Pular para o conteúdo principal

Minha Casa, Minha Vida

Vista de conjuntos habitacionais em Belo Horizonte
Foto: Divulgação/PBH
criado em 23/02/2018 - atualizado em 23/03/2021 | 09:38

A Prefeitura de Belo Horizonte informa que não há previsão de inscrição ou sorteio para o Programa Minha Casa Minha Vida em Belo Horizonte. A última inscrição foi realizada em 2013 e as famílias sorteadas já receberam seus apartamentos.

Para acesso às faixas 1,5, 2 e 3 do Minha Casa Minha Vida, que são modalidades de mercado e exigem uma renda mínima compatível com o valor de financiamento, o interessado deve entrar em contato direto com as construtoras ou suas autorizadas.

Cabe ressaltar que atualmente o Programa Minha Casa Minha Vida foi substituído pelo Programa Casa Verde e Amarela. As mudanças do MCMV para o Programa Casa Verde e Amarela só serão aplicadas em empreendimentos lançados futuramente. Até o momento não há previsão de inscrições para este novo programa.

 

 

Histórico do Programa Minha Casa Minha Vida em Belo Horizonte

 

O Minha Casa, Minha Vida foi instituído pela Lei Federal n° 11.977, de 7 de julho de 2009. Sua finalidade foi de criar mecanismos de incentivo à produção e aquisição de novas unidades habitacionais ou requalificação de imóveis urbanos e habitações rurais, facilitando, assim, o acesso das famílias de baixa renda à casa própria. O programa promoveu a distribuição de renda e impulsionou a geração de postos de trabalho, por meio dos investimentos no setor da construção civil.

 

Em Belo Horizonte, as primeiras inscrições do Programa Minha Casa, Minha Vida ocorreram no período de março a junho de 2009. Elas foram feitas na Prefeitura, nas Regionais, em agências da Caixa Econômica Federal e também pela internet. Foram mais de 200 mil inscritos. Em 2013, foi aberto, somente pela internet, um novo período para inscrições e também foi feito um recadastramento obrigatório para os já inscritos em 2009. Nesta segunda etapa foram mais de 117 mil inscritos. Os sorteados nas duas etapas, dentro do número de vagas de unidades habitacionais produzidas, já receberam as chaves dos imóveis.

 

Em 2017, foi lançada uma nova modalidade de financiamento. A faixa 1,5 é destinada a famílias com renda entre R$1.801,00 a R$2.600,00, sendo que o teto para o financiamento varia de acordo com a região, e, conforme a tabela de municípios, o valor varia de R$ 70 mil a R$ 135 mil. Para a faixa 2 do programa as famílias podem ter renda de até R$ 4.000,00.

 

O subsídio também varia de acordo com o local em que o empreendimento está sendo construído. O valor aproximado é de no máximo de R$ 47 mil para faixa 1,5 e R$ 29 mil para o faixa 2, conforme o município de contratação da operação. O financiamento, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), poderá ser feito em até 360 meses (30 anos). Os juros são variáveis a partir de 5% ao ano acrescido de TR.

 

Atualmente os empreendimentos disponíveis do Programa Minha Casa, Minha Vida - Faixa 1,5 e 2 são:

 

TENDA - Recanto da Lagoa: Faixa 2

Tel. 4003-6301

 

AP PONTO - Ponto Esplendor: Faixa 2

Tel. 99543-5972

 

EMCCAMP - Parque Cerrado: Faixas 1,5 e 2

Tel. 98285-8606

 

Mais informações sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida podem ser esclarecidas pelo telefone (31) 3277-5016.