Pular para o conteúdo principal

Fachada da PBH
Rodrigo Clemente/PBH

Prefeitura retoma pagamento do Auxílio Belo Horizonte a mais de 75 mil famílias

criado em 07/11/2022 - atualizado em 07/11/2022 | 15:21

A Prefeitura de Belo Horizonte retomou nesta segunda-feira (7) o pagamento do benefício a 75.427 famílias em situação de pobreza e extrema pobreza na capital. Os valores já estão disponíveis pelo aplicativo Caixa Tem e para saque em agências da Caixa, conforme cronograma divulgado no site do Auxílio.

 

Serão R$ 800 (duas parcelas de R$ 400) para famílias em situação de extrema pobreza e R$ 400 (duas parcelas de R$ 200) para aquelas em situação de pobreza. O próximo pagamento será no dia 15 de dezembro, concluindo o ciclo de concessão do benefício que foi criado em 2021 com o objetivo de apoiar financeiramente famílias vulneráveis da cidade no contexto da pandemia de covid-19.

 

Iris Cristina Coura Alvez, moradora da Regional Norte da capital, é usuária do Serviço de Proteção Social Básica e beneficiária do Auxílio Belo Horizonte. Ela conta que, no momento de retomada, após a pandemia, o benefício foi muito importante para garantir itens básicos para ela e o filho. “Pouco antes do início da pandemia fiquei desempregada. Antes do Auxílio Belo Horizonte eu já recebia as cestas básicas da PBH, que já ajudavam muito, mas com o Auxílio da Prefeitura pude me organizar melhor. Com o dinheiro do benefício eu consigo adaptar as compras de acordo com as necessidades da minha casa”.

 

Todas as famílias beneficiárias estavam cadastradas, fizeram a solicitação de pagamento até 31 de março e já receberam parcelas anteriores do Programa. Com o adicional para as 75,4 mil famílias, os valores totais de recursos recebidos em 2021 e 2022, somados, serão de R$ 2,6 mil para as pessoas em situação de extrema pobreza e R$ 1,6 mil para aquelas em situação de pobreza – aproximadamente R$ 240 milhões.