Pular para o conteúdo principal

Coleta seletiva

atualizado em 05/04/2019 | 16:04

Coleta seletiva é um processo que consiste na separação e recolhimento dos resíduos descartados por moradores da cidade. Reciclagem é a utilização, como matéria-prima, de um produto que seria considerado lixo.

Belo Horizonte é beneficiada por duas modalidades de coleta seletiva: a ponto a ponto e a porta a porta.

 

Coleta seletiva ponto a ponto

Nesse tipo de coleta, são instalados contêineres nas cores padrão definidas pela Resolução do Conama para os materiais recicláveis: azul para o papel, vermelho para o plástico, amarelo para o metal e verde para o vidro. A população separa os recicláveis em sua residência ou no local de trabalho e os deposita em contêineres instalados pela Prefeitura. Cada endereço é chamado de Local de Entrega Voluntária (LEV).

Clique e confira os endereços dos LEVs em Belo Horizonte.
 

 

Coleta seletiva porta a porta 

Na coleta porta a porta, os materiais recicláveis são separados pelos moradores e colocados na calçada para ser coletados pelas equipes da SLU. Atualmente, o serviço está presente em 36 bairros, alcançando uma população aproximada de 390 mil pessoas, em 125 mil domicílios. É realizada uma vez por semana. O material deve ser acondicionado em sacos plásticos, de preferência transparentes, e dispostos em frente ao local da coleta (no passeio), a partir das 8h.

 

Clique e confira os bairros atendidos pela coleta seletiva porta a porta.
                                                                                                                   
Todos os materiais recicláveis recolhidos pela coleta seletiva são destinados às associações ou cooperativas de catadores e trabalhadores com materiais recicláveis, participantes do Fórum Municipal Lixo e Cidadania.

Ouça este conteúdo