Pular para o conteúdo principal

Parque Ecológico da Pampulha

criado em 23/02/2018 - atualizado em 01/02/2022 | 15:41

12286438836_bdf0bfc5be.jpg

 

 

ATENÇÃO!

 

Por recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, para acessar o Parque Ecológico Francisco Lins do Rego (Ecológico da Pampulha) é necessário apresentar documento de identidade com foto e comprovante de imunização contra a febre amarela, com data mínima de 10 dias anteriores à visita. 

 

Caso o visitante não esteja com o comprovante, deverá preencher uma declaração, disponibilizada pelo parque, de que já se encontra imunizado (vacinado há, pelo menos, 10 dias). Menores de 9 meses, por não poderem ser imunizados contra a doença, não podem acessar o parque. 

 

LEMBRE-SE

Os macacos NÃO TRANSMITEM a febre amarela. Nos trabalhos de prevenção da doença eles são grandes aliados, pois, quando contaminados, indicam que naquele local pode haver focos do mosquito transmissor, auxiliando os trabalhos de zoonoses. MALTRATAR ANIMAIS, DOMÉSTICOS OU SILVESTRES, É CRIME PREVISTO EM LEI!
 

ATENÇÃO: durante a pandemia de COVID-19, confira neste link as atualizações sobre o funcionamento do parque. 

 

O Parque Ecológico Francisco Lins do Rêgo, conhecido como Parque Ecológico da Pampulha, foi inaugurado em 21 de maio de 2004, resultado de uma história de recuperação ambiental. Suas características, pouco comuns no Brasil, proporcionam às pessoas uma integração direta com o meio ambiente. Com 30 hectares de áreas verdes, o Parque é propício para a caminhada, para andar de bicicletas, praticar slackline, soltar pipa, fazer piquenique e descansar. Nele também foi construído o Memorial Minas-Japão, monumento construído em 2009 em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa ao Brasil.


Para melhor desfrutar da sua visita ao Parque, preparamos algumas dicas:


- É permitida a entrada de bicicletas. Aproveite e venha com a sua. Você também pode utilizar as bicicletas compartilhadas (de uso coletivo) disponibilizadas em vários pontos da cidade;

- Utilize a Esplanada para prática de esportes e para soltar pipas;

- Traga pipas somente de papel. Pipas de plástico não são permitidas no Parque, nem linhas com cerol;

- Utilize o Bosque para descansar e fazer piquenique nas sombras das árvores;

- Pratique slackline no Slackparque localizado na Colina, atrás do lago. Não amarre fitas em árvores;

- Traga boné, chapéu, protetor solar, garrafinha para colocar água. Evite exposição excessiva ao sol;

- Para evitar incômodos com carrapatos, verifique suas roupas a cada 3 horas;

- Se quiser realizar fotos profissionais/comerciais, mande e-mail para eventospep@pbh.gov.br;

- Após sua visita, recolha todo o lixo gerado e coloque na lixeira.
 

Funcionamento


De terça a domingo e feriados.
Horário: das 8h às 17h (entrada permitida até às 16h)


Endereço:
Av. Otacílio Negrão de Lima, Portaria I, nº 6061 (Marco Zero), e Portaria II, nº 7111 (Toca da Raposa) - Pampulha.

Informações: 3277-7439 / 3277-7917


Linhas de ônibus: 
Todos os dias: 5106 (MOVE), 3302 (A, B, D). 
Apenas domingos e feriados: 30, 535, 639 e 8550. 
De terça a domingo e feriados: 512

Para outras informações sobre transporte público: ligue 156

 

Confira o funcionamento dos Parques Municipais de BH