Pular para o conteúdo principal

Imagem de caçambas alinhadas em um pátio
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura amplia funcionamento das URPVs

24/02/2021 | 18:11 | atualizado em 25/02/2021 | 10:29

Os moradores de Belo Horizonte terão mais tempo para entregar, gratuitamente, seus resíduos nas Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes da Prefeitura (URPVs), instaladas em todas as regiões da capital. Os dias e os horários de operação foram ampliados. As portas das unidades estão abertas para a população, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e sábado e domingo, das 7h40 às 16h.

Segundo Alessandra de Fátima Goulart de Oliveira, funcionária do Departamento de Serviços de Limpeza Urbana, a iniciativa é um ganho aos cidadãos e à cidade. “Para quem trabalha a semana inteira e só possui o fim de semana livre, o domingo passou a ser uma ótima opção para descartar corretamente os resíduos de pequenas obras, por exemplo. Com isso, estamos confiantes de que mais pessoas deixarão de jogar entulho em locais indevidos”, observa.

Dessa forma, o principal objetivo da Prefeitura de Belo Horizonte é reduzir ainda mais as deposições clandestinas pela cidade. A diretora operacional da Superintendência, Andréa Fróes, lembra que um grande desafio sempre foi combater os descartes irregulares do lado de fora das unidades. “Embora as URPVs já funcionassem aos sábados em horários estendidos, muitas vezes, ao encontrarem as portas fechadas no domingo, alguns acabavam deixando os resíduos na entrada desses locais públicos”, lamenta. “Isso acarretava uma demanda recorrente de limpeza logo nas primeiras horas da segunda-feira”, completou.

A chefe do Departamento de Políticas Sociais e Mobilização da SLU, Ana Paula da Costa Assunção, conta que as equipes da Superintendência já estão em contato com as comunidades para informar sobre essa melhoria. “Nesta semana, nossos técnicos e estagiários promovem ações educativas nas proximidades da URPV Garças, no bairro Enseada das Garças, na região da Pampulha, para que a população saiba que pode contar com o serviço também aos domingos em todas as unidades. O trabalho informativo irá abranger várias outras áreas de URPVs, principalmente aquelas onde se registravam descargas indevidas de lixo em suas áreas externas”, afirma.

É importante destacar que as URPVs recebem resíduos que não sejam tóxicos, e que não são recolhidos pela coleta domiciliar rotineira, tais como tijolo, telha, concreto, azulejo, terra limpa, poda em menores quantidades, pneus (até quatro por gerador ao dia), madeiras e objetos em desuso, como móveis velhos. Não são aceitos restos de alimentos, lixo doméstico, animais mortos, resíduos líquidos e pastosos como óleos, lama, ácidos e graxas. Também não podem ser levados para as unidades resíduos de estabelecimentos de saúde e de farmácias, resíduos comerciais e de fábricas, carcaças e componentes de veículos.

Lâmpadas, pilhas, baterias e eletroeletrônicos também não são permitidos, pois esses produtos devem ser devolvidos a postos gratuitos de recebimento, geralmente sob a responsabilidade dos fabricantes, comerciantes, distribuidores ou importadores, na chamada logística reversa. Trata-se de um procedimento obrigatório, e que deve estar disponível à população de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Os endereços de todas as URPVs podem ser consultados no portal da Prefeitura.