Pular para o conteúdo principal

Censo - População em situação de rua

criado em 26/08/2022 - atualizado em 26/10/2022 | 15:36

Imagem gráfica com o texto: mais inclusão censo pop rua 2022, em referência à pesquisa censitária realizada com a população em situação de rua de belo horizonte. A imagem ainda traz duas pessoas usando crachás, representando as pessoas que farão as entrevistas da pesquisa

 

O município de Belo Horizonte realiza, nos dias 19, 20 e 21 de outubro, o Censo Pop Rua 2022 | BH + Inclusão, pesquisa censitária com o objetivo de quantificar a população em situação de rua presente na cidade e de qualificar o planejamento e as políticas públicas intersetoriais e interinstitucionais que atendem e acompanham as pessoas em situação ou com trajetória de vida nas ruas. 
 

Para a realização do Censo Pop Rua 2022 | BH + Inclusão, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, firmou uma parceria com a Faculdade de Medicina da UFMG, via Fundação de Desenvolvimento de Pesquisa - FUNDEP (vinculada à Universidade). Também são parceiros neste processo o Movimento Nacional de População de Rua, a Associação de Luta por Moradia Para Todos, a Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, que integram o Grupo Técnico, instituído pela Portaria SMASAC nº. 115, de 22 de junho de 2022, que terá como objetivos acompanhar, monitorar e analisar a realização da pesquisa censitária e qualitativa por amostragem sobre a população adulta em situação de rua.
 

Frente aos indícios de que a situação de emergência em saúde pública, ocasionada pela pandemia de Covid-19, tenha impactado a quantidade e o perfil das pessoas em situação de rua na cidade e, considerando a urgência da ampliação da perspectiva intersetorial das políticas públicas e sociais de atendimento e acompanhamento a esse público prioritário é extremamente necessário que a Prefeitura de Belo Horizonte realize o Censo Pop Rua 2022 | BH + Inclusão.

 

 

Etapas

  1. Planejamento
    1.1 - Constituição da equipe de coordenação dos trabalhos
  2. Realização de Pesquisa Censitária
    2.1 - Elaboração dos instrumentos de coleta de informações
    2.2 - Seleção e treinamento da equipe de campo
    2.3 - Realização do trabalho de campo
    2.4 - Codificação, crítica e digitalização dos dados
    2.5 - Análise dos dados
    2.6 - Apresentação às instâncias de controle e de participação social
  3. Realização de Pesquisa Qualitativa Complementar por amostragem
    3.1 - Definição do esquema amostral e instrumentais de pesquisa
    3.2 - Seleção, treinamento e constituição da equipe de campo e de apoio ao trabalho de campo
    3.3 - Realização do trabalho de campo
    3.4 - Codificação, crítica e digitalização dos dados
    3.5 - Análise dos dados
    3.6 - Apresentação às instâncias de controle e de participação social
  4. Conclusão e publicação
    4.1 - Relatório final, avaliação das políticas voltadas à população em situação de rua e difusão das informações

 

 

Histórico

Três pesquisas censitárias foram realizadas anteriormente, nos anos de 1998, 2006 e 2013, com foco na população em situação de rua no âmbito do município. O Censo Pop Rua 2022 | BH + Inclusão inova ao tratar os dados a partir de uma perspectiva intersetorial, trazendo as diversas políticas públicas e sociais como Assistência Social, Saúde, Educação, Trabalho, Emprego, Renda, Habitação, Segurança Alimentar e Direitos Humanos para o centro das discussões, enfatizando o fomento à integralidade de proteção social.
 

Outro importante avanço trazido pela pesquisa atual é a realização de pesquisa qualitativa complementar, identificando as necessidades sociais apresentadas pela população em situação de rua, as relações existentes com os serviços e políticas existentes, as avaliações dos serviços públicos disponíveis e as sugestões para efetivar a cidadania da população que utiliza as ruas para moradia e sobrevivência.

 

Acesse as edições anteriores:

 

 

Legislação

CENSO NA IMPRENSA

 

Notícia institucional