Pular para o conteúdo principal

Prefeito Alexandre Kalil com quatro idosos e três auxiliares.
Foto: Amira Hissa/PBH

Prefeito Alexandre Kalil visita Lar dos Idosos São José, no bairro Olhos D´água

28/03/2018 | 19:33 | atualizado em 12/06/2018 | 17:46

O Lar dos Idosos São José, localizado no bairro Olhos D´água, recebeu, nesta quarta-feira, dia 28, intervenções artísticas promovidas pelo Movimento Gentileza. A ação contou com a participação de nomes importantes do grafite e muralismo do país, celebrando o Dia Nacional do Grafite, comemorado no dia 27 de março, e foi acompanhada pelo prefeito Alexandre Kalil.

 

As instituições conveniadas com a Prefeitura estão recebendo, também, o apoio da administração municipal para obras de reforma. O prefeito destacou a importância dessas iniciativas. “É um pessoal que não vota, então como não há voto, não há ajuda. Nós priorizamos esse movimento das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) porque essa gente é que fez essa cidade. Já reformamos o mobiliário das 28 ILPI’s por doação e vamos continuar com esse trabalho de ajuda dentro do nosso orçamento, para cuidar dessas pessoas tão esquecidas e tão abandonadas”, ressaltou.

 

 

Murais móveis

O Lar São José foi renovado com as intervenções dos artistas Nilo Zack, Fernando Perdigão, João Marcelo (Goma), Scalabrini Kaos e Ataíde Miranda, que pintaram murais móveis que vão circular por toda a instituição. Essa ação será realizada também nas outras 27 ILPI´s que estão recebendo as requalificações com apoio do Movimento Gentileza.

 

Atualmente o Lar São José atende 70 idosos e tem como meta atender 120 até o final do ano. De acordo com o diretor do Lar, Mário Cenni, dentro das medidas de revitalização viabilizadas pelo Movimento Gentileza, a instituição planeja também revigorar os jardins, a horta e viveiros com animais de estimação.

 

 “O Movimento Gentileza é um pontapé inicial para mudanças e queremos dar ao Lar uma conotação de conforto, de se sentir em casa. Estamos buscando, com essa parceria junto à Prefeitura, viabilizar essa humanização tanto para os nossos idosos quanto para os nossos funcionários”, afirmou.

 

 

Acolhimento Institucional para Idosos

O acolhimento para idosos se destina a usuários com 60 anos ou mais, de ambos os sexos, independentes ou com algum grau de dependência. Está previsto para idosos que não dispõem de condições para permanecer com a família, com vivência de situações de violência e negligência, em situação de abandono e/ou com vínculos familiares fragilizados ou rompidos.

 

São credenciadas pela Prefeitura 24 ILPIs, uma República (atende a idosos que são independentes de cuidadores) e uma Casa-Lar (atende a um público bastante reduzido e independente).

 

Aproximadamente 900 pessoas são atendidas e contam com os serviços de abrigamento, atendimento psicossocial e alimentação, além de atendimentos nas unidades de saúde da PBH.

 

Em 2017, o orçamento previsto para o atendimento dessas instituições foi de R$ 15,9 milhões. Em outubro de 2017, a Prefeitura anunciou um reajuste nos valores per capita repassados para as ILPIs que variou de 6% a 20%, de acordo com o grau de dependência do idoso.