Pular para o conteúdo principal

Oito idosos, cada um sentado em frente ao computador, acompanhados por monitor, em sala.
Foto: Divulgação PBH

Primeira turma de Informática Básica para Idosos conclui curso

27/11/2019 | 17:56 | atualizado em 01/12/2019 | 20:22

Os oitos alunos da primeira turma de informática básica para idosos concluíram o curso, promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, na terça-feira, dia 26 de novembro. Realizado em parceria com o Movimento Gentileza Digital e a Prodabel, o curso teve duração de 60 horas e abordou tudo o que compõe um computador, passando pela digitação e envio de e-mails. 

 

Os idosos mostraram que não tem idade para quem entrar no mundo da informática. E adaptaram a linguagem da tecnologia à deles. Um exemplo disso é que, ao se referirem à digitação, eles diziam: “vou bater aqui”.  “Daqui a pouco te mando uma mensagem” era a maneira como anunciavam o envio de um e-mail. Desse modo eles conseguiam assimilar melhor as palavras que, para eles, pareciam difíceis.

 

A mais animada da turma era Leni Luiza de Freitas, que aos 79 anos decidiu se adaptar ao mundo da computação. “Eu via meus filhos e netos interagindo bem com o computador. Quando surgiu a oportunidade de fazer o curso, não pensei duas vezes. Hoje eu sei mandar e-mail, eu consigo ligar o computador sozinha, sem contar que o professor me ensinou a usar o celular novo que ganhei. Agora eu tiro foto e mando mensagem”, comentou.

 

Em sua primeira turma como monitor, Dáliton Ribeiro de Araújo teve o desafio de apresentar o mundo da tecnologia aos idosos. “Eu acredito que eles estão saindo daqui se sentindo importantes. Em cada passo, eles se sentiam mais incluídos. É muito gratificante ver o caminho trilhado por eles”, afirmou.

 

 

Gentileza Digital

O projeto Gentileza Digital é desenvolvido desde 2018 pelo Movimento Gentileza, idealizado e coordenado pela voluntária social e primeira-dama de Belo Horizonte, Ana Laender. Atualmente, o projeto oferece aulas de informática básica aos residentes das 28 Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) de Belo Horizonte e para os idosos frequentadores de quatro centros culturais de Belo Horizonte.

 

Ao todo, são beneficiados mais de 300 idosos, que dispõem de teclados e mouses adaptados, além de um software e metodologia exclusivos, desenvolvidos pela Prodabel em parceria com o Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus. As demais turmas inseridas no Projeto Gentileza Digital terminarão o curso em dezembro.


Últimas Notícias

Agentes da Defesa Civil em atendimento na Vila Biquinhas Prefeitura atende 474 chamados em razão das chuvas nas últimas 36 horas

Assim como no dia anterior, moradores do Barreiro foram os que mais acionaram a Defesa Civil, totalizando 53 chamados nesta sexta-feira.

24/01/2020 | 19:10
Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, o procurador-geral de Justiça Antônio Sérgio Tonet e o prefeito Alexandre Kalil Ministra Cármen Lúcia visita gabinete do prefeito no COP

O encontro foi realizado no Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH), para onde o prefeito transferiu seu gabinete.

24/01/2020 | 14:23