Pular para o conteúdo principal

Gorila com o filhote no colo
Foto: Daniel Alves

Fundação de Parques Municipais celebra o Dia Mundial da Vida Selvagem

28/02/2020 | 17:17 | atualizado em 11/03/2020 | 17:28


Criado em 2013 durante a 68ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial da Vida Selvagem – comemorado em 3 de março – celebra os animais e plantas selvagens do mundo e alerta para os perigos do tráfico de milhares de espécies de animais. A data marca também a assinatura da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas (CITES) ocorrida em 1973.

Para relembrar a importância da data, o Jardim Zoológico da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica organizou o bate-papo “vida ameaçada”, das 9h30 às 11h e 14h às 15h30, nesta terça-feira, dia 3, próximo à Casa dos Répteis. Na ocasião será destacada a importância dos jardins zoológicos e jardins botânicos para a conservação das espécies.

Essa também será uma oportunidade para chamar atenção para o rico acervo aos cuidados da instituição. Durante a atividade serão utilizados materiais biológicos diversos para demonstrar os hábitos e características dos animais, como ovos e penas de aves, mudas de pele de serpentes, chifres de cervídeos, espinhos de ouriço-cacheiro, além de alguns frutos e sementes de espécies da flora brasileira.

A atividade é gratuita, não há limite de vagas e não é necessário agendamento prévio. A atividade é gratuita, não há limite de vagas e não é necessário agendamento prévio. Confira no portal da Prefeitura os preços dos ingressos para acesso ao Jardim Zoológico.

 


Últimas Notícias

Realização do evento cultura Sound System Circuito em Casa reúne 20 atrações culturais em uma semana

O Circuito encerra a sua programação de julho e já inicia a de agosto com 20 diferentes atrações.

27/07/2020 | 17:32
Informações sobre a Covid-19 Mais de 3,5 mil pessoas são abordadas desde a lei que obriga o uso de máscaras

Entre os cidadãos abordados, 1.606 estavam devidamente equipados e outros 1.925 estavam em desacordo com a legislação.

21/07/2020 | 14:48