Pular para o conteúdo principal

Universitários são capacitados para participar do projeto Observe BH

atualizado em 09/07/2019 | 15:19

 

Reunião ODS

 

Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento, por meio do Observatório do Milênio de Belo Horizonte, realizou na primeira semana de abril/2011 um curso de capa­citação com estudantes da UFMG, PUC Minas e UNI BH com o objetivo de prepará-los para participarem do projeto Observe BH.

 

Nesta etapa, o projeto prevê a realização de nove oficinas regionais, nas quais será debatida a realidade de Belo Horizonte, na perspectiva dos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O público alvo são os representantes das Comissões de Acompanhamento e Fiscalização da Execução do Orçamento Participativo (Comforças).

 

O grupo de estudantes fará o acompanhamento e a relatoria das oficinas. Quando entrevistada sobre as expectativas em participar do projeto, a estudante Laís Vieira disse que gostaria de conhecer melhor como funciona o Orçamento Participativo e de contribuir nos processos de formação sobre os Objetivos do Milênio.

 

O objetivo do projeto Observe BH é democratizar o conhecimento e fortalecer as instâncias de participação popular por meio do compartilhamento de informações e conhecimentos acerca da realidade de Belo Horizonte. Para tal, o instrumento a ser utilizado durante as oficinas será a cartilha popular “Belo Horizonte e os Objetivos do Milênio”, lançada em dezembro de 2010, que apresenta a realidade da cidade com indicadores de saúde, educação, renda, trabalho e juventude, gênero e acesso a serviços urbanos.

 

A cartilha popular é resultado do esforço cooperado da rede de parceiros do Observatório do Milênio, que é coordenada pela Prefeitura de Belo Horizonte e composta pelas seguintes instituições: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Pontifícia Universitária Católica de Minas Gerais (PUC-MG), Centro Universitário UNA e Centro Universitário UNI-BH, Fundação Mineira de Educação e Cultura (Fumec), Governo do Estado de Minas Gerais, Fundação João Pinheiro, Prefeitura de Contagem e Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais.