Pular para o conteúdo principal

Quatro crianças plantam em recipiente redondo, acompanhadas por adulto, em local aberto, durante o dia.
Foto: Larissa Ferreira

Projeto Horta na Escola estimula a alimentação saudável dos alunos

06/01/2020 | 11:44 | atualizado em 08/01/2020 | 14:20

Tudo começou dentro das salas de aula, de uma maneira simples, mas bastante acolhedora e envolvente. Os professores de cada turma desenvolviam projetos individuais de plantio, sustentabilidade e alimentação saudável com os seus alunos. As ações logo despertaram o interesse das crianças e passaram a ocupar também os espaços vazios da unidade educacional. As iniciativas individuais foram unificadas e assim nasceu o projeto Horta na Escola, em 2019, da Escola Municipal de Educação Infantil Jardim Vitória II, da Prefeitura de Belo Horizonte. 

 

“Ocupar os espaços ociosos da escola com ações de educação ambiental, incentivar o consumo de uma alimentação saudável e estimular o empoderamento das crianças às novas práticas sustentáveis, além de trabalhar a percepção sensorial dos alunos. Esses são os principais objetivos do projeto Horta na Escola”, ressalta Janaína da Silva Valadares, diretora da escola Jardim Vitória II, que fica na região Nordeste da capital. A gestora destaca ainda a importância do trabalho em equipe e do apoio do programa EcoEscola, da Secretaria Municipal de Educação. “Todos se envolvem com as atividades, do setor pedagógico ao administrativo”. 

 

A participação dos alunos é bastante ativa no projeto, desde o momento da preparação da terra, à plantação e ao cultivo.  Para a professora Sílvia Alves, responsável pela turma “Palavra Cantada”, o trabalho desenvolvido tem sido muito prazeroso e divertido. “Procuramos chamar a atenção das crianças para os alimentos saudáveis, como as frutas e os legumes. Fizemos um canteirinho de cenouras e eu trago os alunos para regá-lo quatro vezes por semana. Além de terem o contato direto com a terra, usaremos a produção, no caso as cenouras, para fazermos um bolo em sala de aula”, disse a professora. 

 

Composto por um canteiro grande e vários outros menores, dentro de pneus, o projeto Horta na Escola tem ampliado a diversidade de mudas. As plantações iniciais contemplaram o cultivo de alface, couve e cebolinha, mas agora a horta também tem pimentão, beterraba, jiló, cenoura, mamão, laranja, limão e até morango. Toda a produção tem um destino certo: a cantina da escola. 

 

A Escola Municipal de Educação Infantil Jardim Vitória II procura manter as plantações sem nenhum tipo de agrotóxico ou qualquer outro produto químico. Para eliminar possíveis lagartas e pulgões, dentre outras pragas que possam ameaçar o cultivo, a unidade educacional prioriza os métodos naturais. A instituição está localizada na rua Lourdes Gonçalves Barbosa, 785, no bairro Jardim Vitória e atende mais de 320 crianças, com idade entre zero e seis anos.

 

 

 

06/01/2020. Projeto Horta EMEI Jardim Vitória II. Fotos: Larissa Ferreira


Últimas Notícias

Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte Serviços relativos ao ISS ficarão indisponíveis entre os dias 9 e 14

Nesse período, será feita a atualização da versão do banco de dados e outras intervenções tecnológicas.

04/06/2020 | 18:13
Informativo sobre o Cornavírus em Belo Horizonte Live do Arquivo Público integra programação da 4ª Semana Nacional de Arquivos

A participação ocorrerá virtualmente, respeitando os protocolos de saúde vigentes na cidade para o combate à pandemia da Covid-19.

03/06/2020 | 18:16