Pular para o conteúdo principal

Programa de Prevenção nos Territórios: Regional Leste de BH

Programa Prevenção nos Territórios na regional Leste de BH
Foto: Divulgação PBH
atualizado em 19/11/2019 | 16:21

O Programa de Prevenção nos Territórios teve seu projeto-piloto implantado na Regional Leste de Belo Horizonte, onde continua em andamento. O programa prevê o mapeamento social e econômico das regiões, com base no risco de envolvimento da juventude com a criminalidade e na rede pública de assistência existente no local, levando em conta o perfil dos moradores. O objetivo é desenvolver ações específicas para a formação de redes de proteção social locais. 


Confira o Relatório de Prevenção à Letalidade Juvenil e de Adolescentes 

Após a conclusão e divulgação do Relatório de Prevenção à Letalidade Juvenil e de Adolescentes (ocorrida em janeiro de 2019), o Programa de Prevenção nos Territórios na Regional Leste se desdobrou em quatro projetos temáticos, que permanecem em execução. São eles:

 

Treinando para a Vida

Desenvolvido em escolas localizadas na área compreendida pelos bairros Alto Vera Cruz, Taquaril e Granja de Freitas - que consistem em locais de alto índice de violência-, por meio de atividades educativas nas modalidades de Futsall, cross training e danças urbanas. Visa qualificar e restabelecer a ligação dos jovens com a escola, com a comunidade onde vivem e também com a Guarda Municipal,  apostando no fortalecimento dos vínculos como fator de proteção.

 

Mães do Alto

O projeto é uma iniciativa de prevenção social à criminalidade que tem por objetivo mobilizar mulheres que estão submetidas a situações de violação de seus direitos, bem como do direito de seus filhos e netos, oferecendo um suporte para a criação de condições em que ela seja ouvida e se sinta fortalecida como cidadã. Para que, desta forma, ela deixe de ver o fenômeno da violência como um contexto natural do território onde vive e passe a lutar contra ele.


Jovens Ativistas contra a Violência

Busca estruturar uma política afirmativa para consolidar uma rede de suporte para o processo de emancipação e construção de autonomia por parte do jovem em situação de risco. Essa estruturação se constitui a partir de uma articulação entre o poder público municipal, os movimentos sociais e os colaboradores autônomos para a organização de um plano de atendimento de emergência e incidência estrutural nas políticas sociais, para efetivação de seus direitos e de sua proteção.

 

Programa Aurora: territórios e trajetórias

O projeto Aurora: territórios e trajetórias é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção e a ONG Arebeldia, que tem por objetivo desenvolver projetos e ações de articulação comunitária e institucional para a prevenção contra a violência juvenil e a criminalidade, por meio do acompanhamento da trajetória de vida dos jovens.