Pular para o conteúdo principal

Fachada da Prefeitura de BH em dia nublado.
Foto: Stenio Lima/PBH

Prefeitura participa da Hora do Planeta e mantém luzes apagadas no dia 30/3

29/03/2019 | 19:45 | atualizado em 01/04/2019 | 20:26

As luzes do edifício sede da Prefeitura de Belo Horizonte (avenida Afonso Pena), a Praça Sete e a Praça do Papa serão desligadas no sábado, dia 30, entre 20h30 e 21h30. O ato simbólico faz parte das ações da Hora do Planeta, globalmente conhecido como Earth Hour, e idealizado pela Organização Não Governamental World Wide Fun for Nature - Brasil. O movimento convida pessoas, empresas, comunidades e governo a mostrar sua preocupação com o aquecimento global e a demonstrar seu compromisso com o enfrentamento às mudanças climáticas 

 

“Nos tempos atuais devemos repensar nossa relação com o planeta, pensando na preservação dos patrimônios naturais e manutenção da vida para as gerações futuras. Participar de campanhas como a Hora do Planeta nos sensibiliza para a necessidade de construir um bem viver para todos, numa sociedade mais consciente e preocupada com valorização do meio ambiente”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck.

 

BH como referência

Belo Horizonte tem sido destaque nacional e internacional na implementação de ações voltadas para o enfrentamento do aquecimento global e mudanças climáticas. As ações envolvem o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil, visando a construção de uma cidade mais sustentável e resiliente.

 

Além da produção de inventários de emissões de gases do efeito estufa, da elaboração de planos de redução das emissões e execução de estudos de vulnerabilidade climática no município e incentivo a ações de baixo carbono, BH tem participado de campanhas de comunicação e divulgação das questões climáticas.

 

As ações da Prefeitura têm sido pautadas no desenvolvimento sustentável da cidade. Recentemente, o Conselho Municipal de Meio Ambiente aprovou o projeto de instalação de uma usina de energia fotovoltaica no Parque das Mangabeiras. Além disso, convém destacar medidas como a substituição da iluminação pública por lâmpadas de LED, a implementação de sistemas agroflorestais e a proposição de um Plano Diretor que dialogue com os objetivos do desenvolvimento sustentável para pensar a ocupação urbana.


Últimas Notícias

Equipe de Vôlei sem Limites, acompanhada de dois membros da equipe técnica, em quadra poliesportiva. Equipe de vôlei composta por pessoas com deficiência disputa Campeonato

Campeonato Brasileiro será disputado, em São Paulo, por equipe de vôlei composta por pessoas com deficiência, com apoio da Prefeitura. 

17/09/2019 | 20:22
Jovem pinta favela em módulos quadrados no chão. PBH contribui com formação de jovens de áreas vulneráveis

Educação, arte e cultura fazem parte da formação de jovens moradores de áreas vulneráveis, por meio do Projovem. 

17/09/2019 | 19:05