Pular para o conteúdo principal

Rei da cidade nigeriana de Ifé asperge água sobre as pessoas na Pampulh. Rei usa turbante e roupa branca.
Foto: Deusuíte Matos/BHTRANS

Rei da cidade nigeriana de Ifé visita Belo Horizonte

18/06/2018 | 19:24 | atualizado em 25/06/2018 | 08:06

A visita do rei da cidade nigeriana de Ifé, Ooni Adeyeye Enitan Ogunwusi, a Belo Horizonte, terminou neste sábado, dia 16. Essa foi a primeira vez que Ooni de Ifé, liderança espiritual do povo iorubá, veio ao Brasil. Antes de desembarcar na capital mineira, onde permaneceu por três dias acompanhado de uma comitiva integrada por 120 pessoas, o Ooni esteve em Salvador e no Rio de Janeiro.
 

A Diretoria de Políticas para a Igualdade Racial da Prefeitura de Belo Horizonte participou da recepção à comitiva do Ooni de Ifé, promovendo visitas a espaços ligados às Comunidades Tradicionais e de Matriz Africana da cidade e apresentando as políticas de promoção da igualdade racial desenvolvidas pela Prefeitura de Belo Horizonte.
 

“Além de pensar e contribuir para o desenvolvimento econômico dos povos, o Ooni vem deixar uma mensagem muito clara de que a intolerância e o racismo religioso não são mais possíveis”, disse a Diretora de Políticas para a Igualdade Racial, Makota Kisandembu.
 

A Diretoria, vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, é responsável pela coordenação da Política de Promoção da Igualdade Racial desenvolvida pela Prefeitura de Belo Horizonte. O principal objetivo dessa política é enfrentar o racismo e as desigualdades raciais regionalmente.
 

Em 2017, a Prefeitura realizou quatro pré-conferências regionais de Promoção da Igualdade Racial, com a participação de cerca de 350 pessoas, e a IV Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial.
 

Além disso, a Diretoria desenvolveu ações como a formação de servidores e agentes públicos para o enfrentamento ao racismo; o acompanhamento funcional de três quilombos urbanos e dois acampamentos ciganos; a implementação do mês temático Novembro Preto, com dezenas de eventos abertos a toda a cidade, e o acompanhamento de 19 grupos de empreendedores na feira do programa Espaço da Cidadania.