Pular para o conteúdo principal

Plantas das estufas de evolução

atualizado em 12/03/2018 | 16:38

estufa_evolucao.jpg

 

Para representar a evolução das plantas e sua imensa diversidade biológica foram destinadas duas estufas. A organização das mesmas obedece à cronologia, iniciando com os primeiros organismos existentes há milhões de anos e finalizando nos tempos atuais. Com plantas, esculturas e modelos de cerâmica recontamos a história ao longo do caminho evolutivo, mostrando as diversas adaptações adquiridas pelas plantas e animais na ocupação do ambiente terrestre.



estufa_evolucao_530.jpg

A primeira estufa começa com a vida quando ela ainda era confinada nos oceanos e culmina com o homem. Numa caverna você poderá ver réplicas de pinturas rupestres, utensílios e ferramentas utilizados pelos homens primitivos. A segunda estufa aborda a diversidade das angiospermas. Esta estufa abriga representantes de várias famílias de plantas seguindo os aspectos evolucionários das dicotiledôneas e monocotiledôneas. Espécies representativas de diversas famílias botânicas foram cultivadas. Borboletas, besouros, beija-flores, morcegos e abelhas, confeccionados em cerâmica, são os agentes polinizadores que compõem o cenário.



estufa_evolucao_530_23112015.jpg

As plantas carnívoras foram destacadas nesta estufa evolutiva. Ao final desta estufa faz-se um alerta para as principais causas da degradação de nossa flora como a destruição de habitat, a coleta predatória e a invasão dos ambientes naturais por espécies exóticas levando a uma lista considerável de espécies ameaçadas de extinção.