Pular para o conteúdo principal

Arte feita pela Prefeitura
Foto: Arte/PBH

PBH amplia vacina para pessoas de 39 e 38 anos e anuncia segunda dose de 52 anos

21/07/2021 | 13:02 | atualizado em 21/07/2021 | 14:15

A Prefeitura de Belo Horizonte vai ampliar a vacinação contra a Covid-19 e ainda nesta semana poderão se vacinar as pessoas de 39 e 38 anos, completos até 31 de julho, exclusivamente residentes da capital. Também será antecipada a segunda dose da vacina Coronavac para o público de 52 anos. 

 

Confira a programação para os próximos dias: 

 

  • 22 de julho, quinta-feira:  pessoas de 39 anos, completos até dia 31 de julho, exclusivamente residentes de Belo Horizonte;
  • 23 de julho, sexta-feira: pessoas de 38 anos, completos até dia 31 de julho, exclusivamente residentes de Belo Horizonte;
  • 24 de julho, sábado: segunda dose para pessoas de 52 anos

 

No momento da vacinação, as pessoas das faixas etárias anteriormente citadas, precisam seguir as seguintes orientações: 

 

  • Ser cidadão residente de Belo Horizonte;
  • Apresentar documento de identificação com foto;
  • Não ter recebido vacina contra a Covid-19;
  • Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias;
  • Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias.

 

Já as pessoas de 52 anos, para a conclusão do esquema vacinal, devem apresentar o cartão com a aplicação da primeira dose, o comprovante de residência, documento de identidade e CPF. 

 

O horário de funcionamento, em dias úteis, dos postos fixos e extras será das 8h às 17h e os pontos de drive-thru das 8h às 16h30. Neste sábado, dia 24, exclusivamente, os postos fixos, extras e os pontos drive-thru funcionarão das 8h às 13h. 

 

As pessoas convocadas devem se vacinar nos locais listados para cada grupo. Os postos, que são específicos para cada público, estão disponíveis no portal da Prefeitura. Os usuários devem ficar atentos e sempre checar os locais antes de se deslocar aos endereços. 

 

Os locais são dinâmicos e passam por alterações diariamente por questões de logística para evitar aglomeração do público. Além disso, algumas pessoas procuram os pontos de vacinação em data posterior ao chamamento da Prefeitura, quando a disponibilização do imunizante para o público específico está mais concentrada em algumas unidades para evitar a perda de doses.