Pular para o conteúdo principal

Secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, acompanhada de sete pessoas na mesa de abertura da IX Conferência Municipal de Educação.
Foto: Divulgação PBH

IX Conferência Municipal de Educação é realizada em Belo Horizonte

12/07/2019 | 22:14 | atualizado em 13/07/2019 | 09:54

Com o objetivo de avaliar execução das metas previstas no Plano Municipal de Educação e eleger, para o biênio 2019/2021, os membros do Conselho Municipal de Educação, está sendo realizada, até este sábado, dia 13, a IX Conferência Municipal de Educação. Participam da conferência, realizada no Centro de Atividades Didáticas 1 da Universidade Federal de Minas Gerais (rua Prof. Baeta Viana, s/n, Campus Pampulha), representantes das redes federal, estadual, municipal e particular, dos estudantes, dos pais de alunos e dos sindicatos da educação.

 

Durante a abertura do evento, realizada na quinta-feira, dia 11, a reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida, falou da satisfação em ter o campus da universidade como sede do evento. “É um orgulho para a instituição fazer parte desse momento da cidade. A UFMG tem o compromisso inarredável com a educação pública, de qualidade social, de referência para a nossa cidade, estado e país. É nesse espaço em que vamos pensar e construir o futuro”, disse.

 

A secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, salientou que a melhoria da educação é responsabilidade de todos. “Espero que os três dias dedicados à educação da cidade rendam frutos, que os dados disponibilizados sejam analisados com afinco e que os bons resultados sejam reconhecidos, levando-se em consideração as dificuldades ao longo do caminho. É preciso a contribuição de todos para seguir em busca de uma melhoria da educação da cidade”, afirmou.

 

 

União de forças

Para a diretora adjunta de graduação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet- MG), Ludmila de Vasconcelos Machado, a Conferência é o local também para a troca de experiências entre instituições. “Quando estamos juntos temos a oportunidade de pensar outras questões que vão além dos muros das nossas instituições e esse movimento fortalece a educação”, disse. 

 

O objetivo da Conferência, como assinalou a presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais, Zuleica Reis Ávila, é unir forças. Segundo Zuleica, as escolas particulares estão presentes no evento para contribuir nessa educação que é para todos. “As nossas crianças, que estudam nas escolas particulares, também transitam pela escola pública. Então, a gente não vê sentido em uma separação. Nós vamos continuar juntos. Contribuindo no que for possível”, garantiu.

 

A cooperação é, também para a presidente do Conselho Municipal de Educação, Adriana Nogueira, o intuito dos trabalhos da conferência. “Desejo que a conferência seja o espaço para fortalecimento da luta para uma educação transformadora para todos. E que isso ocorra com todos juntos porque unidos somos mais fortes”, considerou.

Últimas Notícias

Rapaz conversa com mulher, ambos sentados, com um computador ao meio, em imagem desfocada. À frente, com foco, carteira de trabaho. ​​​​​​​Sine oferta 70 vagas de emprego para segunda-feira, dia 26/8  

São 49 vagas que exigem experiência, 15 para pessoas com deficiência e experiência e 6 para pessoas com deficiência sem experiência. 

23/08/2019 | 18:55
Criança pula corda na Savassi, pessoas transitam ao fundo. BH é da Gente oferece ioga, shows musicais e contação de histórias no dia 25/8

Com o intuito de diminuir o estresse do dia a dia, o grupo Yoga no Asfalto vai ministrar uma sessão no coração da Savassi, no domingo. 

23/08/2019 | 00:10