Pular para o conteúdo principal

Fachada da Secretaria Municipal de Educação durante o dia.
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

PBH faz parceria com UFMG para formação continuada de professores municipais

22/06/2018 | 20:29 | atualizado em 05/11/2018 | 10:03

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) assinaram, na quinta-feira, dia 21 de junho, contrato para a realização de cursos de atualização e pós-graduação específicos para os professores da Rede Municipal de Educação. O documento foi assinado pela secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, e pela reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida.  

 

Com a assinatura do contrato, os profissionais da rede municipal de Educação terão acesso gratuito a várias modalidades de formação continuada, que vão desde cursos de atualização ao Mestrado Profissional, passando por congressos em diversas temáticas.  A proposta diversificada de formação está inserida no Programa de Desenvolvimento Profissional Docente que tem sido estudado pela Smed a partir do diálogo entre diversos segmentos da comunidade escolar.

 

De acordo com a secretária Ângela Dalben, a proposta visa a atender as demandas de formação continuada para toda a rede municipal de BH, da Educação Infantil à Educação de Jovens e Adultos. "Ao organizamos um Programa de Desenvolvimento Profissional para o professor da escola básica – e a universidade passa a ser responsável para desenvolver esse programa –, estabelecemos um processo de diálogo, de formação e de convergência de objetivos entre essas duas instâncias. Com essa parceria, a UFMG passa a ser um grande campo de possibilidades para formação e pesquisas que favorecerão a escola básica não só de Belo Horizonte, mas também do país. Todos se beneficiam e crescem com essa ação conjunta, que, com certeza, terá reflexos muito positivos na qualidade do ensino ofertado em nossa rede", revela a secretária.

 

O programa da Smed ofertará nove cursos de especialização, três cursos de atualização e sete grandes congressos de Educação em diversas áreas temáticas e com vários minicursos, além de um Mestrado Profissional, com vagas específicas para os servidores da rede municipal. Para a reitora Sandra Goulart, esse é um momento especial tanto para a rede municipal de Educação quanto para a UFMG. "Esse convênio faz com que a universidade contribua mais com a educação básica da nossa cidade, não somente para a produção de conhecimento, mas também no compartilhamento dessas experiências que são de grande relevância para toda a sociedade. Ganha a universidade e ganha também a educação básica do município com um projeto pensado especificamente para atender às necessidades dos professores da rede municipal”, avalia a reitora.

 

O secretário adjunto de Educação, Marcos Evangelista Alves, destaca os benefícios da parceria. "A proposta da Smed extrapola o objetivo de melhoria da aprendizagem e na carreira. Com a parceria, serão agregados novos saberes que contribuam para maior valorização do professor, não somente pela sua prática em sala de aula, mas como um profissional de relevância para sociedade, que sabe e reconhece a importância do seu papel. Com esse programa, a Smed incentiva os professores na busca de um crescimento constante em sua formação individual, ao mesmo tempo em que lhe confere o merecido reconhecimento enquanto servidores da rede municipal", argumenta Marcos Alves.

 

 

Parcerias

Para implementar a proposta de formação continuada para os servidores, a Smed retomou a parceria com o Programa de Pós-Graduação Especialização Formação de Educadores para a Educação Básica da Faculdade de Educação da UFMG (LASEB), que estava suspensa desde 2015, e firmou uma nova parceria (com o Centro Pedagógico da UFMG). Já os cursos de atualização serão ministrados pelo Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita (CEALE/FaE/UFMG) e o Mestrado Profissional será oferecido pelo Programa Promestre da FaE/UFMG.

 

A pró-reitora de extensão da UFMG, Cláudia Mayorga, afirma que a retomada de parceria fortalece a educação pública. "Historicamente foi se construindo um abismo entre educação básica e universidade. Vejo essa iniciativa como um passo importante para vencer esse abismo e muito oportuna para fortalecer a pauta da educação pública. E também uma oportunidade de colaborar com o que a UFMG tem de melhor em ensino, pesquisa e extensão com os professores em suas formações, nas suas atualizações, nos seus cursos de especialização e, ao mesmo tempo, trazer as experiências deles para a produção de novos saberes; É uma rica experiência, que possibilita discutirmos juntos os desafios da educação pública", comenta Cláudia.


 

Lançamento

O lançamento do Programa de Desenvolvimento Profissional Docente será na próxima terça-feira, dia 26 de junho, às 17h30, no Centro de Atividades Didáticas Ciências Naturais da Universidade Federal de Minas Gerais (CAD - 1). A apresentação do Programa será feita pela secretária municipal de Educação, professora Ângela Dalben, com a participação dos professores coordenadores Bernardo Jefferson e Nilma Soares (Promestre- FaE/UFMG), Tânia Margarida Lima Costa (Residência Docente CP-UFMG) e Vanessa Sena Tomaz (Laseb- FaE/UFMG).