Pular para o conteúdo principal

Pátio infantil e parquinho de escola recém-reformados
Foto: Thais Dutra/PBH

Plano de Obras da Educação beneficia oitenta instituições na regional Oeste

17/10/2018 | 16:44 | atualizado em 11/12/2018 | 18:50
Requalificação da infraestrutura e incentivo à participação. As intervenções realizadas pelo Plano de Obras da Educação na Escola Municipal Oswaldo Cruz, na regional Oeste, estão garantindo, ao mesmo tempo, a recuperação de uma estrutura antiga – é a primeira vez que a unidade, fundada em 1972, passa por uma reforma – e a incorporação das demandas apresentadas pelos alunos no Orçamento Participativo da Criança e do Adolescente (OPCA). São mais de R$ 220 mil investidos em adequações escolhidas de forma conjunta pela comunidade escolar. 

A escola é um das 80 instituições beneficiadas na regional, entre Escolas Municipais de Ensino Fundamental, de Educação Infantil e creches parceiras, com investimentos superiores a R$ 1,4 milhão. A ação fez muita diferença e trouxe benefícios para todos, assinala a diretora Josina Martins da Silva. “A escola é antiga, o prédio está desgastado, os espaços estão precisando de muitas adequações”, afirma. 

As obras foram iniciadas em julho deste ano e por meio do OPCA os alunos puderam, por exemplo, conquistar, em uma eleição, a construção de um espaço esportivo. O local terá mesas para jogos de tabuleiros, de ping-pong, piso e grama. Já a direção da escola listou as obras prioritárias dentro de cada setor: acessibilidade, adequações para a Escola Integrada, para a Educação Infantil e para a biblioteca, entre outras.

Mesmo com toda a agitação natural do dia a dia da escola, a diretora relata que foi possível realocar as atividades e manter a rotina escolar, adaptações que estão valendo a pena, afirma. “A comunidade está sendo valorizados, todos se sentem contemplados e lembrados”, considera. A previsão de conclusão é novembro deste ano. 
 

Instituições Parceiras 

A Prefeitura também repassou recursos a 25 instituições conveniadas da regional Oeste para a realização das revitalizações. Uma delas é a creche Grupo de Apoio a Criança e ao Adolescente da Cabana e Região, localizada no bairro Jardim América, que atualmente atende 237 crianças. As intervenções começaram também em julho, com previsão de conclusão em novembro e, assim como a Escola Municipal Oswaldo Cruz, a creche não era reformada desde sua construção, há 20 anos. 

De acordo com a coordenadora administrativa da instituição, Ednéia Silva Paulino, a reforma prioritária foi na área de alimentação. ”Nosso refeitório era bem pequeno, nós ampliamos para as crianças terem uma mobilidade melhor no momento das refeições. A cozinha também foi revitalizada, pois estava precisando de uma reforma nas cerâmicas e azulejos”, relata. 

Além desses espaços, todo o piso da creche está sendo trocado, e os banheiros e salas de aula também já estão sendo reformados. Segundo Ednéia, para evitar prejuízo às atividades, as obras são realizadas nos finais de semana e de segunda a sexta após as 17h, depois do encerramento das aulas. 

A coordenadora ressalta que a transformação do espaço, que se tornou mais acolhedor, empolga toda a comunidade. “As famílias se sentem mais tranquilas em deixar as crianças aqui e nós ficamos mais felizes em estar trabalhando em um lugar onde tudo está organizado, o serviço rende muito mais. A comunidade tem percebido que está havendo uma valorização do espaço e que a Prefeitura está valorizando a educação, dando importância para o conforto e a qualidade do atendimento oferecido às crianças” enfatiza.
 

17/10/2018. Obras da Secretaria de Educação - Oeste. Fotos: PBH/Divulgação


Últimas Notícias

Fachada do Iate Tênis Clube, com Lagoa da Pampulha na frente, durante o dia. PBH defende a demolição do Anexo do Iate Tênis Clube para proteger o patrimônio

A Prefeitura de Belo Horizonte defende na Justiça a demolição do Anexo do Iate Tênis Clube para proteger patrimônio cultural da cidade.

18/11/2019 | 13:47
Arara-azul-de-lear em cima de um galho, durante o dia. Zoológico de BH participa de plano nacional de conservação da arara-azul-de-lear

Plano de Ação Nacional de conservação da arara-azul-de-lear inclui as seis aves do Jardim Zoológico de BH.

18/11/2019 | 11:42