Pular para o conteúdo principal

Sete servidores atentos à palestra da nutricionista.
Foto: Carlos Alberto Carli/PBH

Programa Movimenta PBH propõe vida mais saudável ao servidor

23/02/2018 | 17:37 | atualizado em 05/03/2018 | 09:07

Com o objetivo de auxiliar  servidores da PBH na construção de escolhas mais saudáveis e conscientes, a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (SMPOG) deu início no fim de janeiro ao projeto Vida Saudável. A ação integra as atividades do programa de valorização do servidor “Movimenta PBH” e consiste na realização de encontros entre servidores, sob orientação de nutricionistas e supervisão de profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania (SMASAC).

 

As inscrições para participar dos encontros foram feitas por meio de um formulário Google, disponível em convite enviado, por e-mail, aos servidores do Município. Nesse formulário, os interessados escolhiam um dos 18 endereços disponíveis e optavam pelo turno de preferência.

 

Cada fase é composta por seis grupos de trabalho, de 30 servidores cada. Ao todo, eles se reunirão seis vezes, com intervalos quinzenais,  para trocar vivências e receber dicas sobre nutrição e hábitos saudáveis. As datas previstas para realização das fases são: Fase I – janeiro a abril de 2018; Fase II – fevereiro a maio de 2018 e Fase III - abril a julho de 2018. Os eventos são gratuitos e realizados em prédios da PBH.

 

A gerente de Gestão do Desenvolvimento, Ligia Rache, explica que a iniciativa surgiu após um diagnóstico obtido por outro projeto do Movimenta PBH, o Stand da Saúde, que percorreu 28 unidades administrativas da PBH e atendeu 1.949 servidores avaliando a saúde dos servidores. “Na pesquisa, constatamos que mais de 40% das pessoas pesquisadas, em quase 70% dos locais visitados pelos stands, apresentaram problemas de saúde relacionados a hábitos alimentares inadequados, como circunferência abdominal acima do ideal, população acima do peso, sedentarismo e pressão arterial elevada”.

 

Uma das profissionais envolvidas no projeto, a nutricionista da Unimed Ana Paula Lourenço Barbosa, conta que, na primeira fase, cada grupo se reunirá seis vezes até o mês de abril. “Vão ser quatro encontros teóricos e dois práticos, com temas diferentes. Na aula inaugural falamos sobre alimentação consciente, tratando da diferença entre fome e vontade de comer; da importância do café da manhã; de alimentos processados; e da questão da higiene e manipulação dos alimentos”, explica a nutricionista. Os próximos encontros tratarão sobre os piores alimentos para saúde, o benefício das frutas (prático), como fazer melhor escolha no supermercado, grupos alimentares na medida certa e receita de lanche saudável (prático).

 

Ricardo Navarro é servidor da Belotur e gostou muito da proposta. “Eu tive problema de diverticulite  e com  isto fui obrigado a mudar minha alimentação. Tive que parar de fumar e engordei um pouco após largar o cigarro. As dicas da nutricionista estão sendo excelentes para quem precisa ter uma alimentação mais saudável. Essa é uma iniciativa louvável. Um funcionário saudável vai estar mais feliz e produzirá muito mais em seu trabalho”, destaca Ricardo.

 

A SMPOG estudará a possibilidade da abertura de novas vagas para o segundo semestre de 2018 e, caso seja possível, divulgará os procedimentos para a inscrição dos servidores interessados.