Pular para o conteúdo principal

Pátio de escola municipal que atende a Educação Infantil, com chão pintado com o jogo da amarelinha em cores diversas.
Foto: Lidiane Sant'Ana/PBH

Unidades escolares são reformadas para a volta às aulas

criado em 02/02/2018 - atualizado em 15/02/2018 | 14:25
A Escola Municipal Hilda Rabello Matta, no bairro Heliópolis, está de cara nova. As mudanças na unidade incluem mais cores nas paredes, pintura decorativa nos pisos do pátio, painéis de azulejo, instalação de gradil, corrimão e portões, parquinho e outras intervenções necessárias para receber o novo público que chega à escola no início do ano letivo. A unidade é uma das escolas de ensino fundamental que receberam uma série de adequações nos seus espaços para atender as crianças da Educação Infantil.

 
“A nossa escola atende ao 1º, 2º e 3º ciclo do ensino fundamental e, com a proposta de abertura de vagas para a Educação Infantil, os espaços foram readequados para receber as crianças de 3, 4 e 5 anos. Existe uma expectativa muito grande desta comunidade em relação à nova proposta. As pessoas visitaram a escola, viram o espaço e saíram muito satisfeitas. Teremos cinco turmas de Educação Infantil no turno da tarde”, comenta a diretora da instituição, Eliane Jesuíno.


Outra unidade que está pronta para as crianças é a Escola Municipal Professor Domiciano Vieira, no bairro Horto. De acordo com a diretora desta unidade, Shirley Cristina Vieira Lana, a readequação permitiu um espaço exclusivo para o atendimento da Educação Infantil que possibilita, ao mesmo tempo, ambientes que respeitam as especificidades e necessidades de cada faixa etária e a integração dos diferentes públicos. “Vejo essas mudanças de uma forma muito positiva, porque a Educação Infantil é uma demanda da população. A chegada das crianças menores fez com que a escola reavaliasse todos os espaços para acolher os estudantes de todas as faixas etárias da melhor maneira possível”, afirma a diretora. 


A Escola Municipal União Comunitária, localizada no bairro Brasil Industrial, na região do Barreiro, também vai a atender as crianças da Educação Infantil. A vice-diretora da Escola, Ianá Andrade, que acompanhou de perto as obras, explica que a escola tem duas turmas de educação infantil. “Além do parquinho ao ar livre, foram preparadas três salas. A adaptação também incluiu a instalação de pias e vasos sanitários adequados à estatura das crianças. As salas ganharam decoração especial e mesas e cadeiras sob medida. A aquisição de brinquedos e livros específicos para a faixa etária dos novos alunos também fez parte dos preparativos”. 

 

Mais crianças nas escolas

A Prefeitura investiu cerca de R$ 5 milhões para as obras de reformas, especialmente nas escolas municipais que passaram a atender a Educação Infantil em 2018. Além dessas escolas que já iniciam o ano com turmas de Educação Infantil, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) estuda a possibilidade de fazer, ao longo do ano, adaptações em outras escolas de ensino fundamental, na perspectiva de continuidade de ampliação do atendimento.


Para a gerente de Manutenção e Expansão da Rede Física da Smed, Jussara Liberal, a iniciativa é fundamental para a educação do município. “Essas intervenções nos prédios escolares foram muito importantes, pois viabilizaram a criação de novas vagas, ampliando o atendimento na Educação Infantil do município, possibilitando que mais famílias conquistem uma vaga para suas crianças. A equipe da Smed, junto com as Diretorias Regionais, acompanhou de perto as obras, visitando as escolas que receberam essas adaptações”, explica. 


A diretora da Escola Municipal Herbert José de Souza, Iolane Vieira, no bairro Novo Aarão Reis, confirma que, na sua região, a ampliação da Educação Infantil era um anseio da comunidade. As modificações na escola para receber o novo público foram festejadas pelas famílias. “A Umei Betinho não consegue atender toda a demanda. Agora, com turmas abertas para a Educação Infantil na escola, a comunidade fica melhor servida. Temos capacidade de atender 120 crianças de quatro e cinco anos, nos dois turnos de funcionamento da escola”, revela a diretora.


Outra comunidade que comemora as novas vagas da Educação Infantil é a da regional de Venda Nova. A Escola Municipal Professor Pedro Guerra, localizada no bairro Mantiqueira, também abriu vagas, em 2018, para crianças de 3, 4 e 5 anos. A diretora Walkíria Oliveira diz que essa ampliação era de extrema necessidade. “A nossa escola se localiza em duas vias importante de acesso, que são as avenidas Vilarinho e Civilização, pontos estratégicos dentro da região de Venda Nova. É uma obra importante que vai atender a demanda da comunidade. Inicialmente, são cinco turmas pela manhã e cinco turmas à tarde que representam 200 novas vagas para a Educação Infantil, mas com possibilidade de ampliação”, afirma Walkíria. 

 

 

02/02/2018. Vaga na Educação Infantil. Fotos: Divulgação/PBH