Pular para o conteúdo principal

Agroflorestas Urbanas

Agrofloresta Urbana
atualizado em 30/09/2019 | 13:50

"Da Horta a Florestas"

Projeto de instalação de Agroflorestas Urbanas para recuperação de áreas verdes degradas em Belo Horizonte


Diante dos desafios de melhoria da qualidade de vida da população humana, em 2015, por ocasião da Cúpula das Nações Unidas, firmou-se adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) , que envolveu diversas temáticas, como erradicação da pobreza, segurança alimentar, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, crescimento econômico inclusivo, governança, dentre outros. Os objetivos se consubstanciariam na concepção e implementação de políticas públicas que integram as dimensões econômica, social e ambiental para o desenvolvimento sustentável. 

O projeto pretende a implantação de Sistemas Agroflorestais em áreas onde existam processos avançados de degradação ambiental e grupos sociais em vulnerabilidade social. Com a instalação dos SAFs pretende-se resgatar atributos ecológicos dessas áreas, utilizando o plantio de árvores nativas, aliado a garantia da segurança alimentar de populações locais, por meio da produção de alimentos.

 

Objetivos específicos

  •     Aumentar a biodiversidade vegetal em áreas verdes e áreas de preservação permanente degradadas 
  •     Promover a proteção de recursos hídricos e a reocupação de matas ciliares e produção de águas em nascentes e olhos d'água. 
  •     Melhorar a qualidade dos solos em áreas verdes e áreas de preservação permanente degradadas
  •     Promover a segurança alimentar de populações locais, por meio da produção de alimentos agroecológicos
  •     Gerar emprego e renda para agricultores urbanos envolvidos na produção de alimentos
  •     Resgatar a diversidade genética ao promover o uso de sementes e mudas nativas e crioulas
  •     Realizar processo de educação ambiental com enfoque em interações e sucessões ecológicas, agroecologia. 

     

Metas

  • Instalação de 20 mil m2 de sistemas agroflorestais em cada uma das seguintes áreas verdes degradadas: 1) Área do Izidora e 2) Área Verde no Dandara, 3) Ribeirão de Abreu
  • Geração de renda para 10 famílias de agricultores e agricultoras urbanas em cada comunidade atendida
  • Produção de alimento para 30 famílias em cada comunidade atendida pelo projeto
  • Capacitar pelo menos 60 agricultores e agricultoras urbanas sobre princípios para o planejamento, implantação e manejo de Sistemas Agroflorestais.

           Locais em implantação

Ribeiro de Abreu

Ribeiro de Abreu


Plantio Ribeiro de Abreu
Plantio Ribeiro de Abreu
Plantio Ribeiro de Abreu
Plantio Ribeiro de Abreu