Pular para o conteúdo principal

PBH leva Biofábrica de Joaninhas à 5ª ExpoBH de Cactus e Suculentas
Foto: SMMA/Divulgação

PBH leva Biofábrica de Joaninhas à 5ª ExpoBH de Cactus e Suculentas

criado em 11/07/2022 - atualizado em 11/07/2022 | 12:49

A Prefeitura de Belo Horizonte marcou presença na 5ª Expô BH de Cactus e Suculentas, realizada no último fim de semana no Mercado Distrital de Santa Tereza. Além da visita do prefeito Fuad Noman, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente montou no local um estande da Biofábrica de Joaninhas e distribuiu mais de 500 kits de insetos aos visitantes, que puderam conhecer o projeto e saber mais sobre a utilização dos antiparasitas naturais em hortas e jardins.

 

Além disso, na sexta-feira (8), foi ministrada uma palestra especial sobre o controle das pragas por meio das joaninhas e a tecnologia sustentável que envolve o projeto. Também foi apresentado o case de sucesso da implantação da Biofábrica no município, os benefícios da prática no cultivo das plantações e maneiras de se multiplicar a atividade dentro de casa.

 

Em cada kit, foram distribuídas 10 larvas de joaninhas. Quando dispensados nas plantações, esses insetos contribuem para o equilíbrio ambiental, o desenvolvimento sustentável e a redução no consumo de agrotóxicos em hortas e jardins, uma vez que se alimentam de parasitas como o pulgão e a mosca-branca, combatendo de forma natural populações de organismos indesejáveis em pomares e arborizações.

 

De acordo com o diretor de Gestão Ambiental da SMMA, Dany Amaral, levar as joaninhas até o evento tem a importância de, além de apresentar os benefícios do controle sustentável de parasitas, falar da multiplicidade de soluções em diversos tipos de plantações: “Além da produção em hortas, as joaninhas podem ajudar no paisagismo. Sendo a feira de cactus e suculentas um evento de plantas ornamentais, mostrar que essa iniciativa também pode ajudar no embelezamento das casas e de empreendimentos tem tudo a ver com a proposta. Aqui, a Biofábrica apresenta mais um serviço ecológico que pode ajudar tanto na produção de alimentos quanto nos projetos paisagísticos da nossa cidade", destacou.