Pular para o conteúdo principal

Casa de dois andares no Parque das Mangabeiras com placas de captação de energia solar.
Foto: Divulgação PBH

Usina de energia solar será instalada pela PBH no Parque das Mangabeiras

16/04/2019 | 17:11 | atualizado em 16/04/2019 | 17:11
Uma usina fotovoltaica, que permite a geração de eletricidade por meio da energia solar, será instalada dentro do Parque das Mangabeiras, na região Centro-Sul da capital. Desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o projeto foi aprovado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente e terá investimento de R$ 400 mil do Fundo Municipal de Defesa Ambiental. A usina será instalada no estacionamento superior do Parque, em uma área de cerca de 1.000m² e a previsão é que até o fim de 2019 o processo esteja concluído.

 

A energia que for gerada com a usina fotovoltaica será abatida do consumo do Parque. “O excesso de geração de energia poderá ser armazenado para o consumo em até três anos no próprio Parque ou em outras edificações da Prefeitura. Com esse importante passo, o Parque das Mangabeiras vai se tornar autossustentável em energia elétrica”, explicou Humberto Martins Marques, biólogo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e idealizador do projeto.

 

A iniciativa, como salientou o presidente da Fundação de Parques e Zoobotânica, Sérgio Augusto Domingues, traz um ganho significativo ao local, em termos de recursos financeiros que serão poupados e, sobretudo, em relação à sustentabilidade.

 

“Nosso trabalho é preservar o meio ambiente de todas as formas possíveis. É um bom começo que consigamos produzir energia de forma não poluente e com otimização dos recursos naturais disponíveis. Os recursos antes gastos com a energia elétrica poderão ser direcionados para outras necessidades, não só dos parques, mas da cidade como um todo”, afirmou.

 

 

Compromisso ambiental

A instalação da usina geradora de energia em edificações da Prefeitura de Belo Horizonte faz parte do compromisso público assumido com o intuito de reduzir em até 20% as emissões de gases de efeito estufa até o ano de 2030.

 

 “Este é o início de um projeto que vai transformar Belo Horizonte em uma cidade referência em consumo de energia em edifícios públicos. Isso é totalmente viável e economicamente espetacular porque, além da energia ser limpa, estamos desenvolvendo novas tecnologias”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck. De acordo com o secretário, já está pronto, também, um projeto para a instalação de uma usina fotovoltaica no prédio-sede da Prefeitura.

 

 

16/04/2019. Usina de energia Fotovoltáica. Fotos: Divulgação/PBH

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Fachada da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, durante o dia. PBH seleciona Organização da Sociedade Civil para ações do Circuito de Cultura

Para realizar ações do Circuito Municipal de Cultura, Prefeitura publica edital de seleção de Organização da Sociedade Civil.

16/07/2019 | 20:01
Atlético x Cruzeiro no dia 17/7, às 19h15. Jogo Atlético x Cruzeiro tem operação de transporte no Independência no dia 17/7

A linha especial 9033 começa a operar às 17h, com intervalo de 20 minutos entre as viagens ou de acordo com a demanda de passageiros.

16/07/2019 | 18:36