Pular para o conteúdo principal

Fachada da unidade do CRAS
Foto: Stênio Lima/PBH

Unidades do Sistema Único de Assistência Social mantém atendimento presencial

13/01/2021 | 17:51 | atualizado em 14/01/2021 | 23:05

Considerados essenciais para o atendimento dos cidadãos de Belo Horizonte, as unidades e serviços que compõem o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no município seguem com atendimento e acompanhamento socioassistencial presencial. É o caso dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), dos Centros de Referência Especializados em Assistência Social (CREAS) e Coordenação de Proteção Social e Cidadania, que seguem no atendimento ao público, observando as medidas de prevenção, conforme orientações das autoridades de saúde.

Nos 34 CRAS, nos 9 CREAS e nas 9 unidades de Coordenação de Proteção Social e Cidadania instalados em Belo Horizonte, o atendimento presencial está sendo realizado de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, e deve ser previamente agendado pelos telefones disponíveis no Portal da PBH. Na fase atual, serão executadas as ações ou atividades que compõem o trabalho social essencial dos serviços. As ofertas devem garantir ações imediatas para proteção social de famílias e indivíduos, de forma presencial.

As unidades passaram por adequações físicas para garantir a segurança de trabalhadores e usuários nos atendimentos. Foram instalados dispensers de álcool em gel, sabonete líquido e papel toalha, dentre outras providências necessárias visando prevenção da propagação da Covid-19. Em todos os Centros a sinalização de distância de segurança entre os usuários foi reforçada, seguindo as orientações das autoridades de saúde, além do isolamento de cadeiras para espera, organização das salas de atendimento com distância de segurança entre o técnico e o usuário.

 

CRAS

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é uma unidade pública da política de assistência social, integrante do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e é considerado a porta de entrada para outras políticas públicas. Estão localizados em áreas com altos índices de vulnerabilidades e risco social e pessoal. Belo Horizonte conta hoje com 34 unidades e cada uma delas referencia 5 mil famílias e atende, em média, 1 mil famílias por ano. Na capital mineira são mais de 150 mil pessoas atendidas nas nove regionais de Belo Horizonte.

 

CREAS

O CREAS é uma unidade pública, integrante do SUAS, que oferta apoio e acompanhamento individualizado e especializado às famílias e indivíduos em situação de risco social e pessoal ou que tiveram seus direitos violados.Belo Horizonte conta com nove Centros de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), sendo um em cada regional.
 

Coordenação de Proteção Social e Cidadania

Belo Horizonte conta com nove Coordenações de Proteção Social e Cidadania, instaladas nas regionais. Nestas, são ofertadas o Serviço de Proteção Social Básica Regional; Serviço de Proteção Social Para Pessoas com Deficiência no Domicílio; Transferência de Renda; e o Cadastro Único para programas sociais.