Pular para o conteúdo principal

Fachada da Prefeitura de BH em dia nublado.
Foto: Stenio Lima/PBH

Prefeitura participa da Hora do Planeta e mantém luzes apagadas no dia 30/3

29/03/2019 | 19:45 | atualizado em 01/04/2019 | 20:26

As luzes do edifício sede da Prefeitura de Belo Horizonte (avenida Afonso Pena), a Praça Sete e a Praça do Papa serão desligadas no sábado, dia 30, entre 20h30 e 21h30. O ato simbólico faz parte das ações da Hora do Planeta, globalmente conhecido como Earth Hour, e idealizado pela Organização Não Governamental World Wide Fun for Nature - Brasil. O movimento convida pessoas, empresas, comunidades e governo a mostrar sua preocupação com o aquecimento global e a demonstrar seu compromisso com o enfrentamento às mudanças climáticas 

 

“Nos tempos atuais devemos repensar nossa relação com o planeta, pensando na preservação dos patrimônios naturais e manutenção da vida para as gerações futuras. Participar de campanhas como a Hora do Planeta nos sensibiliza para a necessidade de construir um bem viver para todos, numa sociedade mais consciente e preocupada com valorização do meio ambiente”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck.

 

BH como referência

Belo Horizonte tem sido destaque nacional e internacional na implementação de ações voltadas para o enfrentamento do aquecimento global e mudanças climáticas. As ações envolvem o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil, visando a construção de uma cidade mais sustentável e resiliente.

 

Além da produção de inventários de emissões de gases do efeito estufa, da elaboração de planos de redução das emissões e execução de estudos de vulnerabilidade climática no município e incentivo a ações de baixo carbono, BH tem participado de campanhas de comunicação e divulgação das questões climáticas.

 

As ações da Prefeitura têm sido pautadas no desenvolvimento sustentável da cidade. Recentemente, o Conselho Municipal de Meio Ambiente aprovou o projeto de instalação de uma usina de energia fotovoltaica no Parque das Mangabeiras. Além disso, convém destacar medidas como a substituição da iluminação pública por lâmpadas de LED, a implementação de sistemas agroflorestais e a proposição de um Plano Diretor que dialogue com os objetivos do desenvolvimento sustentável para pensar a ocupação urbana.

Ouça este conteúdo

Últimas Notícias

Prato vencedor denominado Trio Ternura, da Faculdade Promove, com três bolinhos de mandioquinha recheados com carne de lata e catupiry, com frango e catupiry e com queijo cremoso. Acompanha molho picante. Belotur apresenta os vencedores do 2º Concurso Prato Junino

A competição foi realizada em parceria com a Abrasel-MG, a Frente da Gastronomia Mineira e quatro faculdades de gastronomia. 

17/06/2019 | 20:34
Mais de quarenta pessoas em fila do Teatro Marília, à noite Prefeitura de Belo Horizonte retoma projeto “Terça da Dança” no Teatro Marília

O projeto será realizado todas as terças de junho e julho, oferecendo espetáculos, intervenções e instalações artísticas de dança.

17/06/2019 | 18:57