Pular para o conteúdo principal

Museu Casa Kubitschek
Foto: Ricardo Laf

Museu Casa Kubitschek celebra aniversário com programação especial

criado em 08/09/2022 - atualizado em 08/09/2022 | 16:05

A Prefeitura de Belo Horizonte promove neste sábado (10), a partir das 9h, uma programação especial para celebrar o aniversário de 9 anos de um dos mais importantes espaços culturais da cidade: o Museu Casa Kubitschek. Entre as atividades programadas estão visitas mediadas à casa modernista sede do museu, aos jardins e à exposição “Trama”, que reúne trabalhos de bordadeiras e objetos de design inspirados na Pampulha. Também haverá uma oficina de carimbaria botânica e a distribuição de mudas do jardim, além de mais uma edição do projeto “Caminhos Arquitetônicos”. Toda a programação é gratuita. As inscrições para as atividades podem ser feitas pelo e-mail educativos.ck@pbh.gov.br.

 

Inaugurado em 2013, o Museu Casa Kubitschek, gerido pela Secretaria Municipal de Cultura e pela Fundação Municipal de Cultura, tem como sede uma casa modernista projetada por Oscar Niemeyer (1907-2012) e construída em 1943 para ser residência de fim de semana de Juscelino Kubitschek. Marco da arquitetura moderna em Belo Horizonte, a casa é cercada por um exuberante jardim planejado pelo paisagista Roberto Burle Marx (1909-1994), em terreno de aproximadamente três mil metros quadrados. O imóvel é uma das obras-primas do Conjunto Moderno da Pampulha, reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, e tombado pelas instâncias do patrimônio municipal, estadual e federal.

 

O Museu Casa Kubitschek surgiu com a ideia de ampliar a experiência do visitante em relação aos modos de habitar dos anos 1940, 1950 e 1960, período singular para consolidação do pensamento modernista em Minas Gerais e suas manifestações na arquitetura, no urbanismo, no paisagismo e nas artes. “Desde a sua inauguração, o Museu tem investido na realização de ações que visam à promoção de experiências reflexivas e sensíveis no campo do paisagismo, da arquitetura residencial e do design modernos, além de fomentar pesquisas sobre a ocupação da Pampulha. Um pouco deste trabalho poderá ser visto e experimentado pelo público nesta programação especial de aniversário”, afirma Janaína Melo, diretora de Museus da Fundação Municipal de Cultura.

 

A presidente da Fundação Municipal de Cultura, Luciana Féres, celebra a programação de aniversário de nove anos do Museu Casa Kubitschek e destaca a importância deste bem cultural para a cidade e para o Conjunto Moderno da Pampulha. "Além de seu protagonismo histórico e cultural, em seu aniversário o Museu proporciona programação que compreende atividades como exposição, visitas guiadas, oficinas e distribuição de mudas, e que destaca as ações do setor educativo do museu. Uma delas, é a experiência do projeto Bordando Memórias, que reforça a relação afetiva criada entre o museu e o público, a partir de atividades contínuas que dialogam com a arte, o conhecimento e o contexto da Paisagem Cultural do Conjunto Moderno da Pampulha enquanto patrimônio cultural mundial”, explica.

 

A secretária Municipal de Cultura, Eliane Parreiras, destaca a importância do museu para a cidade."São quase três mil metros quadrados, que reúnem canteiros compostos por plantas com cores, texturas e formatos pensados pelo paisagista Burle Marx, e que se complementam e dialogam com a arquitetura única de Oscar Niemeyer. O Museu Casa Kubitschek é um relevante exemplar do Modernismo brasileiro e o trabalho educativo desenvolvido por ele é essencial para a formação do público sobre este importante movimento cultural no país", afirma.

 

Atrações

 

Um dos projetos que se destacam é o “Bordando Memórias”. Realizado desde 2017, ele oferece atividades de bordado com temáticas relacionadas ao acervo do Museu e ao Patrimônio Arquitetônico e Paisagístico do Conjunto Moderno da Pampulha. A cada ano, um tema diferente é escolhido e as participantes são convidadas a conversar, investigar e bordar sobre ele. Hoje, em sua quinta edição, o “Bordando Memórias” conta com mais de 80 bordadeiras. A produção gerada pelo projeto, desde 2017, pode ser vista na exposição atual do museu “Trama: processos educativos na Pampulha”, que reúne os projetos “Bordando Memórias” e “Lab Design”. A proposta é colocar em diálogo com a casa modernista bordados e protótipos de objetos de design inspirados no território Pampulha. Também integram a exposição dois vídeo-documentários que compartilham os processos criativos e as práticas educativas que vinculam os projetos à Pampulha e aos acervos da unidade museal.

 

Dentro da programação especial de aniversário do Museu Casa Kubitschek o público poderá conhecer também outros projetos do museu, como o “Caminhos Arquitetônicos”, que promove uma caminhada pela orla da Lagoa da Pampulha na qual o público é acompanhado pelos educadores do museu e estimulado a interpretar a paisagem da Pampulha, explorando aspectos das diversas camadas que compõem o território, tais como a história, a arquitetura, o paisagismo, a artes e a hidrografia. O projeto acontece todo segundo sábado do mês no trecho entre a Igreja de São Francisco de Assis e o Museu Casa Kubitschek.

 

Os jardins do museu também tiveram destaque na trajetória do MCK. Restaurados no período de 2013 a 2016, eles são entendidos como patrimônio, testemunho de uma época, revelador da sensibilidade do artista que o projetou e de aspectos do pensamento da sociedade que o criou. Entre 2017 e 2018, os jardins foram estudados e o inventário das espécies botânicas do museu foi publicado no formato de um catálogo ilustrado, cuja versão digital pode ser acessada na Biblioteca Virtual da Fundação Municipal de Cultura. A partir da pesquisa, muitas atividades surgiram, como a visita mediada aos jardins, a oficina de carimbaria botânica e a distribuição de mudas, ações que também integram a programação de aniversário.

 

Serviço

Museu Casa Kubitschek – 9 Anos

Dia 10 de setembro, sábado, das 9h às 17h

Inscrições nas atividades: educativos.ck@pbh.gov.br

Público: livre

Atividades gratuitas

Informações: 3277.1586

Museu Casa Kubitschek – Av. Otacílio Negrão de Lima, 4188 – Bandeirantes / Pampulha

 

Programação Completa

9h - Visita mediada à casa modernista

Nesta visita, conduzida pelo arquiteto e professor de História da Arte, Cândido Dutra de Moraes Filho, serão abordadas as características arquitetônicas da casa que abriga o Museu Casa Kubitschek - marco da arquitetura moderna residencial em Belo Horizonte.

 

10h - Visita mediada aos jardins

Os participantes serão convidados a percorrer os jardins do museu, explorando suas características botânicas, artísticas e históricas. Os jardins do museu foram projetados por Roberto Burle Marx, o maior paisagista moderno. Sua concepção plástica de grande liberdade e seu rigor botânico fizeram de sua obra um marco na história do paisagismo.

 

11h - Oficina de carimbaria botânica

Nesta oficina, os participantes terão a oportunidade de realizar composições com os carimbos das espécies botânicas dos jardins do Museu Casa Kubitschek, criando seu próprio jardim.

 

15h - Caminhos Arquitetônicos

Os participantes serão convidados a percorrer um pequeno trecho da orla da Lagoa da Pampulha, acompanhados pelas educadoras do Museu Casa Kubitschek, que estimularão o público a interpretar a paisagem da Pampulha, explorando aspectos das diversas camadas que compõem o território - história, arquitetura, paisagismo, artes, hidrografia etc.

 

16h - Visita mediada à exposição Trama

A exposição reúne os trabalhos das bordadeiras que participam do projeto “Bordando Memórias” e os protótipos de objetos de design criados no “Lab Design”, colocando a casa modernista que abriga o Museu Casa Kubitschek em diálogo com obras inspiradas no território Pampulha.

 

10h às 17h - Distribuição de mudas

Ao visitar o MCK, o público tem a oportunidade de levar para casa uma muda de planta confeccionada a partir do próprio jardim do museu, que conta com cerca de 80 espécies botânicas, em sua maioria, originárias de regiões tropicais.