Pular para o conteúdo principal

Fachada do Centro Cultural Vila Santa Rita. As paredes são laranjas. Há um detalhe em vermelho na entrada
Foto: Glenio Campregher

PBH seleciona artistas para programa de residência

24/07/2018 | 19:04 | atualizado em 05/11/2018 | 15:11

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, em parceria com a Funarte e com o Iberescena – Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-americanas – abriu inscrições para o programa de residência artística “Zona de Vulnerabilidade”. O programa tem como objetivo o desenvolvimento de atividades artísticas sistemáticas, na área de artes cênicas/dança no Centro Cultural Vila Santa Rita, localizado no Barreiro, visando à melhoria e crescimento dos artistas locais em diálogo com artistas internacionais. As inscrições devem ser feitas até o dia 30 de julho, através do e-mail contato.ccvsr@pbh.gov.br. O regulamento completo está disponível no site do BH Faz Cultura.
 

A residência tem como proposta a produção de trabalhos experimentais de arte durante o segundo semestre de 2018, culminando com ações na XII Semana da Dança. Serão selecionadas quatro propostas de artistas da área de dança ou artes interdisciplinares dos países ibero-americanos, que integrem o programa Iberescena, para atuarem como orientadores-residentes na residência artística. Os orientadores deverão desenvolver proposta de pesquisa e investigação artística junto com os artistas e estudantes de dança locais.
 

Entre outros requisitos, o candidato deve ser criador de dança com atuação profissional nos países Ibero Americanos, e ter, no mínimo, duas obras dirigidas e apresentadas. O programa irá oferecer aos candidatos selecionados sala de ensaios, consultoria de produção e organização de apresentações informais públicas, passagens aéreas da cidade da capital do país de origem à cidade de Belo Horizonte/MG, hospedagem durante o período da residência, transporte local e alimentação durante o período da residência.

 

O Iberescena

O Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-americanas foi criado em novembro de 2006, tendo como base as decisões adotadas pela Cúpula Ibero-americana de chefes de Estado e Governo, celebrada em Montevidéu, Uruguai, relativas à execução de um programa de fomento, intercâmbio e integração das atividades de artes cênicas ibero-americanas. Por meio de seu edital, o Iberescena pretende promover os estados membros e, por meio de ajudas financeiras, criar um espaço de integração para as Artes Cênicas. Entre os seus principais objetivos estão a promoção de atividades de artes cênicas com linguagens inovadoras e novas expressões que dialoguem com a cena contemporânea, o fomento à distribuição, circulação e promoção de espetáculos ibero-americanos e o incentivo às coproduções de espetáculos entre produtores públicos e/ou privados da cena ibero-americana e promover a sua presença no espaço cênico internacional.