Pular para o conteúdo principal

Quatro homens e uma mulher, com maquiagem de palhaço e roupas estilizadas, posam atrás de uma cartaz com os dizeres: Cia. Circunstância matreiramente apresenta
Foto: Lina Mintz

Peça com palhaços relembra histórias de Pedro Malasartes

17/05/2017 | 16:03 | atualizado em 30/05/2017 | 12:46

O Teatro Francisco Nunes (Avenida Afonso Pena s/nº – Parque Municipal) recebe neste domingo, dia 21 de maio, em duas apresentações, às 10h e às 16h, o espetáculo “De Mala às Artes”, da Cia Circunstância, com direção de Rodrigo Robleño. O espetáculo de palhaços é inspirado nas histórias de Pedro Malasartes, o astuto e justiceiro personagem, conhecido no mundo inteiro por zombar dos poderosos, dos muquiranas e dos presunçosos. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro por R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia). A bilheteria não aceita cartões.

 

As histórias do espetáculo têm origem em contos populares da Península Ibérica e ganharam o mundo. Os palhaços Alegria Também, Guimba, Bambulino, Repimboca e Tica-Tica do Fubá se divertem contando as traquinagens desse matuto personagem. Um espetáculo inspirado livre e matreiramente em pessoas e artistas que escreveram, poetizaram, cantaram, contaram, aumentaram um ponto, filmaram, e divulgaram a vida ou as muitas vidas de Pedro Malasartes.

 

A Companhia Circunstância é formada por artistas que têm em comum a entrega à “arte de palhaços” e seu repertório conta com espetáculos, intervenções e oficinas realizadas em Minas Gerais e em outros estados do Brasil. A Companhia sempre investiu em formas autônomas de manutenção e produção, mantendo parcerias com produtores, dialogando junto a redes colaborativas e apostando na arte de rua como foco importante de divulgação e sustentabilidade. Desde 2004, o grupo vem atuando em ruas, praças, eventos, por contrato ou conta própria. A trupe é formada pelos artistas Diogo Dias, Luciano Antinarelli, Evandro Heringer, Miguel Safe, Dagmar Bedê e Yuri Pinto.

 

Confira o vídeo de divulgação: