrigues; A Navalha na Carne e 2 perdidos numa noite suja, de Plínio Marcos. Além dos clássicos, obras de autores consagrados, como Fernando Sabino, Fernando Morais, Chico Buarque, Millôr Fernandes e Frei Betto também entram em cena na programação. Narradas pelas lentes de importantes diretores - caso de Walter Lima Jr, Tata Amaral, Leon Hirszman, Guel Arraes, Walter Carvalho, e o mineiro Helvécio Ratton - muitos destes filmes angariaram prêmios, conquistaram o gosto do público e o aval da crítica. 

 

Filmes
  • 15/02, quinta, 17h | 22/02, quinta, 19h
    Estorvo 
    (Ruy Guerra | Brasil | 2000 | Drama | 96 min)
    Classificação indicativa: 18 anos
  • 15/02, quinta, 19h | 22/02, quinta, 17h
    Bonitinha, Mas Ordinária 
    (J.P. de Carvalho | Brasil | 1963 | Drama| 101 min)
    Classificação indicativa: 16 anos


  • 16/2, sexta, 17h
    O Pagador de Promessas 
    (Anselmo Duarte | Brasil | 1962 | Drama | 98 min)
    Classificação indicativa: Livre
  • 16/02, sexta, 19h | 29/02, quinta, 17h
    Dois perdidos numa noite suja 
    (José Joffily | Brasil | 2002 | Drama | 100 min)
    Classificação indicativa: 18 anos


  • 17/02, sábado, 19h |25/02, domingo, 16h30
    O Homem Nu
    (Hugo Carvana | Brasil | 1997 | Comédia | 78 min)
    Classificação indicativa: 14 anos


  • 18/02, domingo, 16h30 
    Macunaíma
    (Joaquim Pedro de Andrade | 1969 | Comédia/Fantasia | 110 min)
    Classificação indicativa: 12 anos
  • 18/02, domingo, 19h 
    Primo Basílio 
    (Daniel Filho | Brasil | 2007 | Drama | 106 min)
    Classificação indicativa: 16 anos


  • 20/02, terça, 19h 
    São Bernardo 
    (Leon Hirszman | Brasil | 1972 | Drama | 113 min)
    Classificação indicativa: 10 anos


  • 21/02, quarta, 17h |27/02, terça, 19h
    Um Céu de Estrelas 
    (Tata Amaral | Brasil | 1996 | Drama | 70 min)
    Classificação indicativa: 16 anos
  • 21/02, quarta, 19h 
    Budapeste 
    (Walter Carvalho | Brasil | 2009 | Romance/Drama | 103 min)
    Classificação indicativa: 16 anos


  • 23/02, sexta, 17h
    A Navalha na Carne 
    (Braz Chediak | Brasil | 1969 | Drama | 90 min)
    Classificação indicativa: 18 anos
  • 23/02, sexta, 19h | 28/02, quarta, 17h
    Terra Estrangeira 
    (Daniela Thomas / Walter Salles | Brasil | 1995 | Thriller/Drama | 100 min)
    Classificação indicativa: 16 anos


  • 24/02, sábado, 19h
    O Bem Amado 
    (Guel Arraes | Brasil | 2010 | Comédia | 107 min)
    Classificação indicativa: 12 anos


  • 25/02, domingo, 18h30
    Olga 
    (Jayme Monjardim | Brasil | 2004 | Drama/Guerra | 141 min)
    Classificação indicativa: 16 anos


  • 28/02, quarta, 19h
    A Ostra e o Vento 
    (Walter Lima Jr. | Brasil | 1997 | Drama/Fantasia | 102 min)
    Classificação indicativa: 12 anos


  • 29/02, quinta, 19h
    Batismo de Sangue 
    (Helvécio Ratton | Brasil | 2006 | Drama | 110 min)
    Classificação indicativa: 14 anos

 

 
SESSÃO INFANTIL
Sobre a mostra

A programação infantil de fevereiro traz encantadoras produções do cinema brasileiro de animação para divertir as crianças. O filme Garoto Cósmico vai inspirar os pequeninos com uma colorida aventura musical de três crianças que vivem em um mundo futurista. A produção tem a participação de Arnaldo Antunes na trilha sonora, além das vozes de Vanessa da Mata e Belchior interpretando dois personagens do filme. As animações A Turma da Mônica em uma aventura no tempo e Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço também integram as sessões infantis do mês. Já a Sessão Azul exibe O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes, que conta a história de um grilo que sonha em gravar um CD e um grupo de sapos que formam uma banda de rap. 
 

Filmes
  • 1/02, quinta, às 16h30
    Xuxinha e Guto contra os Monstros do Espaço
    (Cleverson Saremba, Moacyr Góes | 2005 | Aventura/Animação | 85 min)
    Classificação indicativa: livre


  • 2/02, sexta, às 16h30
    A Turma da Mônica em uma aventura no tempo    
    (Maurício de Souza | 2007 | Aventura/Infantil | 80 min)    
    Classificação indicativa: livre


  • 24/02, sábado, 16h30
    Garoto Cósmico
    (Alê Abreu | 2007 | 76 min)
    Classificação indicativa: livre
     

 

EXPOSIÇÃO DE CARTAZES  
Sobre a Exposição

Exposição de cartazes de filmes, resultado do exercício de curadoria realizado pelos alunos da Oficina Quem cuida da arte? O que é Curadoria?, da área de Bastidores das Artes da Escola Livre de Artes Arena da Cultura.  A exposição tematiza a  representação imagética do feminino ao longo das décadas no cinema. 

 

Acesse o arquivo com a programação completa

QUERO RETIRAR MEUS INGRESSOS 

 

Funcionamento: de terça a sexta-feira, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 16h às 21h.

 

Endereço: Rua Estrela do Sul, Nº 89 - Bairro Santa Tereza - Belo Horizonte - MG - CEP 31.010-240


Telefone: 31 3277 4699

Email: cst-fmc@pbh.gov.br 

Facebook | Instagram 

 

Núcleo de Produção Digital 

Coordenado pelo Cine Santa Tereza - CST, o Núcleo de Produção Digital (NPD-BH) é um equipamento da Prefeitura de Belo Horizonte, vinculado à Fundação Municipal de Cultura e à Secretaria Municipal de Cultura, que visa à democratização dos meios de produção e o acesso a equipamentos e cursos relacionados à linguagem audiovisual. 
 
Em parceria com a Escola Livre de Artes Arena da Cultura, o NPD desenvolve uma série de ações formativas, contemplando propostas de capacitação, formação e sensibilização audiovisual. O Núcleo visa, sobretudo, a oferta de espaços de compartilhamento audiovisual democráticos e acessíveis, respeitando a diversidade, com estrutura humana, física, técnica e metodológica. 
 
O NPD está sediado no Cine Santa Tereza. Contudo, suas ações transcendem este espaço, e alcançam diversas regiões da cidade.

Cursos ofertados pelo Núcleo de Produção Digital

Conheça a grade de cursos ofertados pelo Núcleo de Produção Digital e pela Escola Livre de Artes Arena da Cultura