Pular para o conteúdo principal

Djonga aparece do lado esquerdo e logomarca da Virada à direita
Arte: PBH

Virada Cultural 2019 terá rapper Djonga como uma das atrações no dia 21/7

25/06/2019 | 19:49 | atualizado em 27/06/2019 | 09:19

O rapper belo-horizontino Djonga é mais uma atração confirmada na Virada Cultural de Belo Horizonte. Ele, que começou sua carreira na rua, participando de saraus de poesia, tornou-se autor de suas próprias letras e se apresenta no dia 21 de julho.

 

‘Ladrão’ é o atual trabalho do Djonga, com temas que o acompanham desde o primeiro disco, como a posição antirracista, forte crítica social, a religiosidade - com forte presença no segundo álbum - e a paternidade, temática cada dia mais incisiva nas músicas do rapper: Djonga se tornou pai em 2017. Em 2018, um ano após o lançamento do seu disco de estreia, “Heresia”, seu segundo trabalho de estúdio, "O Menino que Queria ser Deus", venceu a votação popular da revista Rolling Stone como o melhor do ano.

 

 

Sobre a Virada Cultural

A Virada será realizada durante 24 horas, das 17h do dia 20 de julho às 17h do dia 21 de julho, com uma ocupação artística e cultural no hipercentro de Belo Horizonte. Ao todo, serão cerca de 400 atrações gratuitas - 136 selecionadas pelo edital - que devem atrair cerca de 500 mil pessoas em um circuito formado por seis áreas principais no Centro da capital, além de espaços culturais parceiros. O evento é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e do Instituto Periférico. Mais informações no site da Virada Cultural. Acompanhe: facebook, instagram: @viradaculturalBH #ViradaBH.