Pular para o conteúdo principal

Restaurantes Populares

atualizado em 09/09/2019 | 14:33

 

Pessoas sentadas em grandes mesas realizam suas refeições
Foto: Débora Oliveira/PBH

 

Os Restaurantes Populares são equipamentos públicos que se caracterizam pela comercialização de refeições prontas, nutricionalmente balanceadas, originadas de processos seguros, a preços acessíveis, servidas em locais apropriados e confortáveis, de forma a garantir a dignidade ao ato de se alimentar. São destinados a oferecer refeições variadas à população que se alimenta fora de casa, prioritariamente às pessoas em situação de vulnerabilidade.
 

Desde 2017 cada Restaurante conta com uma coordenação local. Os cardápios são elaborados cuidadosamente por nutricionistas, de forma saudável e balanceada, que consideram as necessidades nutricionais do público atendido, a variedade, o equilíbrio e também o prazer ao se alimentar. 
 

Referência na cidade, os Restaurantes Populares servem diariamente cerca de 10 mil refeições, entre café da manhã, almoço e jantar, 210 mil refeições a cada mês e mais de 2,4 milhões ao ano para um público diverso que inclui trabalhadores, desempregados, idosos, aposentados, crianças, estudantes, pessoas em situação de rua, entre outros. 
 

É importante destacar que o acesso ao equipamento é universal e não depende de nenhum cadastro ou comprovação para que o cidadão tenha acesso a uma alimentação de excelente qualidade por um preço subsidiado.

 

Atualmente os valores das refeições são:

 

Café da manhã: R$0,75
Almoço R$3,00
Jantar R$1,50. 

Acesse o cardápio semanal dos Restaurantes Populares

 

Públicos beneficiários

Pessoas beneficiárias do Programa Bolsa Família têm desconto de 50% no valor das refeições, e pessoas em situação de rua devidamente encaminhados pelos serviços de referência da Assistência Social e portando documentos de identificação recebem as refeições gratuitamente. O restaurante ainda atende, via alimentação transportada, o Albergue Tia Branca no bairro Floresta e o Centro Integrado de Atendimento à Mulher, na região do Lagoinha.
 

A Gestão de Restaurante Populares abrange ações de planejamento de cardápios, gestão de compras, logística e controle de qualidade, supervisão, monitoramento, treinamento e qualificação dos profissionais envolvidos na produção das refeições. Todos os alimentos são comprados por licitação pública e entregues diretamente nas unidades dos Restaurante Populares. 

 

Alimentos da Agricultura Familiar

Parte dos produtos adquirido pelo Restaurante Popular são através do Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, que incentiva e fortalece os pequenos produtores da agricultura familiar e oferta assim alimentos regionais aos usuários.

 

Projetos Especiais

Além do Direito Humano a Alimentação Adequada (DHAA), os RPs de Belo Horizonte têm a preocupação de promover ainda outras ações que beneficiem usuários e funcionários, favorecendo a construção e o fortalecimento da cidadania.

 

•    Atendimento a Diabéticos:
O objetivo do projeto é proporcionar aos usuários diabéticos dos Restaurantes Populares de Belo Horizonte a conscientização da educação nutricional e o fornecimento de alimentos substitutos aos que contém alto teor de açúcar simples.

 

•    Campanhas de Prevenção e Promoção a saúde:
Realização de ações de diálogo direto com usuários e funcionários, como palestras, aferição de pressão em parceria com universidades, entrega de panfletos informativos dentre outras.

 

•   Qualificação de Profissionais e Festival Gastronômico:
Realizado desde 2017, o Festival Gastronômico é a finalização de um processo de formação continuada dos colaboradores dos Restaurantes Populares. Os funcionários participam de cursos de capacitação, com aulas sobre técnicas gastronômicas e atendimento ao público, e ao final, disputam pela melhor receita. O projeto conta com a colaboração de parceiros especialistas das áreas de gastronomia e nutrição, que trazem para os funcionários temas atuais da gastronomia e da culinária mineira, agregando novas práticas e valores ao trabalho, e proporcionando melhoria no atendimento aos usuários.

 

•    Incentivo à leitura:
Em 2018 foi reaberta na unidade do Barreiro uma sala de leitura com cerca de 1.000 exemplares disponíveis para leitura no local ou empréstimo gratuito. A sala é aberta a todos os cidadãos, e basta apresentar um documento com foto e fazer um cadastro para realizar a retirada dos livros. Os títulos disponíveis são de literatura infantojuvenil e adulta, livros de receitas, revistas sobre nutrição e saúde e histórias em quadrinhos. A biblioteca também aceitará doações permanentemente, exceto materiais didáticos, gramáticas, dicionários, apostilas, enciclopédias, cópias e materiais audiovisuais.

 

•    Corte de Cabelo:
Através de parceria com escolas de embelezamento e tratamento de cabelos, os restaurantes cedem seu espaço, dando oportunidade para a capacitação dos alunos nas competências voltadas à qualidade na prestação de seus serviços. Esta ação beneficia em conjunto e de forma gratuita, funcionários e usuários dos restaurantes, especialmente a população em situação de rua.

 

•    Natal Solidário:
O Natal Sem Fome é reconhecido mundialmente pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e foi criado pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, que dá nome à primeira unidade do Restaurante Popular. Campanha presente desde o início do Restaurante Popular, oferece almoço gratuito com cardápio especial no dia de natal, acompanhado da entrega de brinquedos para as crianças.
 

As doações de brinquedos podem ser feitas, de segunda a sexta-feira, nos restaurantes populares do Centro, Santa Efigênia, de Venda Nova e do Barreiro. Para ser voluntário é necessário entrar em contato com a Diretoria de Restaurantes Populares e fazer sua inscrição no mês de Dezembro.

 

•    Visitas técnicas:
Os RPs se abrem a oportunidade de visitas para escolas e creches da rede municipal e particular, instituições públicas e privadas de ensino superior, pessoas e entidades de diversos países, com o objetivo de conhecerem o funcionamento e aprofundarem o conhecimento teórico e prático sobre o Equipamento Público e a Segurança Alimentar. Contato para agendar visitas técnicas: drep@pbh.gov.br.

 

•    Intervenções culturais:
Os Restaurantes acolhem propostas de indivíduos e grupos artísticos que tenham interesse em realizar intervenções junto aos usuários, como forma de promover também o acesso a arte e cultura para a população.