Pular para o conteúdo principal

Leituras em Conexão

Leituras em Conexão
Arte: Smed
atualizado em 31/03/2021 | 13:19

O Programa Leituras em Conexão foi instituído, em 2017, com o objetivo de implementar e potencializar ações de incentivo à leitura nas Escolas da Rede Municipal de Educação - RME - de Belo Horizonte e na rede parceira. Sua concepção primordial é a de que a leitura não se restringe ao ato de decodificar letras e palavras, devendo ser compreendida como parte de um processo mais amplo e complexo, por meio de interações cotidianas e diversas estratégias. O programa abraça todas ações e projetos da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte - SMED - e das escolas da sua rede, articulando oralidade, leitura e escrita visando construir, expressar e compartilhar significados sobre diversos textos verbais e não-verbais.

 

Os pilares do programa são o acesso à leitura, a coordenação e articulação dos planos de leitura das escolas, ações formativas promovidas pelas diversas diretorias e gerências da SMED e ações de promoção da leitura que envolvem estudantes, professores e demais profissionais da educação. Além disso, o programa conta com parcerias e conexões com outras instituições como a Universidade Federal de Minas Gerais.

 

No trabalho de promoção da leitura e formação de leitores, o programa circunda todas os projetos desenvolvidos pela SMED como a Jornada Literária, a Gincamat, a MICE, o Circuito de Museus, a Cantata, entre outros, assim como todas as ações formativas envolvendo os professores e demais profissionais da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

 

Comemorando quatro anos de existência, em 2021, o programa promoveu várias ações de destaque na promoção do livro e da leitura como a participação de centenas de estudantes da RME, no Salão do Livro (2018 e 2019); os relatos de ações de leitura exitosas desenvolvidas nas escolas, nos Congressos de Boas Práticas (2018 e 2019) e na Semana da Educação de 2019; a promoção do curso Leitura e Escrita na Educação Infantil; a participação ativa das escolas na escolha dos livros do Kit Literário (a partir de 2018/2019); a promoção de encontros formativos e o acompanhamento dos Articuladores de Leitura, a automação do acervo das bibliotecas escolares, entre tantas outras.

 

Em tempos de pandemia, as ações de incentivo à leitura desenvolvidas pelas escolas foram adaptadas ao formato virtual, salientando o compromisso da RME de Belo Horizonte com a promoção do programa, nas redes sociais das instituições, produzindo vídeos com contação de histórias, postando indicação de leitura literária e textos informativos, promovendo lives com temática de leitura e literatura, rodas de conversa, encontro com pais e alunos com debates literários, com desafios, envolvendo o raciocínio lógico matemático e inferências textuais.