Pular para o conteúdo principal

Secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, acompanhada de sete pessoas na mesa de abertura da IX Conferência Municipal de Educação.
Foto: Divulgação PBH

IX Conferência Municipal de Educação é realizada em Belo Horizonte

12/07/2019 | 22:14 | atualizado em 13/07/2019 | 09:54

Com o objetivo de avaliar execução das metas previstas no Plano Municipal de Educação e eleger, para o biênio 2019/2021, os membros do Conselho Municipal de Educação, está sendo realizada, até este sábado, dia 13, a IX Conferência Municipal de Educação. Participam da conferência, realizada no Centro de Atividades Didáticas 1 da Universidade Federal de Minas Gerais (rua Prof. Baeta Viana, s/n, Campus Pampulha), representantes das redes federal, estadual, municipal e particular, dos estudantes, dos pais de alunos e dos sindicatos da educação.

 

Durante a abertura do evento, realizada na quinta-feira, dia 11, a reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida, falou da satisfação em ter o campus da universidade como sede do evento. “É um orgulho para a instituição fazer parte desse momento da cidade. A UFMG tem o compromisso inarredável com a educação pública, de qualidade social, de referência para a nossa cidade, estado e país. É nesse espaço em que vamos pensar e construir o futuro”, disse.

 

A secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, salientou que a melhoria da educação é responsabilidade de todos. “Espero que os três dias dedicados à educação da cidade rendam frutos, que os dados disponibilizados sejam analisados com afinco e que os bons resultados sejam reconhecidos, levando-se em consideração as dificuldades ao longo do caminho. É preciso a contribuição de todos para seguir em busca de uma melhoria da educação da cidade”, afirmou.

 

 

União de forças

Para a diretora adjunta de graduação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet- MG), Ludmila de Vasconcelos Machado, a Conferência é o local também para a troca de experiências entre instituições. “Quando estamos juntos temos a oportunidade de pensar outras questões que vão além dos muros das nossas instituições e esse movimento fortalece a educação”, disse. 

 

O objetivo da Conferência, como assinalou a presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais, Zuleica Reis Ávila, é unir forças. Segundo Zuleica, as escolas particulares estão presentes no evento para contribuir nessa educação que é para todos. “As nossas crianças, que estudam nas escolas particulares, também transitam pela escola pública. Então, a gente não vê sentido em uma separação. Nós vamos continuar juntos. Contribuindo no que for possível”, garantiu.

 

A cooperação é, também para a presidente do Conselho Municipal de Educação, Adriana Nogueira, o intuito dos trabalhos da conferência. “Desejo que a conferência seja o espaço para fortalecimento da luta para uma educação transformadora para todos. E que isso ocorra com todos juntos porque unidos somos mais fortes”, considerou.


Últimas Notícias

Duas crianças estão de pé, segurando suas bicicletas, acompanhadas por adulto, também de pé. Ao fundo, pessoas passeiam, durante o dia. Bossa nova, blues, jazz e carnaval no BH é da Gente do dia 17/11

Apresentações musicais, oficina de circo, circuito de bike e brincadeiras tradicionais são as atrações do BH é da Gente do dia 17/11.

14/11/2019 | 19:03
Mapa da operação de trânsito Operação especial na Rodoviária em função do feriado de 15/11

A BHTrans realiza, de 13 a 18/11, intervenções operacionais no trânsito na região da Rodoviária organizar e garantir a fluidez de veículos.

12/11/2019 | 16:06