Pular para o conteúdo principal

Dois técnicos da Urbel mostram material informativo à moradora.
Foto: Divulgação PBH

Prefeitura de Belo Horizonte reforça ações de prevenção para período chuvoso

03/09/2019 | 16:59 | atualizado em 03/09/2019 | 16:59

A Prefeitura, por meio da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), atua permanentemente para diagnosticar, prevenir e minimizar as situações de risco no período chuvoso. O fortalecimento do Programa Estrutural em Áreas de Risco é uma das ferramentas desse trabalho, reforçado pela parceria com os Núcleos de Defesa Civil e os Núcleos de Alerta de Chuva, que estão sendo ampliados, e a capacitação de 981 voluntários para a atuação nas épocas de chuva mais intensa.

 

Ao longo do ano, as equipes da Urbel, que são compostas por técnicos sociais, engenheiros e geólogos, capacitaram voluntários, que visitaram áreas de risco, obras realizadas pelo Programa Estrutural em Áreas de Risco, receberam materiais informativos e orientações. Além disso, está sendo feita uma mobilização nas vilas para o treinamento sobre prevenção e socorro em situações de risco, que acontecerá no dia 28 de setembro. Na ocasião, os integrantes terão a oportunidade de participar de oficinas de módulo básico e avançado de lançamento de cordas, nós e amarrações, primeiros socorros, veículos em enchentes e outras atividades.

 

Técnicos e voluntários têm se empenhado, ainda, em ampliar o número de núcleos e conquistar mais integrantes para os já existentes. Os Núcleos de Defesa Civil e de Alerta de Chuva são compostos por moradores e pessoas que trabalham em áreas de risco, alagamento e inundação, e têm o papel de alertar, monitorar e orientar as famílias, participando de vistorias, indicando obras, multiplicando informações e auxiliando em situações de emergência.

 

 

Resultados positivos

Aleano Barbosa, 67, morador do Aglomerado da Serra, é integrante dos dois núcleos desde o início e se tornou referência no local. "Acompanhei todo o processo de indicação e execução de obras de risco aqui, orientei muitas famílias e ajudei várias pessoas em situações de risco. Eu acredito que o Programa Estrutural em Áreas de Risco é o que mais salvou vidas em Belo Horizonte. Precisamos fortalecê-lo com o crescimento e a renovação dos integrantes dos núcleos. Temos que continuar atuantes e ao mesmo tempo repassar o nosso conhecimento para uma nova geração", disse.

 

Morador do Conjunto Paulo VI, João Batista Coleta, 62, é outro voluntário antigo. Para ele, essa ampliação e fortalecimento dos núcleos são fundamentais para que o programacontinue apresentando resultados positivos. "Tenho muito orgulho do nosso trabalho e desse programa que tem um valor infinito. No Paulo VI, conseguimos eliminar  as áreas de risco alto e muito alto, mas não podemos nos acomodar. Precisamos da participação de mais e mais voluntários aprendendo e ajudando a salvar vidas", considerou.

 

A supervisora de Gestão Comunitária da Urbel, Alice Uzêda, explica que o voluntariado é fluido, pois funciona de forma aberta, com os integrantes se aproximando e se afastando de acordo com sua disponibilidade. "Essas pessoas são fundamentais para efetivar uma rede de preparação e proteção nas áreas de risco geológico e hidrológico, com atuação direta na prevenção de acidentes, alertando vizinhos e comunidade. Quanto maior o número de pessoas informadas, maior a chance de sucesso do trabalho preventivo. É por este motivo que reconhecemos e valorizamos o trabalho de todos os voluntários", assinalou.

 

Hoje estão atuantes 52 Núcleos de Defesa Civil, formados por 463 pessoas, e 44 Núcleos de Alerta e Chuva, com um total de 518 membros. Nos últimos três anos, a Prefeitura conseguiu ampliar essa parceria com a criação dos novos Núcleos de Defesa Civil Engenho Nogueira, Jardim Getsêmani, Novo Lajedo, Sustenido, ocupação São Lucas, Dandara e Maria Tereza. Também serão formados, ainda em 2019, o Montes Claros, Beira Linha e Isidora, além dos Núcleos de Alerta de Chuva Minas Caixa e Barão Homem de Melo.

 

 

03/09/2019. Ações desenvolvidas pela Urbel em áreas de risco. Fotos: Divulgação/PBH


Últimas Notícias

Mulher empurra cadeira de rodas com criança; ao lado, atrás, casal passeia em avenida; à esquerda, balão inflável com os dizeres: "BH é da Gente". BH é da Gente tem recreações e Papai Noel no domingo, dia 8/12

Papai Noel receberá a criançada para tirar fotos e receber cartas nas unidades Silva Lobo, das 9h às 10h30, e Savassi, das 11h às 12h30.

05/12/2019 | 17:42
Mapa da orla da Lagoa da Pampulha com o trajeto da XXI Volta Internacional da Pampulha Operação de trânsito e transporte para a Volta da Pampulha, neste domingo, 8/12

O percurso da corrida abrangerá a orla da Pampulha. A concentração será na av. Antônio Abrahão Caram com av. Cel. Oscar Paschoal.

03/12/2019 | 15:40