Pular para o conteúdo principal

Informativo sobre o Coronavírus em Belo Horizonte
Foto: Arte PBH

Programa da Prefeitura receberá R$ 30 mil do Fundo da Criança e do Adolescente

27/05/2020 | 17:01 | atualizado em 04/06/2020 | 18:33

O Programa Família Acolhedora, da Prefeitura de Belo Horizonte, receberá R$ 30 mil reais do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente para financiar ações emergenciais na prevenção da contaminação pelo Coronavírus nesse público.

O repasse será efetivado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania. A destinação de recursos considerou a situação de emergência em saúde pública e a necessidade de ações para conter a propagação do vírus, bem como de preservar a saúde da população infantojuvenil do município de Belo Horizonte contra a pandemia da Covid-19.

O valor será utilizado para a aquisição de materiais de higiene, limpeza e equipamentos de proteção individual, e contratação de pessoal para substituições temporárias de trabalhadores classificados como grupo de risco ou infectados pela Covid-19.

O repasse é parte da ação de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças, adolescentes e suas famílias, com foco no acolhimento. Além do recurso destinado para o Programa Família Acolhedora, o Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes também aprovou o repasse de R$ 1,44 milhão para as Unidades de Acolhimento Institucional do município.