Pular para o conteúdo principal

Coleta seletiva

criado em 04/04/2019 - atualizado em 23/11/2021 | 12:03

ATENÇÃO!

Agora a coleta seletiva de Belo Horizonte passa a aceitar também o isopor. Então, não se esqueça de separar esse material reciclável para o recolhimento porta a porta ou ponto a ponto (Pontos Verdes).

 

Clique aqui e saiba mais.

 

 

O QUE VOCÊ PODE SEPARAR PARA A COLETA SELETIVA

Papel

Pode ser reciclado várias vezes. A matéria-prima vegetal mais utilizada na fabricação do papel é a madeira. Para aproximadamente 50 quilos de papel reciclado, poupa-se o corte de uma árvore. O papel não encaminhado para a reciclagem demora três meses para se decompor na natureza.
 
São papéis recicláveis: 
• Jornais; 
• Revistas; 
• Impressos; 
• Catálogos telefônicos; 
• Caixas de papelão; 
• Rascunhos; 
• Envelopes; 
• Cartões; 
• Embalagens longa vida. 

 

Metal

São classificados, quanto a sua composição, em ferrosos (ferro, aço) e não ferrosos (alumínio, cobre, chumbo, níquel). A lata de alumínio leva de 200 a 500 anos para se decompor na natureza e cada tonelada de alumínio reciclado economiza 95% de energia e cinco toneladas de minério. 


São metais recicláveis: 
• Alumínio; 
• Arames;
• Fios; 
• Grampos; 
• Pregos; 
• Latas de alimentos. 


Plástico

É produzido a partir de derivados do petróleo, que é um recurso natural não renovável, e leva em torno de 450 anos para se decompor na natureza. Uma tonelada de plástico reciclado economiza milhares de litros de petróleo. 

São plásticos recicláveis: 
• Garrafas PET; 
• Brinquedos;
• Copos descartáveis; 
• Embalagens de xampu; 
• Garrafas de detergente, álcool e água sanitária; 
• Sacolas e saquinhos plásticos; 
• Potes de produtos alimentícios; 
• Baldes e bacias. 

 

Isopor

Uma novidade na coleta seletiva de Belo Horizonte é o recebimento do isopor. A iniciativa proporciona ganhos ambientais, evitando que o produto vá para o aterro sanitário, e sociais, com a geração de renda para as cooperativas parceiras de catadores. Essa inclusão do isopor foi possível graças ao surgimento de um mercado para o produto na própria capital, evitando grandes deslocamentos até a indústria de transformação em outras cidades. 

 

Observe os tipos de isopor que você pode separar:

  • Aquele presente em embalagens de ovos;
  • Caixas ou invólucros internos de eletroeletrônicos (TVs, computadores, celulares, geladeiras, fogões, entre outros);
  • Revestimento de proteção de móveis e outros bens de consumo;
  • Embalagens de lanches;
  • Marmitex;
  • Caixas térmicas;
  • Bolinhas protetoras contra impacto de qualquer produto que não seja tóxico;
  • Protetores de correspondências ou qualquer outro bem adquirido em compras eletrônicas. 


Vidro

Demora aproximadamente 4 mil anos para se decompor na natureza, no entanto é 100% reciclável, ou seja, um quilo de vidro usado transforma-se em um quilo de vidro novo. Sua produção utiliza matérias-primas como areia, barrilha, calcário e feldspato. O vidro deve ser embalado em material resistente antes de ser encaminhado para a coleta seletiva para diminuir os riscos de acidentes. 

São vidros recicláveis: 
• Frascos e potes;
• Garrafas de cerveja; 
• Garrafas de refrigerante; 
• Garrafas de água e bebidas em geral;
• Copos; 
• Vidros planos e lisos. 


Todos os materiais separados para a coleta seletiva devem estar limpos e secos, para evitar mau cheiro e não atrair animais e vetores de doenças.

 

O QUE VOCÊ NÃO DEVE SEPARAR PARA A COLETA SELETIVA

Papel

  • Higiênico;
  • Guardanapos;
  • Fitas adesivas;
  • Fotografias;
  • Etiquetas adesivas;
  • Papéis plastificados.

 

Plástico

  • Embalagens de balas e doces;
  • Embalagens plásticas de produtos tóxicos.

 

Metal

  • Esponjas de aço;
  • Pilhas, baterias e eletroeletrônicos (leia aqui sobre a logística reversa).

 

Vidro

  • Espelhos;
  • Cerâmica;
  • Tubos de TV;
  • Vidros temperados;
  • Lâmpadas de LED e fluorescentes (leia aqui sobre a logística reversa).

 

JAMAIS SEPARE PARA A COLETA SELETIVA OU DEPOSITE NOS COLETORES materiais tóxicos e infectantes, resíduos de saúde e orgânicos.

 

CUIDADOS ESPECIAIS DURANTE A PANDEMIA

Neste momento, mais do que nunca, o apoio da população é fundamental. A sugestão é que as pessoas higienizem os resíduos antes de descartá-los para a coleta e, se possível, deixem os materiais recicláveis guardados por uma semana, em local seguro, como forma de ampliar a descontaminação.

 

Com relação ao recolhimento ponto a ponto, é indispensável a utilização correta dos equipamentos de Ponto Verde, evitando o descarte de qualquer outro resíduo que não seja o reciclável no interior dos coletores. As máscaras devem ser eliminadas somente na coleta domiciliar convencional, de maneira bem-acondicionada, de preferência em sacos duplos, para não contaminar os garis e as outras pessoas. 

 

Não deposite nos equipamentos coletores materiais tóxicos e infectantes, resíduos de saúde e orgânicos. Cuide da limpeza do local. A SLU pede aos cidadãos que obedeçam aos dias e horários de disposição dos recicláveis nas calçadas dos bairros atendidos pela coleta seletiva porta a porta.

DICAS IMPORTANTES
  • Nos Pontos Verdes da Prefeitura, há um coletor exclusivo para vidro e outro para papel, metal, plástico e isopor. Use-os corretamente;
  • Preserve os equipamentos da coleta seletiva instalados pela cidade;
  • Nunca misture o lixo domiciliar ao reciclável;
  • Não coloque resíduos orgânicos e os não recicláveis próximos ao coletor;
  • Ponha o lixo comum na calçada de sua residência ou de seu comércio, bem-lacrado, somente nos dias e horários de recolhimento;
  • Não jogue entulho no Ponto Verde. Móveis velhos, restos de obras, pneus, poda e outros resíduos volumosos não tóxicos devem ser levados para uma Unidade de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV). Veja os endereços aqui;
  • Por causa da pandemia de coronavírus, higienize os materiais em casa;
  • Guarde os resíduos em local seguro por, pelo menos, uma semana para ampliar a descontaminação;
  • Descarte os resíduos recicláveis somente dentro do equipamento coletor;
  • Ao manusear os recicláveis, use máscara e luvas;
  • Lave bem as mãos e use álcool 70%.
O QUE É COLETA SELETIVA

É o ato de separar e coletar materiais já usados como papel, metal, plástico, isopor e vidro para que não sejam descartados como lixo.

O QUE É RECICLAGEM

É a transformação dos resíduos que iriam para o lixo em novos produtos por meio da ação artesanal ou industrial. Graças à reciclagem, o papel, o metal, o plástico, o isopor e o vidro voltam à cadeia produtiva na forma de novos bens de consumo.

O QUE É COLETA SELETIVA PONTO A PONTO

Nesse tipo de coleta, são instalados contêineres na cor verde em diversos pontos da cidade para que o cidadão possa descartar os resíduos recicláveis. Em um coletor, é descartado apenas o vidro. No outro, o papel, o metal, o plástico e o isopor. São os chamados Pontos Verdes. Clique e confira os endereços.

O QUE É COLETA SELETIVA PORTA A PORTA

Na coleta porta a porta, os materiais recicláveis são separados pelos moradores e colocados na calçada para ser coletados pelas equipes da SLU. Atualmente o serviço está presente em 47 bairros da capital. É realizada uma vez por semana. O material deve ser acondicionado em sacos plásticos, de preferência transparentes, e dispostos em frente ao local da coleta (no passeio), a partir das 8h.
 

Clique e confira os bairros atendidos pela coleta seletiva porta a porta.
                                                                                                                   
Todos os materiais recicláveis recolhidos pela coleta seletiva são destinados às associações ou cooperativas de catadores e trabalhadores com materiais recicláveis, participantes do Fórum Municipal Lixo e Cidadania. Acesse aqui nossos parceiros.

VANTAGENS DA COLETA SELETIVA
  • Redução do lixo aterrado e aumento da vida útil do aterro sanitário;
  • Melhoria da limpeza da cidade;
  • Economia de energia;
  • Incentivo às indústrias de reciclagem, gerando novos empregos;
  • Diminuição do desperdício;
  • Conscientização ambiental;
  • Redução da proliferação de animais, vetores de doenças;
  • Melhoria da qualidade de vida da população;
  • Economia de matéria-prima (água, petróleo, árvores, minerais);
  • Inclusão social da população carente;
  • Geração de trabalho e renda.
BENEFÍCIOS DA RECICLAGEM
  • Uma tonelada de papel reciclado impede a derrubada de 20 árvores;
  • Uma tonelada de vidro reciclado poupa 1,3 tonelada de areia extraída da natureza;
  • Uma tonelada de plástico reciclado economiza milhares de litros de petróleo;
  • Uma tonelada de alumínio reciclado evita a extração de cinco toneladas de minério.
TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DE ALGUNS RESÍDUOS
  • Papel: 3 meses;
  • Palito de fósforo: 6 meses;
  • Filtro de cigarro: de 1 a 2 anos;
  • Chiclete: 5 anos;
  • Madeira pintada: 14 anos;
  • Lata de alumínio: de 200 a 500 anos;
  • Plástico: aproximadamente 450 anos;
  • Borracha: tempo indeterminado;
  • Fralda descartável: 600 anos;
  • Vidro: cerca de 4 mil anos.

Clique aqui para solicitar a coleta seletiva ou realizar alguma reclamação. 

 

Pratique a coleta seletiva. Colabore com a cidade, com o meio ambiente e com o bem-estar das outras pessoas.