Pular para o conteúdo principal

Coleta de resíduos sólidos

atualizado em 15/06/2018 | 10:59

Coleta domiciliar

A coleta de resíduos sólidos domiciliares, ou coleta domiciliar, consiste na atividade regular de recolhimento e transporte do lixo gerado em edificações residenciais, comerciais e públicas. O serviço é gerenciado pela Prefeitura, de forma descentralizada, nas nove regiões de Belo Horizonte. As ações são precedidas de planejamento, incluindo campanhas educativas e de mobilização social.

Em função das características urbanísticas, são dois os modelos específicos de coleta domiciliar: a coleta em áreas de urbanização formal e a realizada em vilas, aglomerados urbanos e conjuntos habitacionais.

O serviço de coleta domiciliar porta a porta abrange praticamente 100% da extensão das vias formalmente urbanizadas. O recolhimento  de resíduos ocorre diariamente (de segunda a sábado) em algumas localidades e, em outras, de maneira alternada: segunda, quarta e sexta-feira, ou terça, quinta e sábado. A coleta pode ser diurna ou noturna.

 

Coleta domiciliar noturna

É realizada em 89 bairros de Belo Horizonte, a partir das 20h. O cidadão deverá expor os resíduos, devidamente acondicionados na calçada, somente a partir das 19h, para evitar que o lixo se espalhe pelas vias, causando transtornos à população.

Importante: lixo fora de dia e horário de recolhimento pode gerar autuação e multa para o infrator.

 

Confira os locais atendidos:

Alto Caiçaras,

Anchieta,

Aparecida 7ª Seção,

Aparecida,

Barro Preto,

Barroca (parte),

Belvedere,

Boa Viagem,

Boa Vista (parte),

Bom Jesus,

Bonfim,

Cachoeirinha,

Caiçara-Adelaide,

Caiçaras,

Canadá,

Candelária (parte),

Carlos Prates,

Carmo,

Cenáculo (parte),

Centro,

Cidade Administrativa do Governo do Estado,

Cidade Jardim,

Cidade Nova,

Colégio Batista,

Comiteco,

Concórdia,

Coração de Jesus,

Cruzeiro,

Dom Joaquim (parte),

Ermelinda,

Esplanada (parte),

Eymard (parte),

Fernão Dias (parte),

Floresta (parte),

Funcionários,

Graça,

Grajaú (parte),

Gutierrez,

Horto,

Ipiranga,

Jardim Montanhês,

Lagoinha(parte),

Lagoinha,

Leblon (parte),

Lourdes,

Luxemburgo,

Mangabeiras,

Mantiqueira (parte),

Maria Goretti (parte),

Maria Helena (parte),

Maria Virgínia,

Minas Caixa (parte),

Monsenhor Messias,

Nova Cachoeirinha,

Nova Esperança,

Nova Floresta,

Novo São Lucas (parte),

Ouro Minas (parte),

Padre Eustáquio (parte),

Palmares,

Parque São Pedro (parte),  

Pirajá (parte),

Piratininga (parte),

Pompeia (parte),

Raja Gabaglia (parte),

Renascença,

Rio Branco (parte),

Sagrada Família,

Santa Cruz,

Santa Efigênia (parte),

Santa Efigênia,

Santa Lúcia,

Santa Tereza,

Santo Agostinho,

Santo André,

Santo Antônio,

São Bento,

São Cristóvão,

São Gabriel (parte),

São Lucas,

São Paulo (parte),

São Pedro,

Savassi,

Serra Verde (parte),

Serra,

Silveira,

Sion,

Sumaré,

União (parte),

Vila Paris,

Vila São Paulo.

 

Coleta domiciliar diurna

É realizada nos demais bairros da cidade, ou seja, em 398. A recomendação é que o cidadão exponha os resíduos, devidamente acondicionados, somente a partir das 7h, pois o recolhimento começa às 8h.

 

Coleta domiciliar em vilas e aglomerados urbanos

Esses locais, por apresentarem características urbanísticas adversas, na maioria das vezes em áreas de risco e de difícil acesso, oferecem limitações e desafios à prestação do serviço.

Sempre que possível, a SLU utiliza caminhões minicompactadores e carrinhos de mão nos becos, conforme parâmetros de projeto adotados pela Prefeitura. A coleta é feita no período diurno, diariamente, ou três vezes por semana, em dias alternados.

Atualmente, todas as regiões administrativas da cidade são beneficiadas com algum tipo de coleta domiciliar.

 

Coleta especial e diferenciada

A coleta especial compreende o recolhimento, o transporte e a destinação final de resíduos de origem comercial (pública ou privada), considerando o volume (geração acima de 120 litros ou 60 quilos, por dia de coleta, no período de 24 horas) e a natureza desse lixo. O recolhimento exige cuidados especiais em seu manejo. Já a coleta diferenciada é feita em locais onde há deposição clandestina de resíduos.

 

Recolhimento de animais mortos

Com o serviço de recolhimento de animais mortos, a SLU contribui para evitar doenças e promove o bem-estar e a saúde do cidadão. Para solicitar a remoção de um animal morto, basta entrar em contato com a Prefeitura, por meio do telefone 156 ou do SACWEB (www.pbh.gov.br).