Pular para o conteúdo principal

Alunos assistem a aula em curso para orientar servidores nos processos de contratação
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura realiza curso para orientar servidores nos processos de contratação

22/02/2019 | 19:52 | atualizado em 26/02/2019 | 10:43

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (SMPOG), promoveu na quinta-feira, dia 21, o encontro “Orientações Básicas de como Comprar”, voltado para servidores das áreas Financeira e de Recursos Humanos dos órgãos municipais. O objetivo foi apresentar boas práticas, trocar experiências e esclarecer dúvidas sobre o processo de compras para contratação de cursos e outras capacitações para o aperfeiçoamento contínuo dos agentes públicos.


De acordo com a gerente da Gestão do Desenvolvimento, Lígia Rache, o curso tem como foco as atividades relacionadas ao Plano Anual de Desenvolvimento do Servidor (PADS). “É uma maneira de alinhar a linguagem do financeiro com a de gestão de pessoas, subsidiando as gerências de maneira adequada para a contratação desse tipo de serviço”, destacou Lígia.


Ela explica que, por meio do PADS, são definidas as ações prioritárias de capacitação, considerando os resultados a serem alcançados por cada órgão em seus projetos estratégicos e estruturadores, e de qualificação, levando em conta as competências de cada setor e as necessidades de melhoria, modernização dos procedimentos e as necessidades comuns entre as áreas.


O evento contou com a participação do diretor de Planejamento, Gestão e Finanças da secretaria, Henrique Pimenta, que apresentou a metodologia utilizada na pasta e exemplos práticos para execução dos processos de compra dessa natureza. “Detalhamos as etapas do processo, o embasamento legal e a natureza da despesa a serem utilizados, bem como a dotação orçamentária indicada. Conhecer bem o processo minimiza retrabalhos e otimiza tempo e recursos”, explicou.


Amaro da Silva Junior, gerente de Gestão Orçamentária da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento, também marcou presença no encontro. Ele destacou os tópicos relacionados à gestão orçamentária e ao provisionamento de recursos destinado ao PADS. “Nesse planejamento, os recursos estão centralizados e já possuem destinação carimbada. Apenas aportamos a verba na hora certa, no momento da execução orçamentária, para que vocês possam empenhar e executar”, explicou Amaro.


Walkiria Monteira é analista de Recurso Humanos da BHTrans e diz que, mesmo estando na rotina de trabalho dos processos de compra, é sempre relevante a realização de encontros para trocas de experiências. “O curso foi muito positivo para nos auxiliar na simplificação e na padronização de nossas tarefas. Apresentações feitas com muita clareza”, declarou a analista.


Carina Martins, coordenadora de Recursos Humanos da Secretaria de Segurança e Prevenção, acaba de assumir o setor e diz que o evento ocorreu em boa hora. “Tenho muitas dúvidas em relação ao processo desse tipo de compra e o passo a passo apresentado esclareceu vários pontos”, relatou a coordenadora.


Plano Anual de Desenvolvimento do Servidor


Em 2018, mais de mil servidores participaram de 41 cursos promovidos com base nas demandas levantadas no Plano Anual de Desenvolvimento do Servidor. Para 2019, Ligia conta que estão previstos cerca de R$ 350 mil para o programa, coordenado pela Subsecretaria Municipal de Gestão de Pessoas, vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento. “Enviaremos, em breve, orientações para que cada órgão da Prefeitura preencha o formulário do PADS 2019, indicando suas demandas”, informou a gerente.


“Encontros como os de hoje são importantes para reforçar a importância de um planejamento real e exequível, de acordo com nossa realidade financeira. A montagem do PADS deve estar baseada na coerência, seguindo uma ordem de prioridades de acordo com a demanda do órgão”, completou Lígia.