Pular para o conteúdo principal

Parque Municipal Professor Guilherme Lage

atualizado em 22/01/2019 | 08:08

Parque Guilherme Lage


Cercada pelas casas da região Nordeste e bem às margens do Anel Rodoviário, uma das rodovias mais carregadas de tráfego em Belo Horizonte, o Parque Professor Guilherme Lage é uma imensa área verde preservada na capital. Em uma região altamente adensada, com cerca de 120 mil m² e administrada pela Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, o parque concentra diversas nascentes e duas lagoas, sendo uma natural e outra artificial. O nome do Parque foi dado em homenagem ao mestre que já foi secretário estadual de Educação, indo ao encontro dos feitos realizados por ele.


O Parque Municipal Professor Guilherme Lage foi implantado em 1982 no antigo viveiro da Prefeitura de Belo Horizonte. A vegetação é bastante significativa e foi quase toda plantada quando o parque funcionava como Horto Municipal. Com o intuito de enriquecer a variedade vegetal e a recuperação de áreas degradadas em todos os parques da capital, o viveiro funcionou no local até 1991, quando foi transferido para Parque Jacques Cousteau. O viveiro de plantas tem como objetivo principal a produção de mudas das espécies vegetais nativas, a partir de sementes colhidas no próprio parque, visando o enriquecimento vegetal e a recuperação de áreas degradadas em todas as unidades da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica.


Devido a esse trabalho, realizado pela Prefeitura, o local é hoje uma área com diversidade ambiental de relevância no município. Existem cerca de 1.700 espécimes de mais de 150 tipos de plantas. Entre elas estão acácias, sapucaias, pau-ferro, ipês, quaresmeiras, palmeiras, ciprestes, mangueiras, jatobás, barrigudas e pau-brasil. A fauna é composta por aves, anfíbios e répteis, podendo ser observados sabiás, bem-te-vis, micos-estrela e gambás.


O parque abriga em sua estrutura quadras poliesportivas, playground, equipamentos para exercícios físicos, mesas de jogos, campo de futebol, pista de skate, trilha para caminhada e recantos para contemplação.

 

 


Serviço

 

 


Horário de funcionamento: terça-feira a domingo, das 8h às 18h
Localização: rua Angola, 665, bairro São Paulo
Informações: 3277-8557 e 3277-4882/5621