Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Belo Horizonte e Observatório de Saúde Urbana discutem renovação de parceria

atualizado em 07/01/2020 | 16:03

O Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis, juntamente com o subsecretário de Planejamento e Orçamento, Bruno Passeli, e os técnicos responsáveis pelo Observatório do Milênio reuniram-se, em outubro, com a equipe do Observatório de Saúde Urbana de Belo Horizonte (OSUBH). Na pauta, as discussões relacionadas à renovação da parceria entre as duas redes para o monitoramento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em Belo Horizonte. “No momento, o Plano de trabalho está sendo validado por cada uma das instituições para garantir a formalização das parcerias e a continuidade desta bem sucedida cooperação institucional”, disse André Reis.

 

Durante o encontro, a equipe da PBH destacou a inserção dos ODS como agenda balizadora do planejamento municipal, tendo ela sido alinhada ao Plano Estratégico 2030 e ao Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG 2018-2021). Este instrumento de gestão estabelece a relação entre os programas e ações do governo e os 17 ODS. Os técnicos municipais apresentaram, ainda, a proposta de um plano de trabalho que irá orientar as ações da rede de parceiros. Entre os objetivos do plano estão a criação do sistema de indicadores para o monitoramento local das metas ODS, a publicação de relatórios e revistas, a capacitação e a formação de estudantes e grupos organizados, além da realização de eventos, oficinas, workshops dentre outras atividades.

 

A coordenadora do Observatório de Saúde Urbana, a profa. Dra. Waleska Caiaffa, apresentou os principais estudos e projetos desenvolvidos pelos pesquisadores do OSUBH e suas interfaces com as politicas públicas municipais. O OSUBH, vinculado à Escola de Medicina da UFMG, tem como objetivos elaborar diagnósticos e construir indicadores de saúde para avaliação de políticas públicas, além de desenvolver projetos de investigação para intervenções em saúde urbana. A rede é parceira do Observatório do Milênio desde 2006 quando, a convite da ONU, Belo Horizonte deu início ao monitoramento dos Objetivos do Milênio. O OSUBH participou ativamente da proposição do sistema local de indicadores e da elaboração dos relatórios de acompanhamento dos ODM, por meio da análise dos indicadores de saúde.

 

Reunião da secretaria de planejamento com Objetivos do Milênio da Saúde