Pular para o conteúdo principal

Mais de vinte alunos sentados em pátio de escola, com árvores e chão de terra e mesas e bancos em ambiente agradável durante o dia. Foto: Cláudio Lacerda
Foto: Cláudio Lacerda

Aberto o Orçamento Participativo da Criança e do Adolescente

19/04/2017 | 19:48 | atualizado em 19/04/2017 | 19:52

Cerca de 16 mil alunos de 27 escolas municipais terão a oportunidade de indicar projetos que consideram relevantes para o dia a dia escolar. Iniciado nas escolas, em abril, o Orçamento Participativo da Criança e do Adolescente (OPCA) permite que os estudantes indiquem projetos diversos. As melhores indicações são colocadas em votação para escolha dos alunos e cada escola recebe uma verba de R$ 20 mil para desenvolvimento das ações selecionadas. 

 

"O OPCA é um exercício de cidadania. Ao participarem de um processo de escolha que visa o bem coletivo, os estudantes desenvolvem diversas habilidades como a criticidade, a autonomia, a liderança, a capacidade de gestão e outras mais que serão incorporadas na sua formação e levadas para a vida adulta", diz a secretária municipal de Educação, Ângela Dalben.


A assinatura do Termo de Adesão ao programa aconteceu no dia 12 de abril, na Smed e contou também com a presença da secretária municipal Adjunta de Gestão Compartilhada, Ana Paula Siqueira.

Histórico
Criado em 2014, o OPCA é realizado em parceria com as secretarias municipais de Educação e Adjunta de Gestão Compartilhada. Nesse período, o projeto já envolveu a participação de 70 escolas e de 56 mil estudantes da Rede Municipal de Educação em 190 ações que contribuíram para melhoria do ambiente escolar e do processo ensino-aprendizagem.

Últimas Notícias

PBH garante segurança e mobilidade durante manifestações 

Prefeitura concentra esforços para garantir a segurança e a mobilidade da população nas manifestações desta sexta-feira

27/04/2017 | 19:53

I Encontro Municipal de Dança

O evento acontecerá no Teatro Francisco Nunes, e a entrada é gratuita. 

27/04/2017 | 18:09