Pular para o conteúdo principal

Enfermeira mede a pressão de paciente em laboratório do SUS
Foto: Divulgação/PBH

SUS é tema discutido da 14ª Conferência Municipal de Saúde

07/06/2017 | 18:59 | atualizado em 20/06/2017 | 13:05

A 14ª Conferência Municipal de Saúde começa amanhã, quinta-feira, 8 de junho, e tem como lema: "SUS: nenhum direito a menos". A partir desse evento, serão eleitas propostas para o Plano Municipal de Saúde 2018-2021. A Conferência é realizada pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Belo Horizonte, com o apoio da PBH, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), que viabilizou financeiramente essa iniciativa de forma a garantir a participação popular no controle social do Sistema Único de Saúde. A Conferência acontece no Minascentro, até o dia 10 de junho. 


O evento tem início às 9h e a abertura conta com a presença do Secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto; do presidente do Conselho Municipal de Saúde, Bruno Abreu Gomes; do presidente do Conselho Nacional de Saúde, Ronald Ferreira dos Santos; e da vice-presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Eli Iola Gurgel Andrade. 


Entre os debatedores estarão presentes a promotora de Justiça em Defesa da Saúde do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Josely Ponte Ramos; e a representante do Sindibel, Andréa Hermógenes Martins.


Durante os três dias, serão debatidos os principais desafios que a capital enfrenta na área da Saúde, para a elaboração do Plano Municipal de Saúde 2018-2021. A expectativa é de que 1.500 pessoas participem do evento, dentre representantes dos usuários, trabalhadores da saúde e gestores do SUS eleitos nas conferências distritais.