Pular para o conteúdo principal

Descarte de outros materiais - Produtos eletrônicos

criado em 04/04/2019 - atualizado em 08/04/2022 | 13:42


A logística reversa é o sistema que promove o retorno do produto pós-consumo ao próprio setor empresarial responsável pela sua importação, fabricação, distribuição e comercialização. Ou seja: quem produz, importa ou vende o bem de consumo precisa recolher de volta.


A Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei 12.305/10, estabelece que o descarte de eletroeletrônicos em desuso, incluindo produtos de informática, deve ser objeto de logística reversa.


O objetivo é a reinserção dos resíduos nos próprios processos produtivos (ou de terceiros), permitindo a reutilização/reciclagem, ou então a destinação final adequada, sem ônus ao serviço público de limpeza.

 

Pesquise em sua região e entregue pilhas, baterias, lâmpadas, eletrodomésticos e equipamentos de informática no lugar certo. Com certeza, você encontrará diversas lojas e muitos pontos de recolhimento gratuito desses produtos. Mas nunca elimine esses materiais em locais inadequados.

 

Praticar a logística reversa é essencial para a preservação do meio ambiente. Vamos cuidar do planeta. Ele é a nossa casa.

 

Clique aqui para acessar o portal da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), órgão que reúne empresas licenciadas em Minas Gerais que praticam a logística reversa. Em "Mais informações", é possível encontrar alguns links de estabelecimentos que recebem esse tipo de resíduo. 

 

Acesse também:

Outros resíduos atendidos pela logística reversa

Saiba mais sobre a logísitica reversa